Fi­que aten­to ao Enem

Uni­ver­si­da­des fe­de­rais e es­ta­du­ais de São Pau­lo ofe­re­cem va­gas pe­lo Si­su, sis­te­ma de se­le­ção do MEC. Al­gu­mas usam ex­clu­si­va­men­te as no­tas do Enem, e ou­tras dão bô­nus con­for­me o de­sem­pe­nho no exa­me

O Estado de S. Paulo - - Edu - / THAÍS FER­RAZ e LYGIA RIBEIRO, ES­PE­CI­AIS PA­RA O ES­TA­DO

Cri­a­do em 1998, o Exa­me Na­ci­o­nal do Ensino Mé­dio (Enem) ga­nhou mui­ta im­por­tân­cia na úl­ti­ma dé­ca­da – em al­guns ca­sos, che­gou até mes­mo a subs­ti­tuir ves­ti­bu­la­res ex­tre­ma­men­te tra­di­ci­o­nais. Ho­je, as seis gran­des uni­ver­si­da­des pú­bli­cas do Es­ta­do de São Pau­lo ado­tam, de di­fe­ren­tes for­mas, as no­tas do exa­me co­mo for­ma de in­gres­so por meio do Sis­te­ma de Se­le­ção Uni­fi­ca­da (Si­su), do Ministério da Edu­ca­ção (MEC). Por is­so, é im­por­tan­te es­tar aten­to ao ca­len­dá­rio de pro­vas do Enem e tam­bém co­nhe­cer as re­gras es­pe­cí­fi­cas de in­gres­so pa­ra ca­da uma das ins­ti­tui­ções pa­ra sa­ber co­mo se can­di­da­tar cor­re­ta­men­te a uma va­ga.

Gra­tui­to e aber­to du­as ve­zes ao ano, o Si­su é um pro­gra­ma que con­si­de­ra as no­tas do Enem pa­ra se­le­ci­o­nar can­di­da­tos pa­ra es­tu­da­rem em ins­ti­tui­ções pú­bli­cas (fe­de­rais e es­ta­du­ais). Uma das úl­ti­mas uni­ver­si­da­des a ado­tar a se­le­ção tam­bém via Si­su, a Uni­ver­si­da­de de São Pau­lo (USP) ofe­re­ce 2.830 das su­as 11.260 va­gas em 2020 pa­ra quem pre­ten­de usar as no­tas do Enem.

Es­tu­dan­te do cur­si­nho Eta­pa, Lucas Ro­dri­gues de Agui­ar, de 21 anos, tem um ob­je­ti­vo: ser apro­va­do no cur­so de Me­di­ci­na da USP. “Eu de­ci­di is­so no 2.º ano do ensino mé­dio, e a par­tir daí a mi­nha ro­ti­na mu­dou bas­tan­te”, con­ta o alu­no, que de­di­ca em mé­dia 10 a 12 ho­ras por dia à ro­ti­na de es­tu­dos.

Ele já fez o Enem em anos an­te­ri­o­res e ago­ra se pre­pa­ra pa­ra fa­zer a pro­va no­va­men­te. “Quan­do a no­ta do Enem pas­sou a con­tar pa­ra uni­ver­si­da­des pú­bli­cas, o exa­me ga­nhou bas­tan­te im­por­tân­cia pa­ra mim”, con­ta. Além de fa­zer as pro­vas da Fun­da­ção Uni­ver­si­tá­ria pa­ra o Vestibular (Fu­vest), ele tam­bém po­de­rá ten­tar en­trar na USP usan­do as no­tas do exa­me do MEC. “O Si­su aju­da mui­to a con­quis­tar uma va­ga, prin­ci­pal­men­te em um cur­so con­cor­ri­do co­mo Me­di­ci­na, mes­mo que se­ja em ou­tras ins­ti­tui­ções”, afir­ma.

Ado­ção in­te­gral. Du­as ins­ti­tui­ções pú­bli­cas pau­lis­tas ado­ta­ram in­te­gral­men­te o Si­su co­mo for­ma de se­le­ção: a Uni­ver­si­da­de Fe­de­ral de São Car­los (UFSCar) e a Uni­ver­si­da­de Fe­de­ral do ABC (UFABC). Na UFSCar, o de­sem­pe­nho no Enem é o úni­co fa­tor le­va­do em con­si­de­ra­ção co­mo for­ma de in­gres­so des­de 2011. Des­se mo­do, os can­di­da­tos são se­le­ci­o­na­dos uma vez por ano, no pri­mei­ro se­mes­tre, por meio do Si­su.

O es­tu­dan­te que de­se­ja con­cor­rer às va­gas da ins­ti­tui­ção de­ve re­a­li­zar as pro­vas do Enem e aguar­dar a divulgação das no­tas. Em ja­nei­ro, o MEC abre as ins­cri

Vou ten­tar vá­ri­as fa­cul­da­des pú­bli­cas, até fo­ra de São Pau­lo, co­mo a Uni­camp An­dré Ma­cha­do, alu­no do Co­lé­gio CPV

ções pa­ra os alu­nos se can­di­da­ta­rem a va­gas nas ins­ti­tui­ções pú­bli­cas por meio do Si­su. Ain­da as­sim, é im­por­tan­te es­tar aten­to ao re­gu­la­men­to in­ter­no da UFSCar, que pu­bli­ca um edi­tal pa­ra in­gres­so nos cur­sos de gra­du­a­ção na pri­mei­ra se­ma­na de ja­nei­ro. Pa­ra 2020, a uni­ver­si­da­de vai ofer­tar 2.897 va­gas em 65 cur­sos, em seus qua­tro câm­pus.

