O ‘MINISTRO 01’ NO CON­GRES­SO E NO STF

Flá­vio Bol­so­na­ro ar­ti­cu­la com che­fes dos Po­de­res

O Estado de S. Paulo - - Política - / B.P.

Ose­na­dor Flá­vio Bol­so­na­ro (PSL-RJ), fi­lho “01” do pre­si­den­te Jair Bol­so­na­ro, con­tra­ri­ou as pre­vi­sões de que in­gres­sa­ria no Con­gres­so co­mo um “mor­to po­lí­ti­co” após o Con­se­lho de Con­tro­le de Ati­vi­da­des Fi­nan­cei­ras (Co­af) des­co­brir mo­vi­men­ta­ções fi­nan­cei­ras atí­pi­cas en­vol­ven­do seu ex-as­ses­sor Fa­brí­cio Queiroz, co­mo re­ve­la­do pe­lo Es­ta­do no fim do ano pas­sa­do.

Com pos­tu­ra dis­cre­ta, boa con­ver­sa e ca­pa­ci­da­de de ar­ti­cu­la­ção, Flá­vio, de 38 anos, já es­ta­be­le­ceu uma re­la­ção

pró­xi­ma com os pre­si­den­tes da Câ­ma­ra, Ro­dri­go Maia (DEMRJ); do Se­na­do, Da­vi Al­co­lum­bre (DEM-AP); e do Su­pre­mo Tri­bu­nal Fe­de­ral, Di­as Tof­fo­li.

Da­do o aces­so pri­vi­le­gi­a­do ao pai pre­si­den­te, o “01” tem si­do re­ce­bi­do co­mo uma es­pé­cie de ministro lo­ta­do no Con­gres­so e atua em di­ver­sas áre­as, in­cluin­do os feu­dos dos “su­per­mi­nis­tros” Sér­gio Mo­ro (Justiça) e Pau­lo Gu­e­des (Economia). Nas re­cen­tes in­di­ca­ções de Bol­so­na­ro pa­ra a Pro­cu­ra­do­ria-Ge­ral da Re­pú­bli­ca e o Con­se­lho Ad­mi­nis­tra­ti­vo de Defesa Econô­mi­ca (Ca­de), por exem­plo, Flá­vio foi ou­vi­do. Mo­ro, não.

Es­co­lhi­do pa­ra co­man­dar a PGR, Au­gus­to Aras te­ve vá­ri­as con­ver­sas com Flá­vio e ne­nhum en­con­tro com o ti­tu­lar da Justiça, que era a fa­vor da es­co­lha por meio da lis­ta trípli­ce da ca­te­go­ria. Mo­ro tam­bém viu seu in­di­ca­do ao Ca­de, Vi­ní­cius Klein, ser “des­con­vi­da­do” por Bol­so­na­ro, que em­pla­cou a ad­vo­ga­da Le­ni­sa Ro­dri­gues Pra­do, un­gi­da pe­lo se­na­dor.

A in­fluên­cia de Flá­vio atin­ge vá­ri­os “de­par­ta­men­tos”. Ao la­do de Maia, ele foi pro­ta­go­nis­ta na ar­ti­cu­la­ção do acor­do fe­cha­do, na se­ma­na pas­sa­da, pa­ra mu­dar a re­gra de dis­tri­bui­ção de re­cur­sos do me­ga­lei­lão do pré-sal, pre­ven­do R$ 2,5 bi­lhões de ver­ba ex­tra pa­ra o Rio, sua ba­se elei­to­ral. Ele tam­bém es­tá “mer­gu­lha­do” na re­for­ma tri­bu­tá­ria, me­ni­na dos olhos da equi­pe econô­mi­ca.

Em pau­ta pri­o­ri­tá­ria pa­ra a fa­mí­lia, o “01” tem par­ti­ci­pa­do de jan­ta­res, na ten­ta­ti­va de des­tra­var a in­di­ca­ção do de­pu­ta­do Edu­ar­do Bol­so­na­ro (PSL-SP) pa­ra a em­bai­xa­da nos EUA. Nos en­con­tros, Flá­vio pro­cu­ra que­brar re­sis­tên­ci­as, mos­tran­do aos co­le­gas as van­ta­gens de ter o ir­mão co­mo em­bai­xa­dor.

Ex-de­pu­ta­do es­ta­du­al no Rio e no pri­mei­ro man­da­to co­mo se­na­dor, Flá­vio mos­tra mais gos­to por con­ver­sas de bas­ti­dor do que o pai. Nos 28 anos co­mo de­pu­ta­do, na Câ­ma­ra, Bol­so­na­ro te­ve dois pro­je­tos apro­va­dos.

DIDA SAM­PAIO/ESTADAO

Se­na­dor. Flá­vio Bol­so­na­ro

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.