Lucas Ma­cha­do Nas­ci­men­to, es­tu­dan­te de Ar­tes na Be­las Ar­tes

O Estado de S. Paulo - - Edu -

“Quan­do eu me for­mei no ensino mé­dio, eu es­ta­va tam­bém fa­zen­do Co­mu­ni­ca­ção Vi­su­al na Etec (Es­co­la Téc­ni­ca Es­ta­du­al) e o cur­so de Ar­tes da Be­las Ar­tes sem­pre foi meu de­se­jo, mas eu não acre­di­ta­va que po­de­ria fa­zer por­que não ti­nha di­nhei­ro e ser ar­tis­ta não é fá­cil. Aca­bei in­do pa­ra o la­do do de­sign, mar­ke­ting, mer­ca­do, tra­ba­lhei na área co­mer­ci­al, até que de­sis­ti de tu­do e fui me de­di­car ao meu so­nho.

Pa­ra mim, a in­fra­es­tru­tu­ra da Be­las Ar­tes se des­ta­ca. Os ate­li­ês, es­tú­di­os e téc­ni­cos ex­tre­ma­men­te ta­len­to­sos fa­zem es­sa fa­cul­da­de ser es­pe­ci­al. São pou­cas com es­sa es­tru­tu­ra. O dia a dia é bem mo­vi­men­ta­do. As ma­té­ri­as prá­ti­cas exi­gem de­di­ca­ção. Fa­ço mo­ni­to­ria, sou par­te do ti­me da Ga­le­ria 13, en­ti­da­de do cur­so de Ar­tes. Lá, de­sen­vol­ve­mos ati­vi­da­des pa­ra os alu­nos e au­xi­li­a­mos na ex­po­si­ção de TCC, a Cre­a­ti­ve Col­lec­ti­bles, que du­ra dois me­ses. Es­tar na Ga­le­ria 13 me fez ver ou­tras pos­si­bi­li­da­des além de ser ar­tis­ta. Ve­jo que pos­so tra­ba­lhar com pro­du­ção, mon­ta­gem de ex­po­si­ção, cu­ra­do­ria. São inú­me­ras as op­ções.

Mi­nha di­ca pa­ra quem vai es­co­lher cur­so e fa­cul­da­de é ‘si­ga seu ins­tin­to’. Ten­tei fu­gir pen­san­do em re­tor­no rá­pi­do, mas es­que­ci do prin­ci­pal. Es­ta­va in­fe­liz fa­zen­do al­go do que não gos­ta­va. Ho­je te­nho mui­ta von­ta­de de tra­ba­lhar e me ver em tu­do o que fa­ço.”

FELIPE RAU/ESTADÃO

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.