De­pu­ta­da tem car­ro ata­ca­do por ti­ros de fu­zil

Se­gu­ran­ça Pú­bli­ca. Ex-che­fe da Po­lí­cia Ci­vil, Martha Ro­cha (PDT) es­ta­va com o mo­to­ris­ta e a mãe em um veí­cu­lo blin­da­do e não foi atin­gi­da; ela re­la­tou que no fim de 2018 re­ce­beu ame­a­ças de mor­te por par­te de mi­li­ci­a­nos. Aten­ta­do e as­sal­to são in­ves­ti­ga­dos

O Estado de S. Paulo - - Primeira página - Cons­tan­ça Re­zen­de Ro­ber­ta Jan­sen / RIO

Ex-che­fe da Po­lí­cia Ci­vil do Rio, a de­pu­ta­da es­ta­du­al Martha Ro­cha (PDT) te­ve o car­ro ata­ca­do por ti­ros de fu­zil na zo­na nor­te da ci­da­de. Ela es­ta­va com a mãe e o mo­to­ris­ta num veí­cu­lo blin­da­do e saiu ile­sa. No fim de 2018, Martha foi ame­a­ça­da de mor­te por mi­li­ci­a­nos. A po­lí­cia in­ves­ti­ga hi­pó­te­ses de aten­ta­do e ten­ta­ti­va de as­sal­to.

Ex-che­fe da Po­lí­cia Ci­vil do Rio, a de­pu­ta­da es­ta­du­al Martha Ro­cha (PDT) te­ve o car­ro al­ve­ja­do por ti­ros de fu­zil na ma­nhã de on­tem na Pe­nha, zo­na nor­te do Rio. A de­pu­ta­da es­ta­va com a mãe e o mo­to­ris­ta em um veí­cu­lo blin­da­do e não fi­cou fe­ri­da no ata­que. No fim de 2018, Martha foi ame­a­ça­da de mor­te por mi­li­ci­a­nos. A po­lí­cia in­ves­ti­ga a hi­pó­te­se de aten­ta­do e não des­car­ta a pos­si­bi­li­da­de de uma ten­ta­ti­va de as­sal­to.

O mo­to­ris­ta da par­la­men­tar, o sub­te­nen­te re­for­ma­do da PM Ge­o­ní­sio Me­dei­ros, fi­cou fe­ri­do por es­ti­lha­ços de ba­la na per­na. Ele foi aten­di­do no Hos­pi­tal Ge­tú­lio Var­gas e li­be­ra­do em se­gui­da. A mãe da de­pu­ta­da, de 88 anos, se abai­xou no car­ro du­ran­te o ata­que e não foi atin­gi­da.

Martha e o mo­to­ris­ta ha­vi­am bus­ca­do a mãe da de­pu­ta­da, que mo­ra na Pe­nha, e se­gui­am pa­ra a as­sis­tir a uma mis­sa na Ti­ju­ca. Ain­da na Pe­nha, se­gun­do a de­pu­ta­da, Me­dei­ros no­tou que um car­ro Cel­ta de cor ban­ca es­ta­va atrás. Den­tro, ela con­tou ter vis­to um ho­mem ves­ti­do de pre­to, com lu­vas e tou­ca no ros­to tam­bém pre­tas.

Se­gun­do o re­la­to da de­le­ga­da, em cer­to mo­men­to, o ho­mem co­lo­cou a me­ta­de do cor­po pa­ra fo­ra, por­tan­do um fu­zil. Pou­co tem­po de­pois, pas­sou a dis­pa­rar con­tra o veí­cu­lo, atin­gin­do du­as ro­das. O Cel­ta per­se­guiu o car­ro da de­le­ga­da até a al­tu­ra da Ave­ni­da Bra­sil. O mo­to­ris­ta con­se­guiu en­trar em uma das ru­as pró­xi­mas e di­ri­gir até o Ola­ria Atlé­ti­co Clu­be, on­de bus­ca­ram so­cor­ro. Os cri­mi­no­sos fu­gi­ram.

O go­ver­na­dor do Rio, Wil­son Wit­zel (PSC), de­ter­mi­nou es­col­ta ime­di­a­ta pa­ra Martha, “já que ain­da não sa­be­mos se é aten­ta­do ou la­tro­cí­nio”.

Em de­poi­men­to na De­le­ga­cia de Ho­mi­cí­di­os na Bar­ra da Ti­ju­ca, na zo­na oes­te, Martha re­la­tou que re­ce­beu ame­a­ças de mor­te vin­da de um gru­po mi­li­ci­a­no no iní­cio de no­vem­bro. Se­gun­do a de­pu­ta­da, a ame­a­ça che­gou três ve­zes, via dis­que-de­nún­cia, e foi co­mu­ni­ca­da às au­to­ri­da­des de se­gu­ran­ça.

