De­fla­ção em se­tem­bro

O Estado de S. Paulo - - Espaço aberto -

Uma óti­ma no­tí­cia pa­ra o bol­so sur­ra­do do bra­si­lei­ro: em se­tem­bro, anun­ci­ou o IBGE, os preços dos pro­du­tos es­ti­ve­ram bem com­por­ta­dos, re­sul­tan­do num IPCA com de­fla­ção de -0,04%. O me­lhor re­sul­ta­do pa­ra o mês des­de 1998, que te­ve de­fla­ção de -0,22%. Com o IPCA ne­ga­ti­vo, a inflação acu­mu­la­da no ano é de 2,49% e em 12 me­ses, ini­ma­gi­ná­veis 2,89%. Ali­men­tos e be­bi­das, que mais pe­sam na for­ma­ção do ín­di­ce in­fla­ci­o­ná­rio, ti­ve­ram que­da de 0,43%. Já o se­tor de saú­de e cui­da­dos pes­so­ais apre­sen­tou al­ta de 0,58%. Com es­se re­sul­ta­do, cer­ta­men­te o Ban­co Central, nas pró­xi­mas reu­niões do Co­pom, não te­rá dú­vi­das em re­du­zir a ta­xa Se­lic, ho­je em 5,5% ao ano, pa­ra 4,75%, até de­zem­bro. Oxa­lá tam­bém se­jam re­du­zi­dos pe­los bancos os ju­ros pa­ra o con­su­mi­dor fi­nal. PAU­LO PANOSSIAN pau­lo­pa­nos­si­[email protected]­mail.com

São Car­los

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.