‘A mu­lher é feia mes­mo’, diz Gu­e­des

O Estado de S. Paulo - - Metrópole - / IDIANA TOMAZELLI

• O mi­nis­tro da Eco­no­mia, Pau­lo Gu­e­des, re­cla­mou on­tem do que cha­mou de ex­ces­so de aten­ção pa­ra os “mo­dos” do pre­si­den­te Jair Bol­so­na­ro, en­quan­to, se­gun­do ele, o País tem ti­do avan­ços econô­mi­cos. Ele re­co­nhe­ceu que Bol­so­na­ro cha­mou a mu­lher do pre­si­den­te fran­cês, Em­ma­nu­el Ma­cron, de feia e con­cor­dou com a afir­ma­ção. “A mu­lher é feia mes­mo.” A de­cla­ra­ção ar­ran­cou ri­sos da pla­teia de em­pre­sá­ri­os em um even­to em For­ta­le­za.

O pre­si­den­te ha­via pu­bli­ca­do men­sa­gem de ri­sa­das após co­men­tá­rio ofen­si­vo so­bre a apa­rên­cia da mu­lher de Ma­cron, a pri­mei­ra-da­ma Bri­git­te, fei­to por um de seus se­gui­do­res. Bol­so­na­ro en­trou em atri­to com o go­ver­no fran­cês, após crí­ti­cas de Ma­cron so­bre a po­lí­ti­ca am­bi­en­tal bra­si­lei­ra na Amazô­nia, e re­cu­sou aju­da anun­ci­a­da pe­la Fran­ça.

On­tem à noi­te, o Mi­nis­té­rio da Eco­no­mia di­vul­gou pe­di­do pú­bli­co de des­cul­pas. “O mi­nis­tro Pau­lo Gu­e­des pe­de des­cul­pas pe­la brin­ca­dei­ra fei­ta ho­je em even­to pú­bli­co em For­ta­le­za.” Se­gun­do a pas­ta, “não hou­ve qual­quer in­ten­ção de pro­fe­rir ofen­sas pes­so­ais”.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.