A men­sa­gem, afir­mou Martha, era de que o gru­po pre­ten­dia atin­gir au­to­ri­da­des e seu no­me vi­nha es­pe­ci­fi­ca­do en­tre os al­vos “com le­tras gar­ra­fais”. “Na oca­sião, fa­lei pes­so­al­men­te com o Ri­val­do Bar­bo­sa (en­tão che­fe da Po­lí­cia Ci­vil) e com o Gil­ber­to Ri­bei­ro (sub­che­fe ope­ra­ci­o­nal) e pe­di uma aná­li­se de ris­co, pa­ra ver se a ame­a­ça ti­nha fun­da­men­to ou não”, dis­se.

O pre­si­den­te da As­sem­bleia Le­gis­la­ti­va do Rio (Alerj), André Ce­ci­li­a­no (PT), foi quem acom­pa­nhou Martha na épo­ca. Se­gun­do ele, o en­tão in­ter­ven­tor fe­de­ral na Se­gu­ran­ça, general Bra­ga Net­to, e o en­tão se­cre­tá­rio de Se­gu­ran­ça, general Ri­chard Nu­nes, tam­bém fo­ram in­for­ma­dos. “Nos reu­ni­mos com eles e con­ta­mos o que acon­te­ceu. Não po­de­mos en­trar em mais de­ta­lhes sobre a ame­a­ça por ques­tões de se­gu­ran­ça. Mas pos­so di­zer que te­ria par­ti­do de mi­li­ci­a­nos que tra­ma­ri­am a mor­te de­la.”

Es­col­ta. Martha re­la­tou que, de­pois das reu­niões, Ri­bei­ro lhe te­le­fo­nou pa­ra ofe­re­cer es­col­ta po­li­ci­al por um mês, mas ela re­cu­sou, afir­man­do que que­ria ape­nas a apu­ra­ção da de­nún­cia. “Não re­ce­bi res­pos­ta do re­sul­ta­do des­sa in­ves­ti­ga­ção”, dis­se a de­pu­ta­da, que, na sequên­cia, com­prou o car­ro blin­da­do que es­ta­va usan­do on­tem. “Se hou­ve au­sên­cia de cui­da­do, quem tem de ex­pli­car são eles, até por­que não sei qual foi a mo­ti­va­ção des­te fa­to (o ata­que de on­tem).”

O de­pu­ta­da des­ta­cou que, quan­do era de­le­ga­da ti­tu­lar, atu­ou na re­gião de Cam­pi­nho, do­mi­na­da pe­la mi­lí­cia, e tra­ba­lhou na in­ves­ti­ga­ção das or­ga­ni­za­ções cri­mi­no­sas. Martha foi a pri­mei­ra mu­lher a che­fi­ar a Po­lí­cia Ci­vil do Rio, em 2011. Em 2014, foi elei­ta pe­la pri­mei­ra

“A Po­lí­cia Ci­vil in­tei­ra sa­be que fui uma pes­soa que en­fren­tou as mi­lí­ci­as.” Martha ro­cha, de­pu­ta­da e ex-che­fe da po­lí­cia ci­vil do Rio de Ja­nei­ro

vez de­pu­ta­da es­ta­du­al e lo­go as­su­miu a pre­si­dên­cia da Co­mis­são de Se­gu­ran­ça Pú­bli­ca.

O de­pu­ta­do fe­de­ral Marcelo Frei­xo (PSOL), que tam­bém re­ce­beu ame­a­ças por par­te da mi­lí­cia em de­zem­bro, quan­do cum­pria man­da­do de de­pu­ta­do es­ta­du­al no Rio, acu­sou o Es­ta­do de omis­são e pe­diu res­pos­tas ime­di­a­tas. Ao me­nos ou­tros três par­la­men­ta­res tam­bém te­ri­am re­ce­bi­do ame­a­ças. Ho­je com­ple­tam dez me­ses do as­sas­si­na­to da ve­re­a­do­ra Ma­ri­el­le Franco e do mo­to­ris­ta

An­der­son Go­mes, pro­va­vel­men­te por mi­li­ci­a­nos (mais in­for­ma­ções nes­ta pág.).

Em no­ta, a Alerj con­si­de­rou o ata­que “ex­tre­ma­men­te gra­ve” e pe­diu com ur­gên­cia a pri­são dos res­pon­sá­veis. Tam­bém em no­ta, o Mi­nis­té­rio Pú­bli­co do Rio dis­se que a ação “con­fi­gu­ra-se um ato de ex­tre­ma gra­vi­da­de, so­bre­tu­do por tra­tar-se, mais uma vez, de uma par­la­men­tar, o que re­pre­sen­ta uma ten­ta­ti­va de in­ti­mi­da­ção e ame­a­ça ao Es­ta­do De­mo­crá­ti­co de Di­rei­to”.

FABIO MOTTA/ES­TA­DÃO

Aná­li­se. Po­li­ci­ais fa­zem pe­rí­cia no car­ro da par­la­men­tar

MARCOS DE PAU­LA/ES­TA­DÃO-16/10/2013

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.