Cal­ça­das obs­truí­das

O Estado de S. Paulo - - Notas E Informaçõe­s -

Opor­tu­no o edi­to­ri­al Aos tran­cos e bar­ran­cos (7/10, A3). Muitos ba­res e res­tau­ran­tes que man­têm me­sas nas já es­trei­tas cal­ça­das vêm avan­çan­do ca­da vez mais so­bre elas, al­guns ins­ta­lan­do tol­dos com co­ber­tu­ra plás­ti­ca que des­ce ver­ti­cal­men­te, va­sos, bal­cões de va­lets e até ban­cos. Não bas­tas­se tal abu­so, os fre­quen­ta­do­res se aglo­me­ram nas cal­ça­das e os pas­san­tes, não ra­ro, têm de ca­mi­nhar pe­lo lei­to car­ro­çá­vel. A Pre­fei­tu­ra, que ce­de aos es­ta­be­le­ci­men­tos es­ses es­pa­ços, não sei se gra­tui­ta ou one­ro­sa­men­te, de­ve­ria fis­ca­li­zá-los e coi­bir os abu­sos. O me­lhor mes­mo se­ria aca­bar com a per­mis­são de me­sas em cal­ça­das es­trei­tas. Mas se­ria in­ge­nui­da­de es­pe­rar que a sur­da ad­mi­nis­tra­ção Bru­no Co­vas fa­ça al­go.

LUIZ M. LEITÃO DA CUNHA luizm­lei­[email protected]

São Pau­lo

“Sr. pre­si­den­te, pla­no B exis­te, sim. Que tal co­me­çar co­bran­do im­pos­tos de igre­jas, de­pois cor­tar mor­do­mi­as dos três Po­de­res e, fi­nal­men­te, cor­tar as­ses­so­res em to­dos os ní­veis? Não é jus­to só o po­vo pa­gar por uma con­ta que ele não fez!”

MA­RIA DO CARMO ZAFFALON LEME CARDOSO / BAURU, SO­BRE O IM­PRES­CIN­DÍ­VEL AJUSTE FIS­CAL [email protected]

“Bra­sil imu­tá­vel: não adi­an­ta o País que­rer por­que o STF não quer, não adi­an­ta o País ten­tar por­que o Con­gres­so não dei­xa. O mais é pa­po-fu­ra­do” RICARDO C. SIQUEIRA / NITERÓI (RJ), IDEM ri­car­doc­si­quei­[email protected]­bo.com

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.