Wit­zel vai apu­rar se PM in­va­diu hos­pi­tal pa­ra bus­car pro­jé­til

De­nún­cia su­ge­re que agen­tes pro­cu­ra­vam a ba­la que atin­giu a me­ni­na Ágatha; pa­ra go­ver­na­dor, se con­fir­ma­do, fa­to é ‘inad­mis­sí­vel’

O Estado de S. Paulo - - Metrópole - Fá­bio Grellet / RIO

O go­ver­na­dor do Rio, Wilson Wit­zel (PSC), afir­mou pe­lo Twit­ter on­tem que vai apu­rar “com ri­gor” a de­nún­cia de que um gru­po de po­li­ci­ais mi­li­ta­res in­va­diu o Hos­pi­tal Ge­tú­lio Var­gas, na Pe­nha, zo­na nor­te do Rio, um dia após a mor­te de Ágatha Fé­lix, de 8 anos, pa­ra exi­gir dos fun­ci­o­ná­ri­os a en­tre­ga da ba­la que ma­tou a me­ni­na, no Com­ple­xo do Ale­mão.

A in­for­ma­ção so­bre a in­va­são do hos­pi­tal pe­los PMs foi di­vul­ga­da on­tem pe­lo si­te da re­vis­ta Ve­ja. Con­for­me a re­vis­ta, os mé­di­cos se re­cu­sa­ram a en­tre­gar a ba­la, e os po­li­ci­ais fo­ram em­bo­ra. Só um frag­men­to foi en­con­tra­do pe­los mé­di­cos, e en­ca­mi­nha­do à Po­lí­cia Ci­vil, que con­cluiu não ser pos­sí­vel com­pa­rá-lo com as ar­mas dos po­li­ci­ais que es­ta­vam pa­tru­lhan­do a re­gião no mo­men­to. “Mi­nha po­si­ção é fir­me: tu­do se­rá apu­ra­do com ri­gor. Os fa­tos, se com­pro­va­dos, são inad­mis­sí­veis. Os cul­pa­dos se­rão pu­ni­dos”, es­cre­veu Wit­zel no Twit­ter, so­bre a de­nún­cia de que PMs te­ri­am ten­ta­do pe­gar a ba­la.

A Po­lí­cia Mi­li­tar in­for­mou, por meio de no­ta, que “pos­sí­veis con­du­tas ina­pro­pri­a­das” são ob­je­to de apu­ra­ção. O co­man­do da cor­po­ra­ção pon­de­rou, po­rém, que a pre­sen­ça de PMs em uni­da­des de saú­de “che­can­do in­for­ma­ções so­bre a en­tra­da de ví­ti­mas de dis­pa­ros de ar­ma de fo­go, faz par­te das ro­ti­nas de atu­a­ção”. A Po­lí­cia Ci­vil de­cla­rou que “não há na­da nos au­tos so­bre o fa­to ci­ta­do”.

O Es­ta­do pro­cu­rou a Se­cre­ta­ria de Saú­de do Es­ta­do do Rio, mas não con­se­guiu lo­ca­li­zar quem pu­des­se fa­lar. Ágatha foi mor­ta por uma ba­la per­di­da quan­do es­ta­va em um lotação, a ca­mi­nho de ca­sa, no Com­ple­xo do Ale­mão. Tes­te­mu­nhas ale­gam que o ti­ro foi dis­pa­ra­do por

al­gum dos PMs que pa­tru­lha­vam a re­gião. A PM diz que ha­via um ti­ro­teio en­tre os agen­tes e os cri­mi­no­sos.

A mor­te de Ágatha ocor­re em meio a um au­men­to nos ín­di­ces de le­ta­li­da­de po­li­ci­al no Rio e mo­ti­vou crí­ti­cas à po­lí­ti­ca de se­gu­ran­ça de Wit­zel.

WILTON JU­NI­OR/ESTADÃO

Ale­mão. Ágatha foi ba­le­a­da quan­do vol­ta­va pa­ra ca­sa

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.