Na Ar­gen­ti­na, Ri­ver em van­ta­gem so­bre o Bo­ca

O Estado de S. Paulo - - Esportes - BU­E­NOS AI­RES

Atu­al cam­peão da Co­pa Libertador­es, o Ri­ver Pla­te es­tá pró­xi­mo de dis­pu­tar mais uma de­ci­são do mai­or tor­neio de clu­bes do con­ti­nen­te. On­tem, o ti­me abriu boa van­ta­gem nas se­mi­fi­nais ao der­ro­tar o Bo­ca Ju­ni­ors por 2 a 0, no Monumental de Núñez, nu­ma par­ti­da em que te­ve am­plo do­mí­nio do ri­val e po­de­ria até ter ven­ci­do por um pla­car mais di­la­ta­do.

O du­e­lo de vol­ta es­tá mar­ca­do pa­ra 22 de ou­tu­bro, em La Bom­bo­ne­ra, on­de o Ri­ver po­de­rá per­der por até um gol de di­fe­ren­ça pa­ra avan­çar à de­ci­são con­tra Grê­mio ou Fla­men­go. A fi­nal se­rá em jo­go úni­co e es­tá mar­ca­da pa­ra o dia 23 de no­vem­bro, um sá­ba­do, no es­tá­dio Na­ci­o­nal de San­ti­a­go, no Chi­le.

No co­me­ço da par­ti­da, bas­tou um ata­que pa­ra o Ri­ver Pla­te che­gar ao pri­mei­ro gol. Aos dois mi­nu­tos, An­dra­da, go­lei­ro do Bo­ca Ju­ni­ors, es­pal­mou chu­te cru­za­do de De La Cruz e Bor­ré foi der­ru­ba­do na gran­de área por Mas. O ár­bi­tro bra­si­lei­ro Rafael Klaus de­mo­rou, mas com a aju­da do VAR (ár­bi­tro de ví­deo) as­si­na­lou o pê­nal­ti. O pró­prio Bor­ré ba­teu bem e abriu o pla­car, aos se­te mi­nu­tos.

O Bo­ca te­ve ape­nas uma gran­de chan­ce de gol du­ran­te to­da a par­ti­da. Aos 42 do pri­mei­ro tem­po, Ábi­la do­mi­nou a bo­la na área e ro­lou pa­ra Ca­pal­do, que de fren­te pa­ra o go­lei­ro Ar­ma­ni chu­tou por ci­ma do gol.

O Ri­ver Pla­te fez o se­gun­do gol aos 24 do se­gun­do tem­po. Ig­na­cio Fer­nán­dez avan­çou pe­lo meio, abriu pa­ra Suá­rez na di­rei­ta e re­ce­beu pas­se na pe­que­na área, des­lo­can­do An­dra­da na sua fi­na­li­za­ção.

“Fi­ze­mos uma par­ti­da in­te­li­gen­te. O meio-cam­po es­te­ve di­vi­di­do, hou­ve pou­ca tro­ca de bo­las por con­ta da for­te mar­ca­ção das equi­pes”, ex­pli­cou o vo­lan­te do Ri­ver Pla­te, En­zo Pé­rez.

“Ga­nha­mos 50% da sé­rie, fal­ta ou­tro jo­go e sa­be­mos que é uma van­ta­gem im­por­tan­te, po­rém ela não é de­fi­ni­ti­va. Se­rá di­fí­cil o jo­go de vol­ta, va­mos ter que fa­zer uma par­ti­da in­te­li­gen­te. Jo­ga­re­mos com a van­ta­gem do Bo­ca não ter fei­to ne­nhum gol aqui”, afir­mou Pé­rez.

GUS­TA­VO GARELLO/AP

Ce­le­bra­ção. Bor­ré, de pê­nal­ti, abriu o pla­car pa­ra o Ri­ver

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.