UMA ALE­GRIA SEM MEDIDA

Ala da Pa­raí­so do Tuiu­ti, vi­ce no ano pas­sa­do, exal­ta a be­le­za das mu­lhe­res plus si­ze e con­vo­ca mais gor­di­nhas pa­ra o pró­xi­mo des­fi­le

O Dia - - FRONT PAGE - Re­por­ta­gem da es­ta­giá­ria Lu­a­na Dan­da­ra sob su­per­vi­são de An­gé­li­ca Fer­nan­des

Su­ces­so no des­fi­le do ano pas­sa­do, quan­do a Tuiu­ti foi a gran­de sen­sa­ção do Gru­po Es­pe­ci­al e che­gou em se­gun­do lu­gar, a ala com mu­lhe­res plus si­ze se­rá am­pli­a­da es­te ano. Es­co­la con­vo­ca no­vas in­te­gran­tes.

Se an­tes as mu­la­tas com cor­pos es­cul­tu­rais eram os des­ta­ques que atraíam olha­res na Marquês de Sa­pu­caí, a Pa­raí­so da Tuiu­ti vai pro­var nes­te Car­na­val que as gor­di­nhas tam­bém têm be­le­za e sam­ba no pé. A agre­mi­a­ção inau­gu­rou uma ala só de mu­lhe­res plus si­ze no ano pas­sa­do, quan­do con­quis­tou o vi­ce-cam­pe­o­na­to, mas es­pe­ra con­so­li­dar os ide­ais de re­pre­sen­ta­ti­vi­da­de e in­clu­são em 2019. O ti­me es­tá aber­to a re­for­ço e quem se en­cai­xa no per­fil já po­de se ins­cre­ver pa­ra par­ti­ci­par da folia.

“So­mos aci­ma do pe­so, mas a gen­te sam­ba, tem ca­ris­ma, ale­gria, e trans­mi­te is­so pa­ra as pes­so­as”, afir­mou a in­te­gran­te da ala Ka­rin Ro­dri­gues, de 46 anos. Por en­quan­to, o gru­po con­ta com 38 mu­lhe­res, das 80 ne­ces­sá­ri­as pa­ra a Ave­ni­da. O úni­co re­qui­si­to pa­ra se can­di­da­tar é ves­tir manequim a par­tir de 44.

En­tre es­tre­an­tes e ve­te­ra­nas Ka­rin, por exem­plo, faz par­te do Car­na­val há 30 anos - o cli­ma de ca­ri­nho e apoio en­tre elas é sen­ti­do de lon­ge. “Nos reu­ni­mos em prol de um só ob­je­ti­vo: mos­trar que o sam­ba não tem pa­drão. Mui­tas ti­nham ver­go­nha do pró­prio cor­po. Ho­je se trans­for­ma­ram”, con­tou Ka­rin.

A con­fei­tei­ra Lí­via Li­ma, de 29 anos, é uma de­las. Após ter dois fi­lhos, ga­nhou pe­so e jun­to veio a de­pres­são. “Não que­ria mais ver a Lí­via que es­ta­va no es­pe­lho. Quan­do en­con­trei o pro­je­to foi uma mu­dan­ça. O sam­ba me deu po­der. Eu sou bo­ni­ta, es­tá aqui den­tro!”, or­gu­lha-se ela, que ves­te manequim 54 e vai re­a­li­zar o so­nho de des­fi­lar.

Se­gun­do Nil­ma Du­ar­te, de 46 anos, ide­a­li­za­do­ra do pro­je­to ‘Plus no Sam­ba RJ’ e di­re­to­ra da ala, a Tuiu­ti é, até ago­ra, a úni­ca es­co­la do Gru­po Es­pe­ci­al a mon­tar ala plus si­ze. “Exis­tia es­sa ca­rên­cia, os gor­di­nhos sem­pre des­fi­la­ram, mas de for­ma mui­to anô­ni­ma, co­lo­ca­dos no fi­nal”, pon­tu­ou. “É um tra­ba­lho di­fe­ren­ci­a­do e lin­do. Exis­te um fun­do psi­co­ló­gi­co, o bri­lho nos olhos quan­do elas se ma­qui­am e co­lo­cam um sal­to. Tem ‘gor­de­lí­cia’ no Car­na­val sim!”.