A UFABC tam­bém se­gue o ca­len­dá­rio e as re­gras do Si­su. Quan­do as ins­cri­ções são aber­tas, os es­tu­dan­tes de­vem es­co­lher uma das op­ções de cur­sos in­ter­dis­ci­pli­na­res: o Ba­cha­re­la­do em Ci­ên­cia e Tec­no­lo­gia ou o Ba­cha­re­la­do em Ci­ên­ci­as e Hu­ma­ni­da­des.

Sis­te­mas mis­tos. A Uni­ver­si­da­de Es­ta­du­al Pau­lis­ta Jú­lio de Mesquita Filho (Unesp), a Uni­ver­si­da­de Fe­de­ral de São Pau­lo (Uni­fesp) e a Uni­ver­si­da­de Es­ta­du­al de Cam­pi­nas (Uni­camp), por sua vez, ado­ta­ram sis­te­mas mis­tos, com par­te das va­gas re­ser­va­das a in­gres­so por meio do Si­su.

Na Unesp, o de­sem­pe­nho do Enem po­de en­trar com a no­ta do vestibular da ins­ti­tui­ção pa­ra com­por o re­sul­ta­do fi­nal do can­di­da­to. Por is­so, quem de­se­ja usar a no­ta do Enem na Unesp de­ve in­di­car que re­a­li­zou o exa­me na fi­cha de ins­cri­ção do vestibular tra­di­ci­o­nal. A par­tir daí, a no­ta fi­nal é cal­cu­la­da com uma fór­mu­la que com­bi­na o re­sul­ta­do do alu­no na pro­va de co­nhe­ci­men­tos ge­rais da ins­ti­tui­ção com o Enem.

Exis­tem dois sis­te­mas de in­gres­so na Uni­fesp: o mis­to – que exi­ge re­a­li­za­ção do Enem e das pro­vas pró­pri­as da ins­ti­tui­ção (pa­ra Ci­ên­ci­as Bi­o­ló­gi­cas, En­ge­nha­ria Quí­mi­ca e Me­di­ci­na) – ea se­le­ção via Si­su. Há ain­da o Vestibular EAD pa­ra cur­so a dis­tân­cia.

Já a Uni­camp ofe­re­ce aos es­tu­dan­tes du­as for­mas de se­le­ção: via vestibular tra­di­ci­o­nal, que en­cer­rou ins­cri­ções em se­tem­bro, ou in­gres­so di­re­to usan­do a no­ta do Enem. Mas aten­ção: no se­gun­do ca­so, além de se can­di­da­tar via Si­su, o alu­no tem tam­bém de se ins­cre­ver na pá­gi­na da Co­mis­são Per­ma­nen­te pa­ra os Ves­ti­bu­la­res da Uni­camp (Com­vest), no pe­río­do de 21 de ou­tu­bro a 21 de no­vem­bro.

O es­tu­dan­te An­dré Ma­cha­do es­tá de olho em uma das va­gas da ins­ti­tui­ção es­ta­du­al em Cam­pi­nas. “Vou ten­tar vá­ri­as fa­cul­da­des pú­bli­cas, até fo­ra de São Pau­lo, co­mo a Uni­camp”, diz o alu­no do Co­lé­gio CPV. Ain­da mui­to no­vo, com ape­nas 16 anos, ele se­gue em dú­vi­da so­bre o cur­so que pre­ten­de se­guir no ensino superior. “Na mi­nha sa­la, mui­ta gen­te mais ve­lha do que eu ain­da não sa­be o que fa­zer. Acho que is­so é nor­mal. Nes­ta fa­se é tu­do mui­to co­bra­do, mas é di­fí­cil pen­sar as­sim tão jo­vem no que vo­cê quer ser pa­ra o res­tan­te da vi­da.” Por is­so, ele se ins­cre­veu pa­ra con­cor­rer a va­gas em três gra­du­a­ções bem di­fe­ren­tes. “Eu vou pres­tar pa­ra Ci­ên­ci­as So­ci­ais, Ar­tes Cê­ni­cas e Relações Internacio­nais”, con­ta o es­tu­dan­te.

Em to­do o País. Mais de cem uni­ver­si­da­des es­pa­lha­das pe­lo Bra­sil ofe­re­cem va­gas pe­lo Si­su. Al­gu­mas ins­ti­tui­ções pos­su­em no­tas mí­ni­mas pa­ra de­ter­mi­na­dos cur­sos. A exi­gên­cia prin­ci­pal, po­rém, é que o es­tu­dan­te não po­de ze­rar a no­ta de re­da­ção do Enem. No pri­mei­ro se­mes­tre de 2019, fo­ram ofer­ta­das 235.461 va­gas em 6.435 cur­sos de 129 ins­ti­tui­ções pú­bli­cas. Já no se­gun­do se­mes­tre fo­ram 59.028 va­gas em 1.731 cur­sos de 76 ins­ti­tui­ções.

GABRIELA CONTE

Chan­ces. Lucas, alu­no do Eta­pa, vai fa­zer Fu­vest e ten­tar va­ga tam­bém via Si­su

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.