Bol­so­na­ro ex­tin­gue edi­tais em jor­nais

O Estado de S. Paulo - - Política - Lu­ci Ri­bei­ro / BRA­SÍ­LIA Matheus Lara

Um mês após de­so­bri­gar em­pre­sas de pu­bli­ca­rem ba­lan­ços em jor­nais de gran­de cir­cu­la­ção no País, o pre­si­den­te Jair Bol­so­na­ro ex­tin­guiu on­tem a exi­gên­cia le­gal da divulgação de edi­tais de con­cur­sos, li­ci­ta­ções e lei­lões pú­bli­cos em veí­cu­los de co­mu­ni­ca­ção diá­ri­os im­pres­sos. Em no­ta, a As­so­ci­a­ção Na­ci­o­nal de Jor­nais (ANJ) afir­mou que a me­di­da é “re­tro­ces­so na trans­pa­rên­cia e uma ten­ta­ti­va de en­fra­que­cer a ati­vi­da­de jor­na­lís­ti­ca”.

Em agos­to, qu­an­do de­ci­diu so­bre os ba­lan­ços, Bol­so­na­ro in­si­nu­ou que to­ma­ria a de­ci­são for­ma­li­za­da na Me­di­da Pro­vi­só­ria 896/2019, pu­bli­ca­da on­tem. Na oca­sião, dis­se que era uma res­pos­ta ao tra­ta­men­to que re­ce­beu da im­pren­sa du­ran­te a cam­pa­nha elei­to­ral.

A MP 896/2019 al­te­ra qua­tro leis, pa­ra dis­por so­bre a for­ma de pu­bli­ca­ção dos atos da ad­mi­nis­tra­ção pú­bli­ca. Com a me­di­da, os ór­gãos pú­bli­cos po­de­rão di­vul­gar avi­sos, edi­tais, re­gis­tro ca­das­tral, ex­tra­tos, mi­nu­tas e ou­tros do­cu­men­tos re­la­ci­o­na­dos a con­cur­sos e con­cor­rên­ci­as pú­bli­cas ape­nas na in­ter­net e, em al­guns ca­sos, na im­pren­sa ofi­ci­al dos go­ver­nos. “A exi­gên­cia le­gal de pu­bli­ca­ção pe­la ad­mi­nis­tra­ção pú­bli­ca fe­de­ral de seus atos em jor­nais im­pres­sos con­si­de­ra-se aten­di­da com a pu­bli­ca­ção dos re­fe­ri­dos atos em sí­tio ele­trô­ni­co ofi­ci­al e no Diá­rio Ofi­ci­al da União”, diz a MP.

O tex­to ain­da al­te­ra a lei do pre­gão, uma mo­da­li­da­de de li­ci­ta­ção, e a que nor­ma­ti­za li­ci­ta­ções e con­tra­ta­ções de par­ce­ria pú­bli­co-pri­va­da na ad­mi­nis­tra­ção pú­bli­ca. To­das as mu­dan­ças re­sul­tam na dis­pen­sa da pu­bli­ca­ção em jor­nais diá­ri­os.

‘Atro­pe­lo’. Pa­ra a ANJ, Bol­so­na­ro con­tra­ria o prin­cí­pio da “am­pla pu­bli­ci­da­de dos pro­ce­di­men­tos li­ci­ta­tó­ri­os”, ex­pres­so na le­gis­la­ção. “Ao edi­tar des­ne­ces­sá­ria me­di­da pro­vi­só­ria, o pre­si­den­te atro­pe­la o Par­la­men­to, uma vez que a pu­bli­ca­ção de edi­tais nos jor­nais im­pres­sos é ob­je­to de de­ba­te no Con­gres­so, on­de tra­mi­ta pro­je­to de lei que pro­mo­ve am­pla re­for­ma na le­gis­la­ção so­bre li­ci­ta­ções. A MP 896 se­gue o es­pí­ri­to da MP 892, a qu­al pre­ten­de anu­lar de­ci­são do Con­gres­so so­bre a tran­si­ção di­gi­tal pa­ra a divulgação dos ba­lan­ços em­pre­sa­ri­ais san­ci­o­na­da pe­lo pró­prio pre­si­den­te.”

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.