EAD não é sinô­ni­mo de má qua­li­da­de. É pre­ci­so re­gu­la­ção

O Estado de S. Paulo - - Metrópole - Ana Inoue ✽ ASSESSORA DE EDU­CA­ÇÃO DO ITAÚ BBA

Oen­si­no téc­ni­co é, sem dú­vi­da, uma al­ter­na­ti­va bas­tan­te im­por­tan­te den­tro das po­lí­ti­cas públicas ao re­dor do mun­do pa­ra edu­ca­ção e for­ma­ção pa­ra o mer­ca­do de tra­ba­lho. O que nós pre­ci­sa­mos é mu­dar a for­ma co­mo ve­mos a mo­da­li­da­de. Em ge­ral, as pes­so­as pen­sam que o en­si­no pro­fis­si­o­na­li­zan­te tem um ca­rá­ter de es­tag­na­ção, de me­ca­ni­za­ção. Não é es­se o en­si­no que ve­mos em di­ver­sos paí­ses nem o que de­fen­de­mos pa­ra ser im­ple­men­ta­do no Bra­sil.

O que se de­fen­de, quan­do se le­van­ta a ban­dei­ra da am­pli­a­ção do en­si­no téc­ni­co, é de que ele se­ja mais uma eta­pa da for­ma­ção de um ci­da­dão. As­sim co­mo é a uni­ver­si­da­de. É en­xer­gar que a mo­da­li­da­de não vai de­fi­nir pa­ra sem­pre a vi­da de al­guém, mas que é uma eta­pa im­por­tan­te pa­ra a ini­ci­a­ção na vi­da pro­fis­si­o­nal, pa­ra a des­co­ber­ta de in­te­res­ses e ha­bi­li­da­des. In­ves­tir em en­si­no téc­ni­co não sig­ni­fi­ca dei­xar de la­do as uni­ver­si­da­des.

Pa­ra que es­sa eta­pa se­ja im­por­tan­te na for­ma­ção de um ci­da­dão, é fun­da­men­tal que a sua ela­bo­ra­ção se­ja pen­sa­da, pre­zan­do a qua­li­da­de do en­si­no. Al­gu­mas dis­ci­pli­nas, al­guns cur­sos ou par­te de­les po­dem ser fei­tos a dis­tân­cia. O en­si­no a dis­tân­cia não é sinô­ni­mo de má qua­li­da­de, des­de que não ha­ja ge­ne­ra­li­za­ções e se fa­ça uma boa re­gu­la­ção. Pro­por to­do o en­si­no a dis­tân­cia é um er­ro, as­sim co­mo di­zer que tu­do pre­ci­sa ser pre­sen­ci­al.

O Bra­sil tem ca­sos im­por­tan­tes de re­des que es­tão fa­zen­do um ex­ce­len­te tra­ba­lho com o en­si­no téc­ni­co, co­mo é o ca­so de Pa­raí­ba, Ce­a­rá, São Pau­lo e vá­ri­os ins­ti­tu­tos fe­de­rais. Es­sas ex­pe­ri­ên­ci­as pre­ci­sam ser vis­tas co­mo bons exem­plos a se­rem se­gui­dos. Não é pre­ci­so rein­ven­tar a mo­da­li­da­de, mas iden­ti­fi­car as bo­as ini­ci­a­ti­vas que já acon­te­cem no País pa­ra re­pli­cá-las em lar­ga es­ca­la.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.