TRÊS PER­GUN­TAS PA­RA...

O Estado de S. Paulo - - Esportes -

Gui­lher­me Fi­li­pin, ex-jo­ga­dor e do­no de es­co­li­nha com chan­ce­la da NBA em Mo­gi das Cru­zes

1. Qual a im­por­tân­cia de ter a chan­ce­la da NBA em sua es­co­li­nha em Mo­gi?

Eu ti­nha o meu pro­je­to há três anos e pre­ci­sa­va dar um pas­so a mais, dar um in­cen­ti­vo mai­or pa­ra os alu­nos. Quan­do fi­quei sa­ben­do da NBA, con­ver­sei com o Arthur Bo­rel­li (da Think Sports), ele me apre­sen­tou o pro­gra­ma e gos­tei bas­tan­te pe­la di­men­são que ele te­rá da­qui a al­guns anos. Vai fa­zer o bas­que­te cres­cer mui­to aqui em Mo­gi.

2. Co­mo tem si­do o re­tor­no pa­ra o ne­gó­cio?

Mui­to po­si­ti­vo. Cres­ceu bas­tan­te o in­te­res­se pe­lo fa­to de ter uma mar­ca mui­to for­te por trás. Ou­tra si­tu­a­ção que aju­dou, além da NBA, foi eu ter as­su­mi­do al­gu­mas tur­mas, es­tar mais pre­sen­te pe­lo no­me que te­nho em Mo­gi, por tu­do que con­quis­tei jo­gan­do aqui. Foi uma jun­ção do meu no­me com o da NBA, que é mui­to for­te. É o mo­men­to per­fei­to pa­ra ex­plo­rá-la.

3. Qual o prin­ci­pal in­tui­to do pro­je­to?

Qu­e­re­mos for­mar ci­da­dãos. Te­mos os pi­la­res que são o bem-es­tar, o de­sen­vol­vi­men­to e a fe­li­ci­da­de da cri­an­ça. A úl­ti­ma coi­sa que pen­sa­mos é no re­sul­ta­do de cam­pe­o­na­tos, o re­tor­no es­por­ti­vo. Pri­mei­ro qu­e­re­mos for­mar pes­so­as do bem. Não ven­de­mos o so­nho de que as cri­an­ças e ado­les­cen­tes vão se tor­nar pro­fis­si­o­nais. Ven­de­mos que o es­por­te vai abrir mui­tas por­tas na vi­da de­las, bus­ca­mos ape­nas o bem-es­tar.

ARTHUR BO­REL­LI/THINK SPORTS

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.