ÁRIES 21-3 a 20-4

O Estado de S. Paulo - - Caderno2 -

O dia de des­can­so é so­men­te aque­le que acon­te­cer quan­do tu­do que pre­ci­sa- va ser fei­to es­ti­ver con­cluí­do. En­quan­to a con­clu­são não acon­te­cer, o tra­ba­lho con­ti­nua, in­de­pen­den­te­men­te do que o ca­len­dá­rio de­ter­mi­nar.

TOURO 21-4 a 20-5

Mes­mo que ha­ja cer­to exa­ge­ro emo­ci­o­nal en­vol­vi­do nes­ta par­te do ca­mi­nho e que is­so pro­du­za dis­tor- ções, de to­da ma­nei­ra as coi­sas con­ti­nu­am pro­gre­din­do e have- rá tem­po, de­pois, pa­ra con­ser- tar os er­ros co­me­ti­dos.

GÊ­ME­OS 21-5 a 20-6

Uma vez que as re­so­lu­ções se tor­nem mais vi­bran­tes e vi­go­ro­sas do que os di­le­mas e con­tra­di­ções in­te­rio- res, en­tão na­da de­te­rá o mo­vi­men­to e vo­cê avan­ça­rá a des­pei­to de quais­quer obs­tá­cu­los que se apre­sen­ta­rem.

CÂN­CER 21-6 a 21-7

Es­te é o me­lhor mo­men­to pa­ra ten­tar con­ven­cer quem quer que se­ja pa­ra unir for­ças aos seus pro­je­tos. Po­rém, é im­por­tan­te vo­cê con­cen­trar sua aten­ção pa­ra que o pro­ces­so se­ja con­cre­to, evi­tan­do quem pro­me­ter e na­da cum­prir.

LEÃO 22-7 a 22-8

Fa­ça mais do que nor­mal­men­te fa­ria, se­ja uma con­tra­di­ção am­bu­lan­te pa- ra o dia de ho­je que, ape­sar de do­min­go, evo­ca em sua al­ma a ne­ces­si­da­de de pro­du­zir. Evi­te a es­tag­na­ção da inér­cia ou da pre- gui­ça, ho­je é dia de pro­du­zir.

VIRGEM 23-8 a 22-9

Quan­do a ati­vi­da­de é do seu gosto, en­tão o re­go­zi­jo é ga­ran­ti­do. Po­rém, nem sem­pre as pes­so­as ao re­dor acom­pa­nham o es­ta­do de âni­mo, co­la­bo­ran­do pa­ra tu­do con- ti­nu­ar as­sim, às ve­zes elas boi­co­tam de for­ma inad­ver­ti­da.

LI­BRA 23-9 a 22-10

Fa­ça pla­nos, mas não se li­mi­te a es­ses, si­ga a li­nha que sua al­ma de­ter­mi­nar, pen­san­do gran­de. Con­ti­nue em fren­te, o tem­po do re­cuo e das li­mi­ta­ções vai pas­sar e vo­cê te­rá em su­as mãos um do­mí- nio mai­or do ce­ná­rio.

ESCORPIÃO 23-10 a 21-11

Se­ria me­lhor que to­da es­sa ener­gia dis­po­ní­vel ho­je fos­se ca­na­li­za­da em reu­niões que te­nham um viés pro- du­ti­vo. Ten­te se apro­xi­mar às pes­so­as que de al­gu­ma ma­nei­ra pos­sam con­tri­buir com o que vo­cê quer fa­zer.

SAGITÁRIO 22-11 a 21-12

Com­ba­ta a pre­gui­ça tí­pi­ca dos do­min­gos, fa­ça de ho­je um dia di­fe­ren­te dos outros, em vez de des­can­sar se­guin­do a inér­cia da in­do- lên­cia, pro­cu­re des­can­sar so­bre seus pro­je­tos, os apri­mo­ran­do e re­fle­tin­do.

CAPRICÓRNI­O 22-12 a 20-1

Sua úni­ca van­ta­gem é co­lo­car em prá­ti­ca tu­do que vem sen­do con­ver­sa­do, por­que en­quan­to as pes­so­as con­ti­nu­am se con­for­man­do com o que se fa­la, vo­cê ga­nha­rá ter­re­no avan­çan­do na ex­pe­ri­men­ta­ção das te­o­ri­as.

AQUÁ­RIO 21-1 a 19-2

As re­so­lu­ções que sua al­ma es­tá de­ter­mi­nan­do in­te­ri­or­men­te são for­tes o su­fi­ci­en­te pa­ra que a qual­quer mo­men­to as ações se­jam ini­ci­a­das. A par­tir do mo­men­to em que a ini­ci­a­ti­va co­lo­car tu­do em mar­cha, o pro­ces­so se­rá im­pa­rá­vel.

PEIXES 20-2 a 20-3

Fa­zer o que ou­tro­ra se­ria im­pen­sá­vel só po­de ser fru­to de vo­cê acei­tar o que a ne­ces­si­da­de de­ter­mi­na, em vez de se ater ex­clu­si­va­men­te ao que sua al­ma de­se­ja­ria. En­tre o de­se­jo e a ne­ces­si­da­de vai se te­cen­do o des­ti­no.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.