Em 1ª vo­ta­ção, Câ­ma­ra am­plia seu or­ça­men­to

Ve­re­a­do­res re­du­zi­ram sub­sí­dio pa­ra ôni­bus; tex­to en­vi­a­do pe­lo Exe­cu­ti­vo pre­vê R$ 60 bi em gas­tos to­tais em 2019

O Estado de S. Paulo - - Metrópole - Bru­no Ri­bei­ro

O Or­ça­men­to de 2019 da ci­da­de de São Pau­lo foi apro­va­do na noi­te de an­te­on­tem na Câ­ma­ra Mu­ni­ci­pal, em pri­mei­ra vo­ta­ção, pre­ven­do au­men­to dos gas­tos com a ma­nu­ten­ção do Le­gis­la­ti­vo e re­du­zin­do va­lo­res gas­tos pe­la ci­da­de com sub­sí­di­os aos ôni­bus. O tex­to tem de ser vo­ta­do du­as ve­zes, e a pre­vi­são é que as dis­cus­sões con­ti­nu­em até a úl­ti­ma se­ma­na des­te ano.

Ao to­do, a Câ­ma­ra pre­viu um or­ça­men­to de R$ 60,4 bi­lhões pa­ra o ano que vem, va­lor 7% mai­or do que a pe­ça des­te ano, que foi de R$ 56,4 bi­lhões. É um au­men­to oti­mis­ta, con­si­de­ran­do que o mer­ca­do es­pe­ra um avan­ço do Pro­du­to In­ter­no Bru­to (PIB) de 2,5% pa­ra o ano que vem, se­gun­do re­la­tó­rio Fo­cus, do Ban­co Cen­tral, de ou­tu­bro.

Pa­ra se ter ideia, até on­tem, a Pre­fei­tu­ra só ha­via au­to­ri­za­do gas­tos de R$ 38,5 bi­lhões do or­ça­men­to atu­al. Mes­mo as­sim, a pro­pos­ta ori­gi­nal en­vi­a­da pe­la ges­tão Bru­no Co­vas (PSDB) já pre­via uma re­cei­ta to­tal de R$ 60,1 bi­lhões pa­ra 2019.

Uma das áre­as que te­rão au­men­to é jus­ta­men­te a Câ­ma­ra Mu­ni­ci­pal. A pro­pos­ta de or­ça­men­to do Exe­cu­ti­vo de­ter­mi­na­va que as ati­vi­da­des de ve­re­a­do­res e as­ses­so­res con­su­mis­sem R$ 638,7 mi­lhões no ano. A es­se va­lor, os par­la­men­ta­res pau­lis­ta­nos acres­cen­ta­ram mais R$ 52 mi­lhões, to­ta­li­zan­do R$ 690,7 mi­lhões.

Até on­tem, a Câ­ma­ra já ha­via li­be­ra­do gas­tos de R$ 534 mi­lhões,

de um or­ça­men­to de R$ 634 mi­lhões. O mes­mo ocor­reu com o Tri­bu­nal de Con­tas do Mu­ni­cí­pio (TCM), ór­gão vin­cu­la­do à Câ­ma­ra, que te­ve au­men­to de R$ 22 mi­lhões em re­la­ção à pro­pos­ta ori­gi­nal e ago­ra te­rá R$ 290 mi­lhões.

Trans­por­te. Por ou­tro la­do, a Câ­ma­ra re­du­ziu a pre­vi­são de gas­tos pa­ra o cus­teio da fro­ta de ôni­bus da ci­da­de. Com a ta­ri­fa a R$ 4, a ci­da­de de­ve fe­char 2018 com gas­tos de R$ 3 bi­lhões em sub­sí­di­os à ope­ra­ção dos co­le­ti­vos. A pro­pos­ta da ges­tão Co­vas era man­ter as des­pe­sas nes­te pa­ta­mar, e en­vi­ou pro­pos­ta pre­ven­do gas­tar R$ 2,9 bi­lhões com os co­le­ti­vos.

Na Câ­ma­ra, o va­lor foi re­du­zi­do pa­ra R$ 2,7 bi­lhões. Os ve­re­a­do­res en­ten­de­ram que, com a no­va li­ci­ta­ção do se­tor, que foi lan­ça­da an­te­on­tem, se­ria pos­sí­vel di­mi­nuir es­ses gas­tos.

A Câ­ma­ra ain­da tem de fa­zer a apro­va­ção em se­gun­da vo­ta­ção do tex­to, o que de­ve ocor­rer até o dia 30. É na se­gun­da vo­ta­ção do or­ça­men­to que, his­to­ri­ca­men­te, as mai­o­res al­te­ra­ções no tex­to são dis­cu­ti­das.

Es­te ano, o or­ça­men­to ain­da di­vi­de a aten­ção dos ve­re­a­do­res com a pro­pos­ta de re­for­ma da Pre­vi­dên­cia Mu­ni­ci­pal, que o pre­si­den­te da Ca­sa, Mil­ton Lei­te (DEM), quer vo­tar até o fim do mês. Es­tu­dos da Pre­fei­tu­ra são de que a atu­al re­for­ma re­du­zi­ria os gas­tos com pen­sões e apo­sen­ta­do­ri­as, que con­so­mem R$ 6 bi­lhões do or­ça­men­to anu­al. É um va­lor que cres­ce cerca de R$ 500 mi­lhões por ano. Na se­ma­na que vem, no dia 15, ha­ve­rá ain­da a elei­ção de no­vo pre­si­den­te da Câ­ma­ra.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.