ICMBio ti­ra au­to­no­mia de fis­cal pa­ra quei­mar má­qui­na

Cir­cu­lar da di­re­to­ria exi­ge no­ti­fi­ca­ção de agen­te; no PA, su­pe­rin­ten­den­te do Iba­ma cai, após cri­ti­car ope­ra­ções de fis­cais

O Estado de S. Paulo - - Metrópole - An­dré Borges / BRA­SÍ­LIA

A di­re­to­ria do Ins­ti­tu­to Chi­co Mendes de Bi­o­di­ver­si­da­de (ICMBio) impôs no­va re­gra a agen­tes que, em ações de fis­ca­li­za­ção, en­con­trem equi­pa­men­tos e veí­cu­los pe­sa­dos usa­dos pa­ra co­me­ter cri­mes am­bi­en­tais, co­mo ga­rim­pos clan­des­ti­nos e ex­tra­ção de ma­dei­ra ile­gal. A ori­en­ta­ção di­mi­nui a au­to­no­mia dos fis­cais pa­ra quei­má-las.

A le­gis­la­ção per­mi­te a fis­cais do ICMBio res­pon­sá­veis pe­la fis­ca­li­za­ção de­ci­dir, du­ran­te as ope­ra­ções, qu­al é a me­lhor des­ti­na­ção pa­ra es­ses ma­qui­ná­ri­os. Es­se ti­po de me­di­da cos­tu­ma ser to­ma­do qu­an­do a apre­en­são é pre­ju­di­ca­da por mo­ti­vos co­mo lon­gas dis­tân­ci­as, ris­cos de em­bos­ca­das du­ran­te a ten­ta­ti­va de re­mo­ção e al­to cus­to.

A di­re­ção do ICMBio, no en­tan­to, pu­bli­cou uma “mi­nu­ta de me­mo­ran­do cir­cu­lar” no fim de ju­lho, de­ter­mi­nan­do aos agen­tes que, an­tes de qual­quer de­ci­são, “ob­te­nham a anuên­cia da Co­or­de­na­ção de Fis­ca­li­za­ção do ICMBio”, lo­ca­li­za­da em Bra­sí­lia, “de que a des­trui­ção ou a inu­ti­li­za­ção dos ins­tru­men­tos de­ve­rá ser re­a­li­za­da, por não ha­ver vi­a­bi­li­da­de de trans­por­te, gu­ar­da ou ou­tra for­ma de des­ti­na­ção que pos­sa ser pro­vi­den­ci­a­da por meio de mo­bi­li­za­ção ins­ti­tu­ci­o­nal, ou que pos­sa ex­por o meio am­bi­en­te a ris­cos sig­ni­fi­ca­ti­vos ou com­pro­me­ter a se­gu­ran­ça da po­pu­la­ção e dos agen­tes pú­bli­cos en­vol­vi­dos na fis­ca­li­za­ção”.

Ao de­fen­der a me­di­da, ain­da em abril, o ministro do Meio Am­bi­en­te, Ri­car­do Sal­les, afir­mou que a qu­ei­ma de equi­pa­men­tos de­ve­ria ser ex­ce­ção. O ICMBio não co­men­tou.

Pa­rá. Uma se­ma­na após as­su­mir o pos­to de novo su­pe­rin­ten­den­te re­gi­o­nal do Iba­ma no Pa­rá, o co­ro­nel da Po­lí­cia Mi­li­tar Evan­dro Cu­nha dos San­tos foi exo­ne­ra­do on­tem. A de­mis­são foi con­fir­ma­da ao Es­ta­do pe­lo Mi­nis­té­rio do Meio Am­bi­en­te e deve ser pu­bli­ca­da ho­je.

On­tem, du­ran­te uma au­di­ên­cia pú­bli­ca em Al­ta­mi­ra, no Pa­rá, ao la­do do se­cre­tá­rio de re­gu­la­ri­za­ção fun­diá­ria do Mi­nis­té­rio da Agri­cul­tu­ra, Nabhan Gar­cia, San­tos cri­ti­cou ope­ra­ções de fis­cais do Iba­ma que, em ca­sos ex­cep­ci­o­nais, in­cen­dei­am ma­qui­ná­ri­os de cri­mi­no­sos.

Ele dis­se que “ho­mem de Deus não gos­ta de fo­go”. E pros­se­guiu: “Fi­quem cer­tos que is­so vai ces­sar.” As de­cla­ra­ções do PM cau­sa­ram in­dig­na­ção ge­ne­ra­li­za­da no Iba­ma. O Es­ta­do apu­rou que di­ver­sas su­pe­rin­ten­dên­ci­as re­gi­o­nais en­vi­a­ram car­tas à se­de do ór­gão, em Bra­sí­lia, pe­din­do res­pon­sa­bi­li­za­ção pe­las de­cla­ra­ções.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.