Na Ale­ma­nha, ati­ra­dor ma­ta 2 di­an­te de si­na­go­ga e fil­ma ata­que

As­sas­si­no se­ria um ale­mão de 27 anos, se­gun­do au­to­ri­da­des, que agiu mo­vi­do por idei­as an­tis­se­mi­tas

O Estado de S. Paulo - - Internacio­nal - BER­LIM /

Du­as pes­so­as mor­re­ram e ou­tras du­as ficaram fe­ri­das on­tem em um ata­que a ti­ros di­an­te de uma si­na­go­ga na ci­da­de de Hal­le, no les­te da Ale­ma­nha, du­ran­te a fes­ti­vi­da­de de Yom Kip­pur (Dia do Per­dão), um dos fe­ri­a­dos mais sa­gra­dos do ju­daís­mo.

Se­gun­do a re­vis­ta ale­mã Der Spi­e­gel, o ata­que foi co­me­ti­do por ape­nas uma pes­soa, um ale­mão de 27 anos, que foi pre­so e agiu por mo­ti­vos an­tis­se­mi­tas ou ul­tra­di­rei­tis­tas. “Pe­lo que sa­be­mos, foi um ata­que an­tis­se­mi­ta”, afir­mou o mi­nis­tro do In­te­ri­or, Horst Se­eho­fer. “Se­gun­do a Pro­mo­to­ria, há in­dí­ci­os de uma pos­sí­vel mo­ti­va­ção de ex­tre­ma di­rei­ta.”

O au­tor do ata­que ten­tou en­trar na si­na­go­ga for­te­men­te ar­ma­do e, co­mo não con­se­guiu, re­a­li­zou vá­ri­os dis­pa­ros in­dis­cri­mi­na­da­men­te na rua, per­to de um es­ta­be­le­ci­men­to de fast­fo­od tur­co, on­de ma­tou um ho­mem e uma mu­lher.

De acor­do com a publicação, que ci­ta fon­tes da in­ves­ti­ga­ção, o ati­ra­dor se cha­ma Stephan B. e vi­ve no Es­ta­do de Saxô­ni­aA­nhalt, on­de es­tá lo­ca­li­za­da Hal­le. A Der Spi­e­gel re­la­ta que o au­tor do ata­que gra­vou um ví­deo com uma câ­me­ra que le­va­va no ca­pa­ce­te. Du­ran­te a gra­va­ção, que mos­tra as ví­ti­mas sen­do atin­gi­das, é pos­sí­vel ver o ati­ra­dor pro­fe­rin­do in­sul­tos aos ju­deus.

No ví­deo de 35 mi­nu­tos trans­mi­ti­do ao vi­vo na pla­ta­for­ma de stre­a­ming Twit­ch, o ho­mem afir­ma que “o Ho­lo­caus­to nun­ca exis­tiu” e con­si­de­ra que os ju­deus es­tão na raiz de to­dos os pro­ble­mas do mun­do, de acor­do com o SI­TE – es­pe­ci­a­li­za­do na vi­gi­lân­cia de or­ga­ni­za­ções ter­ro­ris­tas –, que tra­ça um pa­ra­le­lo com um ví­deo se­me­lhan­te filmado pe­la au­tor do atentado de Ch­rist­chur­ch, na No­va Ze­lân­dia, con­tra du­as mes­qui­tas, em mar­ço.

A Pro­cu­ra­do­ria-Ge­ral ale­mã as­su­miu o co­man­do da in­ves­ti­ga­ção. De­ti­do pe­la po­lí­cia pou­co após o ata­que, o ati­ra­dor ves­tia tra­jes mi­li­ta­res e ca­pa­ce­te. O jor­nal ale­mão Bild in­for­mou que uma gra­na­da de mão te­ria si­do lan­ça­da em um ce­mi­té­rio ju­dai­co on­tem. Além dis­so, fo­ram re­gis­tra­dos dis­pa­ros em Lands­berg, a cer­ca de 15 quilô­me­tros de Hal­le, mas ain­da não se sa­be se os ca­sos têm li­ga­ção.

Max Pri­vo­rotz­ki, re­pre­sen­tan­te da co­mu­ni­da­de ju­dai­ca em Hal­le, dis­se que no mo­men­to da ação ha­via en­tre 70 e 80 pes­so­as na si­na­go­ga. A co­mu­ni­da­de ju­dai­ca lo­cal ale­gou que o agres­sor foi im­pe­di­do de en­trar na si­na­go­ga em ra­zão das me­di­das de se­gu­ran­ça.

Cres­ci­men­to. Cri­mes de ódio e an­tis­se­mi­tas cres­ce­ram qua­se 20% na Ale­ma­nha no úl­ti­mo ano, se­gun­do da­dos ofi­ci­ais di­vul­ga­dos em maio. Eles in­clu­em uma sé­rie de ofen­sas, ata­ques, in­sul­tos, pi­cha­ções, pu­bli­ca­ções na in­ter­net e uso de sím­bo­los na­zis­tas. Nes­te ano, um al­to fun­ci­o­ná­rio do go­ver­no ale­mão aler­tou os ju­deus a não usar qui­pás (pe­ça do ves­tuá­rio) em pú­bli­co.

SE­BAS­TI­AN WILLNO/DPA/AFP

Ra­cis­mo. As­sas­si­na­tos fo­ram trans­mi­ti­dos ao vi­vo na web

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.