Ofer­ta de ações na Bol­sa po­de al­can­çar R$ 20 bi em ou­tu­bro

Ex­pec­ta­ti­va é que ofer­tas nes­te ano su­pe­rem o de 2007, o ano de ou­ro do mer­ca­do de ca­pi­tais

O Estado de S. Paulo - - Economia - Fer­nan­da Gui­ma­rães

O vo­lu­me de ofer­tas de ações na B3, a Bol­sa de São Pau­lo, em ou­tu­bro tem po­ten­ci­al pa­ra al­can­çar R$ 20 bi­lhões, com o im­pul­so da ofer­ta sub­se­quen­te (fol­low on) do Ban­co do Brasil, que de­ve che­gar per­to dos R$ 8 bi­lhões. Além des­sa emis­são “jum­bo”, a Bol­sa bra­si­lei­ra deverá ser pal­co de três es­trei­as, com as ofer­tas ini­ci­ais de ações (IPO, na si­gla em in­glês) da re­de de jo­a­lhe­ria Vi­va­ra, a va­re­jis­ta C&A e o Ban­co BMG.

No mês pas­sa­do, quan­do a ja­ne­la pa­ra emis­sões se abriu após o fim do pe­río­do de fé­ri­as no he­mis­fé­rio nor­te, o vo­lu­me de ofer­tas sub­se­quen­tes so­mou pou­co mais de R$ 3,6 bi­lhões, com o Ban­co Pan, as in­cor­po­ra­do­ras Tri­sul e EzTec, a em­pre­sa de tec­no­lo­gia Sinqia (ex-Se­ni­or So­lu­ti­on) e a em­pre­sa de ener­gia Ôme­ga. O Ban­ri­sul tam­bém fez sua ten­ta­ti­va, mas so­freu re­sis­tên­cia por parte sos in­ves­ti­do­res e can­ce­lou sua ofer­ta.

Ago­ra, pa­ra ou­tu­bro, além do BB, es­tão na fi­la as ofer­tas da Cy­re­la Com­mer­ci­al Pro­per­ti­es (CCP), Po­si­ti­vo Tec­no­lo­gia e Lo­pes, mas o nú­me­ro ain­da de­ve cres­cer, da­do o al­to nú­me­ro de em­pre­sas que já con­tra­ta­ram o sin­di­ca­to de ban­cos pa­ra re­a­li­za­rem su­as ofer­tas. O mo­men­to bas­tan­te oti­mis­ta pa­ra es­sas emis­sões tem chamado a aten­ção de um gru­po ca­da vez mai­or de com­pa­nhi­as.

A cap­ta­ção lí­qui­da dos fun­dos lo­cais tem ga­ran­ti­do, até aqui, de­man­da pa­ra as ofer­tas, em um mo­men­to em que o in­ves­ti­dor es­tran­gei­ro ain­da de­mons­tra cau­te­la em re­la­ção

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.