Mo­ro man­da PF in­ves­ti­gar ‘ca­so Hélio Ne­gão’

In­ser­ção for­ja­da do no­me de Hélio Ne­gão em in­ves­ti­ga­ção te­ria si­do es­to­pim pa­ra que­da do su­pe­rin­ten­den­te no Rio

O Estado de S. Paulo - - Primeira página - Faus­to Ma­ce­do Pe­pi­ta Or­te­ga CO­LA­BO­ROU MA­RI­A­NA HAUBERT /

O ministro Sér­gio Mo­ro (Justiça) man­dou a Po­lí­cia Fe­de­ral in­ves­ti­gar a su­pos­ta in­clu­são frau­du­len­ta de um homô­ni­mo do de­pu­ta­do fe­de­ral Hélio Ne­gão (PSL-RJ) em inqué­ri­to aber­to pa­ra in­ves­ti­gar cri­me pre­vi­den­ciá­rio. Ami­go de Jair Bol­so­na­ro, o de­pu­ta­do não é al­vo da in­ves­ti­ga­ção.

O ministro da Justiça e Se­gu­ran­ça Pú­bli­ca, Sér­gio Mo­ro, de­ter­mi­nou que a Po­lí­cia Fe­de­ral in­ves­ti­gue a su­pos­ta in­clu­são frau­du­len­ta de um homô­ni­mo do de­pu­ta­do fe­de­ral Hélio Ne­gão (PSL/RJ) em inqué­ri­to aber­to pa­ra in­ves­ti­gar cri­me pre­vi­den­ciá­rio. Ami­go do pre­si­den­te Jair Bol­so­na­ro, o de­pu­ta­do, que não é al­vo da in­ves­ti­ga­ção, dis­se que des­co­nhe­ce o ca­so e, por is­so, não iria co­men­tar.

Em ofí­cio en­ca­mi­nha­do an­te­on­tem ao di­re­tor-ge­ral em exer­cí­cio da PF, de­le­ga­do Dis­ney Ros­set­ti, Sér­gio Mo­ro determina “a ime­di­a­ta apu­ra­ção dos fa­tos no âm­bi­to ad­mi­nis­tra­ti­vo e cri­mi­nal, com a iden­ti­fi­ca­ção dos res­pon­sá­veis”. No des­pa­cho, o ministro da Justiça faz men­ção à no­tí­cia de que o in­ves­ti­ga­do no Rio se­ria homô­ni­mo de de­pu­ta­do.

“Di­an­te da no­tí­cia pu­bli­ca­da da apa­ren­te in­clu­são frau­du­len­ta do no­me do de­pu­ta­do fe­de­ral Hélio Ne­gão em inqué­ri­to que tra­mi­ta pe­ran­te a Po­lí­cia Fe­de­ral do Rio de Janeiro e que te­ria por ob­je­to con­du­tas de pes­soa com o mes­mo ape­li­do, is­so, se­gun­do a ma­té­ria, com o apa­ren­te in­tui­to de ma­ni­pu­lar o Governo Fe­de­ral con­tra a Su­pe­rin­ten­dên­cia da Po­lí­cia Fe­de­ral no Rio de Janeiro, de­ter­mi­no a ime­di­a­ta apu­ra­ção dos fa­tos no âm­bi­to ad­mi­nis­tra­ti­vo e cri­mi­nal, com a iden­ti­fi­ca­ção dos res­pon­sá­veis”, des­ta­cou Mo­ro, que pe­de pa­ra se man­ter in­for­ma­do. Su­pe­rin­ten­den­te. A in­clu­são su­pos­ta­men­te for­ja­da de um homô­ni­mo do de­pu­ta­do fe­de­ral Hélio Ne­gão no inqué­ri­to so­bre cri­me pre­vi­den­ciá­rio te­ria si­do o es­to­pim da cri­se que der­ru­bou o su­pe­rin­ten­den­te da Po­lí­cia Fe­de­ral no Rio, de­le­ga­do Ri­car­do Sa­a­di.

No dia 15 de agos­to, o pre­si­den­te an­te­ci­pou a saí­da de Sa­a­di da su­pe­rin­ten­dên­cia do Rio, atri­buin­do ao de­le­ga­do pro­ble­mas de bai­xa “pro­du­ti­vi­da­de” – Es­ta­do apu­rou, no en­tan­to, que ele era um dos mais bem ava­li­a­dos no Ín­di­ce de Pro­du­ti­vi­da­de Ope­ra­ci­o­nal (IPO), que me­de o de­sem­pe­nho das su­pe­rin­ten­dên­ci­as da cor­po­ra­ção em to­do o País.

A de­cla­ra­ção de Bol­so­na­ro cau­sou in­dig­na­ção en­tre po­li­ci­ais fe­de­rais e foi in­ter­pre­ta­da co­mo uma in­ter­fe­rên­cia na cor­po­ra­ção, e qu­e­bra de sua au­to­no­mia. Mes­mo com as crí­ti­cas, Sa­a­di te­ve a exo­ne­ra­ção pu­bli­ca­da na edi­ção do Diá­rio Ofi­ci­al da União do dia 30 de agos­to.

MAR­CE­LO CAMARGO/AGÊN­CIA BRASIL-1/2/2019

De­pu­ta­do. No­me de Hélio Ne­gão te­ria si­do in­cluí­do de for­ma frau­du­len­ta em in­ves­ti­ga­ção

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.