Mor­re, aos 80 anos, o ba­te­ris­ta Gin­ger Ba­ker

O Estado de S. Paulo - - Caderno2 - André Cá­ce­res

O mú­si­co bri­tâ­ni­co Gin­ger Ba­ker mor­reu na ma­nhã de do­min­go, 6, no Rei­no Uni­do, de acor­do com uma pu­bli­ca­ção de sua fa­mí­lia em uma re­de so­ci­al.

Nas­ci­do Pe­ter Edward Ba­ker, em 19 de agos­to de 1939, em Lon­dres, Gin­ger fi­cou co­nhe­ci­do por ter feito parte do Cre­am en­tre 1966 e 1968, ao la­do do bai­xis­ta Jack Bru­ce (1943-2014) e do gui­tar­ris­ta Eric Clap­ton. No en­tan­to, sua con­tri­bui­ção pa­ra a mú­si­ca co­me­çou an­tes dis­so.

Ba­ker fez parte de di­ver­sos gru­pos de jazz, R&B e blu­es no iní­cio da dé­ca­da de 1960, ten­do co­nhe­ci­do Jack Bru­ce no Blu­es In­cor­po­ra­ted, ban­da li­de­ra­da por Ale­xis Kor­ner. Foi, po­rém, na Graham Bond Or­ga­ni­sa­ti­on que a du­pla Ba­ker/Bru­ce ga­nhou no­to­ri­e­da­de na ce­na do blu­es, es­pe­ci­al­men­te com o elo­gi­a­do ál­bum The Sound of ‘65.

Com Ba­ker, Bru­ce e Clap­ton, o Cre­am foi um dos pri­mei­ros “su­per­gru­pos” da his­tó­ria do rock. Mes­clan­do a cru­e­za do blu­es ele­tri­fi­ca­do à vir­tu­o­se do rock e ao ex­pe­ri­men­ta­lis­mo da psi­co­de­lia, in­flu­en­ci­ou to­da uma ge­ra­ção de ro­quei­ros com qu­a­tro dis­cos: Fresh Cre­am (1966), Dis­ra­e­li Ge­ars (1967), Whe­els of Fi­re (1968) e Go­odbye (1969), es­te último lan­ça­do já após a dis­so­lu­ção do gru­po.

Ba­ker con­ti­nu­a­ria ao la­do de Clap­ton em 1969, quan­do gra­va­ram o ál­bum Blind Faith com Ste­ve Winwo­od, do Traf­fic, mas a par­tir dos anos 1970 seus ca­mi­nhos se se­pa­ra­ri­am.

Ba­ker vi­veu na Nigéria e na Áfri­ca do Sul, on­de re­to­mou con­ta­to com o jazz gra­ças a Art Bla­key, gra­vou com Fe­la Ku­ti e fun­dou a ban­da Air For­ce, que não ob­te­ve o su­ces­so de seus antigos gru­pos.

De vol­ta à In­gla­ter­ra, Ba­ker fez reu­niões pontuais do Cre­am em 1993 e 2005, for­mou um quar­te­to de jazz, pu­bli­cou uma au­to­bi­o­gra­fia em 2009 e lan­çou seu último dis­co, Why?, em 2014. Em 2016, o ba­te­ris­ta te­ve de se apo­sen­tar dos pal­cos por pro­ble­mas de saú­de que o aco­me­te­ram até a mor­te.

STE­VE POPE/EFE

Ba­te­ria. Gin­ger Ba­ker to­ca na reu­nião do Cre­am, em 2005

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.