Dnit pas­sou dez anos sem en­tre­gar es­tu­do de impacto

O Estado de S. Paulo - - Metrópole - / A.B. e G.B.

Le­van­ta­men­to re­a­li­za­do pe­lo Es­ta­do mos­tra que, des­de 2009, o Iba­ma aguar­da com­ple­men­tos de um Es­tu­do de Impacto Am­bi­en­tal (Eia-Rima) pa­ra au­to­ri­zar o li­cen­ci­a­men­to da área cen­tral da BR-319, um tre­cho de 400 km de ex­ten­são que es­tá em si­tu­a­ção qua­se in­tra­fe­gá­vel. Os estudos e obras na es­tra­da fe­de­ral são de res­pon­sa­bi­li­da­de do De­par­ta­men­to Na­ci­o­nal de In­fra­es­tru­tu­ra de Trans­por­tes (Dnit). Há dez anos, o ór­gão sub­me­teu seus estudos am­bi­en­tais ao Iba­ma. A qua­li­da­de do ma­te­ri­al en­tre­gue, no en­tan­to, con­si­de­ra­da ruim, le­vou a autarquia a de­cla­rar, na­que­le ano, que o es­tu­do “não reú­ne as mí­ni­mas con­di­ções e in­for­ma­ções que per­mi­tam ava­li­ar a vi­a­bi­li­da­de am­bi­en­tal do em­pre­en­di­men­to”.

Nes­te ano, o go­ver­no re­to­mou o te­ma e ela­bo­rou um no­vo es­tu­do de impacto am­bi­en­tal, qua­se do ze­ro, pa­ra li­be­rar as obras. O pla­no é en­vi­ar es­se no­vo re­la­tó­rio ao Iba­ma em até dois me­ses. Qu­es­ti­o­na­do so­bre o as­sun­to, o Dnit de­cla­rou que a obra “é pri­o­ri­tá­ria pa­ra a atu­al ges­tão da autarquia”. A li­ci­ta­ção do pro­je­to de­ve­rá acon­te­cer até de­zem­bro, se­gun­do o Dnit, com o iní­cio das obras em 2021. “A autarquia já in­ves­tiu cer­ca de R$ 70 mi­lhões pa­ra cri­a­ção e de­mar­ca­ção de no­vas uni­da­des de con­ser­va­ção fe­de­rais e es­ta­du­ais, no en­tor­no da ro­do­via, aten­den­do con­di­ci­o­nan­tes am­bi­en­tais.”

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.