Po­lê­mi­ca em Abro­lhos mar­ca iní­cio de lei­lões

O Estado de S. Paulo - - Economia - Fer­nan­da Nu­nes / RIO COLABOROU AN­DRÉ BOR­GES /

O go­ver­no ini­cia ho­je uma cor­ri­da pe­la ven­da de áre­as de pe­tró­leo e gás na­tu­ral. Até o dia 7 de no­vem­bro, em me­nos de um mês, vai re­a­li­zar três lei­lões. O de ho­je, a 16.ª Ro­da­da de Li­ci­ta­ções, se­rá pa­ra ven­der áre­as de pós-sal, em águas pro­fun­das do li­to­ral. A ex­pec­ta­ti­va é de atra­ção de em­pre­sas de grande por­te, por con­ta das exi­gên­ci­as téc­ni­cas e de in­ves­ti­men­to nes­ses pro­je­tos. Mas não tão ro­bus­tas quan­to as que de­vem par­ti­ci­par dos pró­xi­mos dois lei­lões, do pré-sal.

Na 16.ª Ro­da­da, vão ser ofe­re­ci­dos se­te se­to­res de blo­cos pa­ra ex­plo­ra­ção e pro­du­ção de óleo e gás, em cin­co ba­ci­as – Cam­pos (RJ), San­tos (SP), Ca­ma­mu-Al­ma­da (BA), Ja­cuí­pe (BA) e Per­nam­bu­co-Pa­raí­ba. Co­mo sem­pre, os ho­lo­fo­tes es­tão so­bre as Ba­ci­as de Cam­pos e San­tos.

O Mi­nis­té­rio Pú­bli­co Fe­de­ral en­trou com ação na Jus­ti­ça Fe­de­ral da Bahia, em se­tem­bro, con­tra a li­ci­ta­ção das áre­as lo­ca­li­za­das pró­xi­mas ao Par­que Na­ci­o­nal Ma­ri­nho de Abro­lhos, na Ba­cia de Ca­ma­mu-Al­ma­da, e tam­bém de blo­cos na Ba­cia de Ja­cuí­pe. O ar­gu­men­to é que não hou­ve tem­po há­bil pa­ra ava­li­ar os im­pac­tos am­bi­en­tais da ati­vi­da­de de pes­qui­sa nes­sa re­gião.

Em res­pos­ta, a Jus­ti­ça obri­gou a Agência Na­ci­o­nal do Pe­tró­leo, Gás Na­tu­ral e Bi­o­com­bus­tí­veis (ANP), res­pon­sá­vel pe­lo lei­lão, a ex­por em seu si­te a in­for­ma­ção de que as ofer­tas es­tão man­ti­das, “mas sob o cri­vo do Po­der Ju­di­ciá­rio”, sob pe­na de mul­ta de R$ 100 mil, o que au­men­ta o ris­co dos ven­ce­do­res não con­se­gui­rem au­to­ri­za­ção pa­ra atu­ar no sul da Bahia, co­mo já acon­te­ceu no pas­sa­do.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.