Irã mo­ti­vou ca­so Hu­awei, diz pro­mo­tor

O Estado de S. Paulo - - Internacional - VAN­COU­VER, CA­NA­DÁ

A di­re­to­ra da Hu­awei e fi­lha do fun­da­dor da com­pa­nhia, Meng Wanzhou, com­pa­re­ceu on­tem a um tri­bu­nal de Van­cou­ver, no Ca­na­dá, que de­ve de­ci­dir se lhe con­ce­de li­ber­da­de sob fi­an­ça en­quan­to sua ex­tra­di­ção aos EUA é es­tu­da­da. Wanzhou, de 46 anos, foi de­ti­da no dia 1.º a pe­di­do de au­to­ri­da­des ame­ri­ca­nas que que­rem sua ex­tra­di­ção por su­pos­ta vi­o­la­ção das san­ções con­tra o Irã.

Um pro­mo­tor do Ca­na­dá pe­diu on­tem que a di­re­to­ra da Hu­awei se­ja man­ti­da em cus­tó­dia. Ele dis­se que a em­pre­sá­ria tem re­cur­sos su­fi­ci­en­tes e mo­ti­vos pa­ra dei­xar o Ca­na­dá e vol­tar pa­ra a Chi­na, pois en­fren­ta acu­sa­ções nos Es­ta­dos Uni­dos que po­dem lhe cus­tar até 30 anos de pri­são.

Ele re­ve­lou que as acu­sa­ções que Wanzhou en­fren­ta nos EUA têm re­la­ção com o fa­to de a Hu­awei es­tar usan­do uma sub­si­diá­ria pa­ra ter aces­so ao mer­ca­do ira­ni­a­no e re­a­li­zar ne­gó­ci­os que vi­o­lam as san­ções ame­ri­ca­nas.

De acor­do com o pro­cu­ra­dor ca­na­den­se, ela diz que Hu­awei e Sky­com são com­pa­nhi­as se­pa­ra­das, mas os EUA con­si­de­ram que a Sky­com faz par­te da Hu­awei. A pri­são cau­sou o te­mor de que o ca­so pos­sa in­ten­si­fi­car a gu­er­ra co­mer­ci­al en­tre EUA e Chi­na. O ad­vo­ga­do da exe­cu­ti­va afir­mou no tri­bu­nal que o fa­to de uma pes­soa ter vas­tos re­cur­sos não a ex­clui do di­rei­to de ser li­ber­ta­da sob fi­an­ça.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.