Des­po­lui­ção do Pi­nhei­ros não pre­vê con­ta­to com rio

Pro­je­to até 2022 in­clui re­cu­pe­ra­ção de cór­re­gos. ‘Nin­guém es­tá fa­lan­do em be­ber a água’, diz pre­si­den­te da Sa­besp

O Estado de S. Paulo - - Metrópole - Gi­o­va­na Gi­rar­di

O pro­je­to No­vo Rio Pi­nhei­ros, do go­ver­no do Es­ta­do de São Pau­lo, pa­ra des­po­lui­ção do rio, não tem a pre­ten­são de dei­xá-lo pro­pí­cio pa­ra ba­nhos ou con­su­mo, mas pa­ra re­to­mar a chan­ce de ha­ver vi­da ne­le. É o que ex­pli­cou on­tem o pre­si­den­te da Com­pa­nhia de Sa­ne­a­men­to Bá­si­co do Es­ta­do de São Pau­lo (Sa­besp), Be­ne­di­to Braga.

“Nin­guém es­tá fa­lan­do de um rio que vai es­tar dis­po­ní­vel pa­ra na­ta­ção, pa­ra es­por­tes de con­ta­to di­re­to com a água. Nin­guém es­tá fa­lan­do em be­ber a água do Rio Pi­nhei­ros. Es­ta­mos fa­lan­do de um rio que te­nha 100% do tem­po con­di­ções ae­ró­bi­as. Des­sa ma­nei­ra, ele dei­xa de chei­rar mal”, ex­pli­cou Braga no even­to Ri­os por um Triz – Des­po­lui­ção dos Ri­os Pi­nhei­ros e Ti­e­tê, pro­mo­vi­do pe­la SOS Ma­ta Atlân­ti­ca, em São Pau­lo.

“É o que foi fei­to em ou­tras par­tes do mun­do. Mui­tas ve­zes dão exem­plo do Tâ­mi­sa (na In­gla­ter­ra), do Se­na (na Fran­ça). Eles de fa­to não chei­ram mal, mas não se po­de ter con­ta­to di­re­to com su­as águas.”

Se­gun­do ele, o ob­je­ti­vo prin­ci­pal é fa­zer com que “o rio te­nha uti­li­da­de pa­ra a po­pu­la­ção na re­gião me­tro­po­li­ta­na de São Pau­lo”. Em vez de ten­tar a des­po­lui­ção di­re­ta, o fo­co se­rá da­do aos cór­re­gos que de­sá­guam no rio, pa­ra que não che­gue ne­le a car­ga po­lui­do­ra, por meio das es­ta­ções de re­cu­pe­ra­ção da água do cór­re­go.

O de­sa­fio, diz, é ti­rar 2.800 li­tros por se­gun­do de es­go­to das sub-ba­ci­as do Pi­nhei­ros pa­ra ter, até 2022, um rio que pos­sa ser usa­do. Fo­ram lan­ça­dos 14 pa­co­tes de li­ci­ta­ção no va­lor de R$ 1,5 bi­lhão. “Ho­je não exis­te um lu­gar em que as pes­so­as pos­sam pa­rar o car­ro pa­ra vi­si­tar o rio. E o pro­je­to vai ter uma sé­rie de idei­as pa­ra a in­te­gra­ção ri­o­ci­da­de”, com­ple­men­tou o sub­se­cre­tá­rio es­ta­du­al de Meio Am­bi­en­te, Edu­ar­do Tra­ni. “Ha­ve­rá pas­sa­re­las so­bre o Pi­nhei­ros. Com o au­men­to do ca­la­do – da pro­fun­di­da­de do rio –, po­de­ria ha­ver na­ve­ga­ção tu­rís­ti­ca no Pi­nhei­ros”, dis­se Braga.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.