3 PER­GUN­TAS PA­RA...

O Estado de S. Paulo - - Caderno 2 - Pe­dro Vas­con­ce­los, ci­ne­as­ta / U.B.

1. O que mais te en­can­tou em O Má­gi­co di Ó? De­pois de as­sis­tir a ape­nas 15 mi­nu­tos, per­ce­bi que era al­go es­pe­ci­al, pois me le­vou di­re­to pa­ra o ser­tão. Ime­di­a­ta­men­te, vi um fil­me pas­san­do na mi­nha ca­be­ça.

2. O tex­to ori­gi­nal é mui­to te­a­tral, oní­ri­co até. Co­mo man­ter es­se fres­cor com o re­a­lis­mo pe­di­do pe­lo ci­ne­ma? Creio que a pre­sen­ça do mes­mo elen­co e a ma­nu­ten­ção do tex­to do Vi­tor são um gran­de trun­fo. Já de­ci­di usar a mes­ma es­té­ti­ca do Ho­je É Dia de Ma­ria, no qual o Luis Fer­nan­do ado­tou a te­a­tra­li­da­de. As­sim, os ato­res vão re­pre­sen­tar co­mo no te­a­tro, mes­mo es­tan­do em um set re­a­lis­ta.

3. Por fa­lar nis­so, por que vo­cê es­co­lheu fil­mar na ‘Ro­liú­de Nor­des­ti­na’?

A ci­da­de de Ca­ba­cei­ras tem uma com­po­si­ção má­gi­ca, lú­di­ca, fa­vo­re­ci­da pe­lo fa­to de não ser ape­nas uma re­gião de agres­te ou só de ser­tão. Is­so é um gran­de ga­nho pa­ra se con­tar uma his­tó­ria. Nos­so pla­no é de es­tre­ar no pri­mei­ro se­mes­tre de 2020.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.