Atos ex­põem dis­pu­ta en­tre Bolsonaro e go­ver­na­do­res

Cli­ma de ri­va­li­da­de fi­ca ex­plí­ci­to du­ran­te agen­das do presidente com Do­ria em SP e Wit­zel, no Rio; pau­lis­ta é al­vo de vai­as ao par­ti­ci­par de for­ma­tu­ra de sar­gen­tos da PM

O Estado de S. Paulo - - Política - Matheus La­ra Caio Sar­to­ri De­ni­se Lu­na / RIO / CO­LA­BO­ROU MA­TEUS VAR­GAS

O cli­ma de ri­va­li­da­de nas re­la­ções do presidente Jair Bolsonaro (PSL) com os go­ver­na­do­res de São Pau­lo, João Do­ria (PSDB), e do Rio, Wilson Wit­zel (PSC), fi­cou ex­plí­ci­to on­tem em du­as ce­rimô­ni­as pú­bli­cas que reu­ni­ram os três po­lí­ti­cos. Em São Pau­lo, du­ran­te even­to de for­ma­tu­ra de sar­gen­tos da Po­lí­cia Mi­li­tar, Do­ria foi vai­a­do pe­lo pú­bli­co, en­quan­to o presidente foi re­ce­bi­do aos gri­tos de “mi­to”. Mais tar­de, na ce­rimô­nia de in­te­gra­ção do sub­ma­ri­no Hu­mai­tá, em Ita­guaí (RJ), Bolsonaro se di­ri­giu ao go­ver­na­dor flu­mi­nen­se e dis­se que tra­ba­lha pa­ra en­tre­gar no fu­tu­ro um go­ver­no “mui­to me­lhor” pa­ra quem quei­ra as­su­mir a Pre­si­dên­cia “de for­ma éti­ca, mo­ral e sem co­var­dia”.

Bolsonaro e Wit­zel se afas­ta­ram após o go­ver­na­dor ma­ni­fes­tar di­ver­sas ve­zes que sua in­ten­ção é che­gar ao Pa­lá­cio do Pla­nal­to. Bolsonaro tam­bém olhou pa­ra o go­ver­na­dor qu­an­do fa­lou em “ini­mi­gos in­ter­nos”.

Tan­to Wit­zel quan­to o go­ver­na­dor de São Pau­lo fo­ram eleitos com cam­pa­nhas as­so­ci­a­das ao en­tão can­di­da­to do PSL. Na ca­pi­tal pau­lis­ta, Do­ria e o presidente se en­con­tra­ram pe­la pri­mei­ra vez em um even­to pú­bli­co após o des­gas­te pro­vo­ca­do por crí­ti­cas mú­tu­as. Bolsonaro che­gou a afir­mar que o tu­ca­no é “eja­cu­la­ção pre­co­ce” ao co­men­tar a pos­si­bi­li­da­de de o go­ver­na­dor con­cor­rer em 2022. Do­ria, por sua vez, fez du­ras crí­ti­cas ao dis­cur­so do presidente na As­sem­bleia-Ge­ral da ONU e re­cen­te­men­te afir­mou que “nun­ca foi bol­so­na­ris­ta” – ape­sar de ter uti­li­za­do o slo­gan “Bol­so­do­ria” no se­gun­do tur­no da elei­ção do ano pas­sa­do.

On­tem, po­rém, ao dis­cur­sar, Do­ria fez um ges­to pa­ra o presidente e dis­se que ele é um “ami­go dos bra­si­lei­ros em São Pau­lo”. “Fiz ques­tão de es­tar pre­sen­te pa­ra mos­trar que o Es­ta­do de São Pau­lo é par­cei­ro das boas ações do Bra­sil. O que for positivo pa­ra o Bra­sil e pa­ra São Pau­lo, o go­ver­na­dor es­ta­rá ao la­do. Em São Pau­lo, não fa­ze­mos opo­si­ção ao Bra­sil”, dis­se Do­ria, cu­ja pre­sen­ça era dú­vi­da até ho­ras an­tes da for­ma­tu­ra, qu­an­do o com­pro­mis­so foi in­cluí­do em sua agenda ofi­ci­al. Do­ria foi vai­a­do ao che­gar e ao dis­cur­sar no even­to, que reu­niu um pú­bli­co de cer­ca de 5 mil pes­so­as, con­for­me a PM.

No en­tor­no do go­ver­na­dor, a ava­li­a­ção é de que as vai­as acon­te­ce­ram por cau­sa da pre­sen­ça do se­na­dor Ma­jor Olimpio (PSL), da re­ser­va da PM e que tem um his­tó­ri­co de opo­si­ção aos go­ver­nos tu­ca­nos no Es­ta­do. Do­ria não co­men­tou as vai­as.

