Se­na­do adia de­ci­são so­bre AT&T e Warner

O Estado de S. Paulo - - Economia - Edu­ar­do Ro­dri­gues /

En­quan­to a Agência Na­ci­o­nal de Telecomuni­cações (Ana­tel) man­tém em sus­pen­so a de­ci­são so­bre a apro­va­ção da com­pra da Warner Me­dia pe­la AT&T no Bra­sil, a Co­mis­são de Ci­ên­cia e Tec­no­lo­gia do Se­na­do (CCT) tam­bém adi­ou a vo­ta­ção do pro­je­to de lei que aca­ba com as res­tri­ções que exis­tem ao ne­gó­cio no País. O acor­do é pa­ra que o tex­to se­ja vo­ta­do pe­los se­na­do­res na pró­xi­ma se­ma­na.

A co­mis­são se reu­niu on­tem pa­ra vo­tar o pro­je­to de lei do se­na­dor Van­der­lan Car­do­so (PP-GO), que vol­ta a per­mi­tir a cha­ma­da ver­ti­ca­li­za­ção no se­tor de TV pa­ga, pos­si­bi­li­tan­do que as ope­ra­do­ras do ser­vi­ço de te­le­vi­são por as­si­na­tu­ra vol­tem a ter mais de 30% do ca­pi­tal das pro­gra­ma­do­ras de canais e pro­du­to­ras de con­teú­do.

O re­la­tor Arol­de de Oli­vei­ra (PSD-RJ) já ha­via apre­sen­ta­do pa­re­cer fa­vo­rá­vel à apro­va­ção do pro­je­to. On­tem, ele ain­da aco­lheu uma emen­da es­ta­be­le­cen­do que o pro­vi­men­to de con­teú­do au­di­o­vi­su­al por apli­ca­ti­vos não es­tá su­jei­to à lei da TV a ca­bo. A vo­ta­ção na CCT tem ca­rá­ter ter­mi­na­ti­vo. Se o pro­je­to for apro­va­do na co­mis­são, não pre­ci­sa­rá ser apre­ci­a­do pe­lo ple­ná­rio do Se­na­do, e se­gui­rá di­re­ta­men­te pa­ra a Câ­ma­ra.

Des­de 2011, a le­gis­la­ção im­pe­de que os gran­des gru­pos de telecomuni­cações tam­bém atu­em na gra­de de pro­gra­ma­ção. Ho­je, a lei im­pe­de que a AT&T, sen­do do­na da Sky no País, tam­bém pos­sa con­tro­lar a Warner, res­pon­sá­vel pe­los canais HBO, TNT, Car­to­on Network e CNN, en­tre ou­tros.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.