Luiz Adri­a­no co­man­da o pas­seio do Pal­mei­ras

Cam­pe­o­na­to Bra­si­lei­ro. Ata­can­te faz os três gols da vi­tó­ria fá­cil so­bre o Flu­mi­nen­se

O Estado de S. Paulo - - Esportes - João Prata

Com três gols de Luiz Adri­a­no, o Pal­mei­ras ven­ceu o Flu­mi­nen­se por 3 a 0 on­tem e re­fez as pa­zes com seus tor­ce­do­res no Allianz Parque. O ti­me al­vi­ver­de se man­te­ve na terceira co­lo­ca­ção do Cam­pe­o­na­to Bra­si­lei­ro, mas ago­ra com 36 pon­tos, a ape­nas três do lí­der Fla­men­go.

Os 27 mil pal­mei­ren­ses que fo­ram acom­pa­nhar a par­ti­da che­ga­ram res­sa­bi­a­dos com a equi­pe por cau­sa da re­cen­te eli­mi­na­ção na Li­ber­ta­do­res e da sequên­cia de jo­gos ruins. Nas ar­qui­ban­ca­das, hou­ve pe­di­do pe­la saí­da de Ale­xan­dre Mat­tos, ge­ren­te de fu­te­bol do clu­be, e co­bran­ça por um me­lhor fu­te­bol. Luiz Adri­a­no, no en­tan­to, tra­tou de aca­bar com es­se cli­ma de des­con­fi­an­ça e ain­da le­vou a bo­la da par­ti­da pa­ra ca­sa.

“Fi­co mui­to fe­liz em po­der fa­zer os três gols, ain­da mais pe­la im­por­tân­cia da par­ti­da. Mi­nha vol­ta ao Brasil foi bem pla­ne­ja­da. Es­tá sen­do mui­to bom”, co­men­tou o ata­can­te.

Luiz Adri­a­no já ha­via mar­ca­do pe­lo Pal­mei­ras, na der­ro­ta pa­ra o Grê­mio por 2 a 1 que cus­tou a eli­mi­na­ção da Li­ber­ta­do­res. On­tem, ele fez os pri­mei­ros gols no Allianz Parque e des­ta­cou tam­bém que o clu­be se­gue fir­me na briga pe­la ta­ça da com­pe­ti­ção na­ci­o­nal. “Nos­so ob­je­ti­vo é es­te. Caí­mos fo­ra da Li­ber­ta­do­res, mas no Bra­si­lei­ro va­mos lu­tar até o fi­nal.”

No Flu­mi­nen­se, o go­lei­ro Mu­ri­el dei­xou o gra­ma­do ir­ri­ta­do com a pos­tu­ra da equi­pe, que se man­te­ve na zo­na de re­bai­xa­men­to. “Di­fí­cil fa­lar de ca­be­ça quen­te. Mas a gen­te não po­de se con­for­mar com o re­sul­ta­do em cam­po. O Pal­mei­ras me­re­ceu o re­sul­ta­do. Va­mos ago­ra nos pre­pa­rar, não se aba­lar e re­a­gir no pró­xi­mo jo­go”, dis­se

O Pal­mei­ras co­me­çou a par­ti­da li­ga­do e os vi­si­tan­tes pra­ti­ca­men­te não pe­ga­ram na bo­la nos dez mi­nu­tos ini­ci­ais. Os an­fi­triões abri­ram o pla­car em jo­ga­da pe­la esquerda. Di­o­go Bar­bo­sa ba­teu cru­za­do na tra­ve e Luiz Adri­a­no apro­vei­tou o re­bo­te pa­ra ti­rar o ze­ro do mar­ca­dor.

Mas no res­tan­te da pri­mei­ra eta­pa o Pal­mei­ras re­cu­ou e pas­sou a dar espaço pa­ra o Flu­mi­nen­se, que fi­cou com mais pos­se de bo­la. Tam­bém fal­ta­va ve­lo­ci­da­de ao ti­me da ca­sa pa­ra ma­tar o jo­go no con­tra­a­ta­que. E por pou­co não le­vou o em­pa­te. João Pe­dro re­ce­beu bela as­sis­tên­cia de Gan­so e er­rou fren­te a fren­te com Fernando Prass.

Na vol­ta do in­ter­va­lo, os co­man­da­dos de Ma­no Me­ne­zes re­tor­na­ram li­ga­dos no­va­men­te e sa­cra­men­ta­ram a vi­tó­ria gra­ças a dois va­ci­los de mar­ca­ção da za­ga do Flu­mi­nen­se. Du­du cru­zou ras­tei­ro da di­rei­ta e Luiz Adri­a­no apa­re­ceu li­vre na área pa­ra am­pli­ar, aos 12. Cin­co mi­nu­tos de­pois, Mar­cos Ro­cha man­dou na área pe­lo al­to e o ca­mi­sa 10 es­ta­va no­va­men­te sem mar­ca­ção pa­ra fa­zer seu tcei­ro gol e fe­char o pla­car.

O téc­ni­co Ma­no Me­ne­zes ain­da ti­rou Luiz Adri­a­no aos 23 pa­ra ter o no­me gri­ta­do pe­los tor­ce­do­res. Bor­ja en­trou em seu lu­gar. O Flu­mi­nen­se sen­tiu o ba­que do ter­cei­ro gol, não cri­ou mais na­da nos mi­nu­tos fi­nais e o Pal­mei­ras tam­bém ti­rou o pé com as en­tra­das de Rapha­el Vei­ga e Thi­a­go San­tos.

Co­rinthi­ans. Úni­co ti­me que ain­da não per­deu des­de o tér­mi­no da Co­pa Amé­ri­ca, o Co­rinthi­ans che­gou ao G-4, mas a fa­se in­vic­ta só não o dei­xou pró­xi­mo da li­de­ran­ça por­que em meio a es­sa sequên­cia sem der­ro­tas há mui­tos em­pa­tes – oi­to. O ti­me tem 32 pon­tos, se­te atrás do lí­der, o Fla­men­go.

“Qu­an­do a gen­te em­pa­ta em ca­sa nun­ca é bom. A gen­te tem que ana­li­sar os er­ros que es­ta­mos co­me­ten­do pa­ra não em­pa­tar­mos jo­gos em ca­sa. Con­tra Fla­men­go, Pal­mei­ras e es­se do Ce­a­rá po­de­ría­mos ter saí­do com os três pon­tos. Mas não adi­an­ta la­men­tar. É tra­ba­lhar e fa­zer di­fe­ren­te nos pró­xi­mos jo­gos”, la­men­tou Vág­ner Lo­ve. “Mas acre­di­to no Co­rinthi­ans na briga (pe­lo tí­tu­lo).’’

ALEX SIL­VA / ESTADAO

Hat-trick. Jo­ga­do­res do Pal­mei­ras co­me­mo­ram ter­cei­ro gol de Luiz Adri­a­no no jo­go

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.