Bolsonaro, ao dis­cur­sar, elo­gi­ou mi­li­ta­res, cri­ti­cou go­ver­nos que o an­te­ce­de­ram dis­se “os úni­cos a quem deve obe­di­ên­cia” são as pes­so­as. Ci­tou pro­to­co­lar­men­te Do­ria no iní­cio de sua fa­la e de­pois não fez mais men­ções ao go­ver­na­dor. Os dois dei­xa­ram o even­to sem fa­lar com a im­pren­sa.

Ho­ras de­pois, na re­gião me­tro­po­li­ta­na do Rio, no Com­ple­xo Na­val, o presidente se re­fe­riu aos ini­mi­gos ao se di­ri­gir ao go­ver­na­dor flu­mi­nen­se. “Como po­lí­ti­co di­go a vo­cês, o nos­so par­ti­do é o Bra­sil. Te­mos ini­mi­gos den­tro e fo­ra do Bra­sil. Os de den­tro são os mais ter­rí­veis”, afir­mou Bolsonaro. “Tra­ba­lho pa­ra que, no fu­tu­ro, quem, por ven­tu­ra, de for­ma éti­ca, mo­ral e sem co­var­dia um dia por aca­so ve­nha as­su­mir o des­ti­no da nos­sa na­ção en­con­tre a nos­sa pá­tria nu­ma si­tu­a­ção bem me­lhor do que as­su­mi.”

Pivô da cri­se en­tre Wit­zel e o PSL de Bolsonaro no Rio, o se­na­dor Flá­vio Bolsonaro (PSL-RJ), que pre­si­de o par­ti­do no Es­ta­do, es­ta­va na pla­teia de con­vi­da­dos. O go­ver­na­dor e Bolsonaro es­ta­vam la­do a la­do na ce­rimô­nia. Mas, qu­an­do va­gou uma ca­dei­ra du­ran­te o dis­cur­so de Aze­ve­do e Sil­va, o presidente pu­lou pa­ra ela. Ao fa­lar no púl­pi­to, Wit­zel sau­dou Flá­vio e lem­brou que eles “ca­mi­nha­ram jun­tos” du­ran­te a elei­ção do ano pas­sa­do.

O presidente tam­bém des­ta­cou, ao lem­brar um dos le­mas da cam­pa­nha de 2018, que “seu par­ti­do é o Bra­sil”. Ele vi­ve uma cri­se com o PSL, ao qual se fi­li­ou an­tes do plei­to do ano pas­sa­do (mais in­for­ma­ções na pág. A12).

Na ce­rimô­nia de in­te­gra­ção do sub­ma­ri­no Hu­mai­tá, Bolsonaro não fez re­fe­rên­ci­as à Fran­ça. O sub­ma­ri­no é o se­gun­do cons­truí­do após par­ce­ria fir­ma­da en­tre os dois paí­ses em 2008, ain­da no go­ver­no de Luiz Iná­cio Lu­la da Sil­va. Ele des­ta­cou a im­por­tân­cia do pro­je­to pa­ra pro­te­ger a “so­be­ra­nia na­ci­o­nal” e dis­se que o Bra­sil vai ven­cer o que con­si­de­ra ini­mi­gos ex­ter­nos.

As re­la­ções con­tur­ba­das dos go­ver­na­do­res com o presidente pre­o­cu­pam par­la­men­ta­res no Con­gres­so. Fontes pró­xi­mas dos go­ver­nos de Bolsonaro e de Do­ria di­zem ten­tar “bai­xar a fer­vu­ra”. A lei­tu­ra é de que as elei­ções de 2022 ain­da es­tão dis­tan­tes e que o des­gas­te ins­ti­tu­ci­o­nal se­rá gran­de se os governante­s tro­ca­rem far­pas até lá.

O es­tra­nha­men­to, po­rém, não é ne­ga­do. “Bolsonaro ja­mais ig­no­ra­ria o go­ver­na­dor, que é o che­fe da PM. Mas é er­ra­do achar que exis­te apro­xi­ma­ção en­tre eles”, afir­mou ode­pu­ta­do Ca­pi­tão Der­ri­te (PP-SP), vi­ce-lí­der do go­ver­no na Câmara.

“Como po­lí­ti­co di­go a vo­cês, o nos­so par­ti­do é o Bra­sil. Te­mos ini­mi­gos den­tro e fo­ra do Bra­sil. Os de den­tro são os mais ter­rí­veis.” Jair Bolsonaro

PRESIDENTE DA RE­PÚ­BLI­CA, DU­RAN­TE

EVEN­TO NO COM­PLE­XO NA­VAL, NO RIO

NEL­SON AL­MEI­DA / AFP

São Pau­lo. Do­ria e Bolsonaro em so­le­ni­da­de de for­ma­tu­ra de sar­gen­tos da Po­lí­cia Mi­li­tar

WILTON JU­NI­OR / ESTADÃO

Rio. Wit­zel e Bolsonaro du­ran­te ce­rimô­nia de in­te­gra­ção do sub­ma­ri­no Hu­mai­tá, em Ita­guaí

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.