In­gre­di­en­tes dos re­la­ci­o­na­men­tos

Da­ta es­te­lar: Mer­cú­rio e Jú­pi­ter em sex­til; Lua mín­gua em Leão

O Estado de S. Paulo - - Caderno 2 - OS­[email protected]

Não exis­te uma fórmula ge­ral que pos­sa ser apli­ca­da a qual­quer re­la­ci­o­na­men­to, ga­ran­tin­do seu su­ces­so. Re­la­ci­o­na­men­tos são cons­tru­ções, não acon­te­cem por si sós. Os en­con­tros es­tão na mão dos mis­té­ri­os do Uni­ver­so e co­lo­cam as pes­so­as nu­ma mes­ma en­cru­zi­lha­da, daí pa­ra fren­te, o re­la­ci­o­na­men­to pre­ci­sa­rá ser cons­truí­do com três in­gre­di­en­tes es­sen­ci­ais. O pri­mei­ro é a ig­no­rân­cia hu­ma­na a res­pei­to da Vi­da, o que co­lo­ca a to­dos no mes­mo ní­vel; nós nun­ca te­re­mos cer­te­za de na­da, por­que des­co­nhe­ce­mos gran­de par­te do to­do. O se­gun­do in­gre­di­en­te é que to­dos car­re­ga­mos nossas his­tó­ri­as, fei­tas de trau­mas e alegrias, as qu­ais se­rão de ime­di­a­to trans­fe­ri­das ao re­la­ci­o­na­men­to. O ter­cei­ro in­gre­di­en­te é fei­to de nossas ex­pec­ta­ti­vas. Ig­no­rân­cia, pas­sa­do e ex­pec­ta­ti­vas, são os in­gre­di­en­tes dos re­la­ci­o­na­men­tos.

ÁRIES 21-3 a 20-4

É ho­ra de os acor­dos se­rem fi­na­li­za­dos da me­lhor ma­nei­ra pos­sí­vel ou, pe­lo me­nos, avan­çar nes­se ter­re­no o má­xi­mo pos­sí­vel. Is­so evi­ta­rá que as coi­sas con­ti­nu­em fi­can­do no ar, mas que se­jam pos­tas em prá­ti­ca, is­so sim.

TOURO 21-4 a 20-5

Li­dar com as mu­dan­ças de es­ta­dos de âni­mo e hu­mo­res é al­go que re­quer sa­be­do­ria, pa­ra evi­tar o nau­frá­gio da alma em oce­a­nos emo­ci­o­nais que pa­re­cem não ter fim. To­me a sa­gra­da de­ci­são de man­ter o do­mí­nio so­bre si.

GÊMEOS 21-5 a 20-6

Es­te é um bom mo­men­to pa­ra vol­tar a ter con­ta­to com aque­las pes­so­as que ou- tro­ra fo­ram boas com­pa­nhi­as. Ain­da que os vín­cu­los te­nham so­fri­do com o dis­tan­ci­a­men­to, mes­mo as­sim va­le­rá a pe­na ten- tar re­fa­zer es­se ca­mi­nho.

CÂNCER 21-6 a 21-7

As­se­gu­re o que é seu, te­nha em men­te con­so­li­dar o que é de seu me­re­ci­men- to. Nes­te mo­men­to vo­cê tem a chan­ce de tor­nar seu ter­ri­tó­rio mais de­fi­ni­do e is­so lhe brin­dar com a sen­sa­ção de se­gu­ran- ça que sua alma tan­to gos­ta.

LEÃO 22-7 a 22-8

Nin­guém vai aju­dar, vo­cê vai ter de to­mar to­das as ini­ci­a­ti­vas per­ti­nen­tes se de­se­ja ver seus pla­nos em mar­cha. Nin­guém vai aju­dar, mas se vo­cê ini­ci­ar o pro­ces­so, as pes­so­as tam­pou­co atra­pa­lha­rão. Si­ga em fren­te.

VIR­GEM 23-8 a 22-9

An­ti­gos te­mo­res sem­pre dão um jeito de vol­tar e ten­tam ser pro­ta­go­nis­tas da história. Porém, é bom vo­cê ir se acos­tu­man­do a uma no­va música, por­que o ce­ná­rio pe­lo qual vo­cê tran­si­ta é ou­tro mui- to di­fe­ren­te.

LI­BRA 23-9 a 22-10

Ago­ra é um mo­men­to pro­pí­cio pa­ra re­fa­zer as co­ne­xões so­ci­ais que por qual- quer ques­tão e dis­cor­dân­cia te­nham si­do dis­tor­ci­das. Pro­cu- re as pes­so­as que vo­cê pre­ci­sa e, tam­bém, as que apre­cia, pa­ra apa­rar ares­tas. Me­lhor as­sim.

ESCORPIÃO 23-10 a 21-11

Ape­sar de o ce­ná­rio ter se com­pli­ca­do bas­tan­te, mes­mo as­sim vo­cê não es­tá no meio de um nau­frá­gio. Por is­so, co­lo­que li­mi­tes a es­sas apre­en­sões e in­cer­te­zas emo­ci­o­nais, pa­ra que não es­tra­guem o que es­tá andando bem.

SAGITÁRIO 22-11 a 21-12

Avan­ce, por­que mes­mo que as cir­cuns­tân­ci­as não fa­vo­re­çam es­se mo­vi­men- to, vo­cê te­rá presença e for­ça su­fi­ci­en­tes pa­ra fa­zer va­ler su­as in­ten­ções. Cui­de ape­nas de fa­zer is­so com ele­gân­cia, e cui­da­do com as pes­so­as.

CAPRICÓRNI­O 22-12 a 20-1

Vo­cê te­rá de se ex­por mes­mo que não se­ja do seu agra­do, por­que há mo­men­tos da vi­da em que, ain­da que nin­guém apoie seus mo­vi­men­tos, mes­mo as­sim é pre­ci­so apos­tar na pró­pria alma, e ve­ri­fi­car os re­sul­ta­dos.

AQUÁRIO 21-1 a 19-2

Ago­ra é um bom mo­men­to pa­ra vo­cê re­fa­zer sua re­de de vín­cu­los e con­ta­tos, pas­san­do por uma pe­nei­ra ajui­za­da tu­do que foi fei­to até aqui, pa­ra se apro­xi­mar às pes­so­as cer­tas e to­mar pru­den­te dis­tân­cia das er­ra­das.

PEI­XES 20-2 a 20-3

O mo­men­to é mui­to fa­vo­rá­vel pa­ra vo­cê se en­vol­ver pro­du­ti­va­men­te com a vi­da. Por is­so, ago­ra não per­ca tem­po com apre­en­sões ín­ti­mas, subs­ti­tuin­do es­se tem­po por ati­tu­des con­cre­tas que ex­pres­sem seus pla­nos de vi­da.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.