Em sua es­treia, Tail­son dá vi­tó­ria ao San­tos

Ga­ro­to de 20 anos fes­te­ja co­me­ço fe­liz, gol na ca­sa do Vas­co e co­men­ta fler­te que te­ve com o Bar­ce­lo­na B

O Estado de S. Paulo - - Esportes -

Na ca­ça a Fla­men­go e Pal­mei­ras pe­la pon­ta do Brasileirã­o, o San­tos voltou a con­tar com sua ba­se pa­ra ven­cer o Vas­co por 1 a 0, on­tem, fo­ra de ca­sa, pe­la 23.ª ro­da­da. Em sua es­treia co­mo pro­fis­si­o­nal, o ata­can­te Tail­son apro­vei­tou as­sis­tên­cia de Evan­dro e sa­cra­men­tou o triun­fo do ti­me da Vi­la em São Ja­nuá­rio, pri­mei­ro do clu­be pau­lis­ta na ca­sa cruz­mal­ti­na des­de 2005.

Tail­son foi a pri­mei­ra joia da ba­se san­tis­ta a ser uti­li­za­da pe­lo téc­ni­co Sam­pa­o­li em mais de qua­tro me­ses, de­pois do tam­bém ata­can­te Kaio Jor­ge. “Es­tou um pou­co ner­vo­so, mas fe­liz. Es­pe­ra­va es­tre­ar bem, mas fa­zer um gol não pas­sou pe­la mi­nha ca­be­ça. Pri­mei­ra­men­te, pen­sei em fa­zer boa es­treia e foi nis­so que fo­quei. Mas já que o gol veio, es­tou mui­to fe­liz.”

O jo­ga­dor de 20 anos tam­bém co­men­tou so­bre co­mo re­ce­beu a no­tí­cia de que se­ria ti­tu­lar con­tra o Vas­co. “Fi­quei sa­ben­do na sex­ta. Fiz um bom trei­no e ele me deu a opor­tu­ni­da­de. Fi­quei um pou­co sur­pre­so, não es­pe­ra­va ago­ra”, dis­se.

O gol veio após mo­men­to com­pli­ca­do pa­ra o ata­can­te. A pro­mes­sa aca­bou de re­no­var com o clu­be prai­a­no por cin­co anos e com mul­ta res­ci­só­ria de 100 milhões de eu­ros (R$ 445 milhões). O acer­to ocor­reu após o atle­ta fler­tar com o Bar­ce­lo­na B. “Te­ve es­sa no­ve­la to­da do Bar­ce­lo­na, mas pro­cu­rei es­que­cer tu­do is­so, já fi­cou no passado. Fi­quei uma se­ma­na lá, mas não re­sol­vi na­da, en­tão, gra­ças a Deus, acer­tei com o San­tos. Es­se era o meu mai­or ob­je­ti­vo e gra­ças a Deus ti­ve es­sa es­treia ma­ra­vi­lho­sa.”

Tail­son ain­da deu de­ta­lhes do lan­ce em que mar­cou pe­la pri­mei­ra vez co­mo pro­fis­si­o­nal. “Qu­an­do o Evan­dro re­ce­beu a bola, eu abri um pou­qui­nho e fa­lei: ‘Evan­dro, só es­co­ra pa­ra mim, só ajei­ta’. Ele ajei­tou, eu fui fe­liz na fi­na­li­za­ção e fiz o gol da vi­tó­ria do San­tos”, con­tou.

Ape­sar da as­sis­tên­cia, Evan­dro foi ex­pul­so aos 33 do se­gun­do tem­po. O vo­lan­te deu car­ri­nho com a so­la do pé no tor­no­ze­lo de Mar­rony e re­ce­beu ama­re­lo. Após re­vi­são su­ge­ri­da pe­lo ár­bi­tro de ví­deo (VAR), Sá­vio Pereira Sam­paio op­tou pe­la con­tro­ver­sa ex­pul­são. O San­tos tem 44 pon­tos ago­ra.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.