Si­mo­ne Me­dei­ros, de 36 anos, se di­vi­de en­tre a fun­ção de téc­ni­ca de en­fer­ma­gem e os en­sai­os da Azul e Ama­re­lo. Pa­ra ela, o me­do era vi­rar cha­co­ta do pú­bli­co. “Mas foi o con­trá­rio, quan­do pas­sa­mos são gri­tos eu­fó­ri­cos. As pes­so­as não sa­bem do que os gor­di­nhos são ca­pa­zes e quan­do ve­em, sur­ge o res­pei­to”, dis­se.

Di­re­tor de Car­na­val da Tuiu­ti, Ro­dri­go So­a­res en­fa­ti­zou que o in­tui­to da agre­mi­a­ção é aca­bar com qual­quer dis­cri­mi­na­ção. “O fa­to de se­rem plus não in­vi­a­bi­li­za que mos­trem a be­le­za pa­ra to­dos, elas nos aju­dam co­mo es­co­la. Ve­nham se ins­cre­ver por­que o des­fi­le de 2019 pro­me­te”, con­vi­dou ele. O en­re­do des­te ano, ‘O Sal­va­dor da Pá­tria’, tra­ta so­bre um bo­de que foi “elei­to” ve­re­a­dor no Ce­a­rá, e cri­ti­ca­rá ru­mos da po­lí­ti­ca.

EXEM­PLO PA­RA OU­TRAS MU­LHE­RES

Apai­xo­na­da pe­la folia des­de cri­an­ça, Ali­ne Fa­ria, 29, vai des­fi­lar pe­lo se­gun­do ano na ala plus e já es­tá an­si­o­sa. “Me sin­to re­pre­sen­tan­do to­das as me­ni­nas que têm ver­go­nha. Es­pe­ro que o pro­je­to abra ca­mi­nhos pa­ra que mais mu­lhe­res che­guem, e que ou­tras es­co­las pos­sam ade­rir”.

O sen­ti­men­to é com­par­ti­lha­do por Ales­san­dra Eli­si­ar, 44, que usa uma pró­te­se na per­na es­quer­da após um cân­cer ós­seo, em 2013. “Já so­fri mui­to pre­con­cei­to e hu­mi­lha­ção. Ho­je, ve­jo que to­das te­mos be­le­za”, con­tou ela, que par­ti­ci­pa da ala jun­to a fi­lha In­grid, 21. “O pro­je­to es­ti­mu­lou mi­nha vai­da­de”, dis­se a jo­vem, de manequim 50. “Vi­e­mos pa­ra mos­trar que va­mos sam­bar sim, gos­te ou não, e va­mos ar­ra­sar”, re­for­çou Ali­ne.

ALEXANDRE BRUM

Pa­ra re­for­çar o ti­me de gor­di­nhas na es­co­la, ins­cri­ções es­tão aber­tas. Úni­co pré-re­qui­si­to é manequim aci­ma de 44

Lí­via Li­ma (esq.) ven­ceu a de­pres­são, e vai re­a­li­zar seu so­nho de en­trar na Sa­pu­caí Ales­san­dra Eli­si­ar (dir.) su­pe­rou o pre­con­cei­to: “Ho­je, ve­jo que to­das te­mos be­le­za” Si­mo­ne Me­dei­ros con­ta que vai­da­de au­men­tou de­pois de en­trar pa­ra a Pa­raí­so do Tuiu­ti

In­te­gran­tes do pro­je­to Plus no Sam­ba des­ta­cam a va­lo­ri­za­ção da au­to­es­ti­ma da mu­lher

Ami­za­de en­tre as com­po­nen­tes da ala re­for­ça o com­ba­te à dis­cri­mi­na­ção

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.