SP apro­va isen­ções pa­ra es­co­las de sam­ba

Emen­da li­be­ra agre­mi­a­ções de pa­gar IPTU e ISS e dá aval pa­ra que per­ma­ne­çam em áre­as pú­bli­cas por pe­lo me­nos 40 anos. Se san­ci­o­na­da, me­di­da be­ne­fi­ci­a­rá gru­po car­na­va­les­co pre­si­di­do pe­lo ve­re­a­dor Mil­ton Lei­te (DEM), um dos au­to­res da pro­pos­ta

O Estado de S. Paulo - - Primeira página - Adri­a­na Fer­raz

A Câ­ma­ra Mu­ni­ci­pal apro­vou na quar­ta-fei­ra uma emen­da in­cluí­da de úl­ti­ma ho­ra a um pro­je­to que tra­ta­va de in­cen­ti­vo a prá­ti­cas es­por­ti­vas pa­ra con­ce­der um pa­co­te de be­ne­fí­ci­os a es­co­las de sam­ba da ca­pi­tal pau­lis­ta. Pe­lo tex­to, apro­va­do de for­ma sim­bó­li­ca, as agre­mi­a­ções que des­fi­lam no Sam­bó­dro­mo do Anhem­bi e en­ti­da­des que or­ga­ni­zam o car­na­val fi­cam isen­tas de pa­gar IPTU, ISS e ta­xas de fis­ca­li­za­ção co­bra­das pe­la Pre­fei­tu­ra. O tex­to se­gue pa­ra san­ção do pre­fei­to Bru­no Co­vas (PSDB).

Os ve­re­a­do­res ain­da de­ram aval pa­ra que as es­co­las que ocu­pam áre­as pú­bli­cas de for­ma ir­re­gu­lar – dez no to­tal – pos­sam per­ma­ne­cer nes­ses ter­re­nos por ao me­nos 40 anos, pa­gan­do ta­xas sim­bó­li­cas que va­ri­am de R$ 1,3 mil a R$ 3,9 mil por ano, em 12 ve­zes. O Grê­mio Re­cre­a­ti­vo Cul­tu­ral Es­co­la de Sam­ba Es­tre­la do Ter­cei­ro Mi­lê­nio, cu­jo pre­si­den­te de hon­ra é o ve­re­a­dor Mil­ton Lei­te (DEM), 1.º vi­ce-pre­si­den­te da Câ­ma­ra e um dos au­to­res da emen­da, é uma das es­co­las con­tem­pla­das. Uma área de 5 mil me­tros qua­dra­dos usa­da ile­gal­men­te pe­la es­co­la se­rá re­gu­la­ri­za­da.

Já a Li­ga In­de­pen­den­te das Es­co­las de Sam­ba fi­ca­rá isen­ta de alu­guel pe­lo uso dos gal­pões das Fá­bri­cas do Sam­ba 1 e 2, equi­pa­men­tos cons­truí­dos com re­cur­sos mu­ni­ci­pais e fe­de­rais. E pe­los mes­mos 40 anos.

A pro­pos­ta, apre­sen­ta­da pe­lo ve­re­a­dor Cel­so Ja­te­ne (PL), tam­bém pre­vê às es­co­las e en­ti­da­des do car­na­val anis­tia dos mes­mos im­pos­tos e de mul­tas co­bra­das pe­lo Mu­ni­cí­pio.

Ape­nas seis ve­re­a­do­res vo­ta­ram con­tra: Clau­dio Fon­se­ca e So­ni­nha Fran­ci­ne, do Ci­da­da­nia, Ja­naí­na Li­ma (No­vo), Jo­sé Po­li­ce Ne­to (PSD), To­ni­nho Ves­po­li e Cel­so Gi­an­na­zi, es­ses dois do PSOL. Se­gun­do Po­li­ce Ne­to, a emen­da foi apre­sen­ta­da so­men­te de­pois que o pro­je­to ori­gi­nal ha­via si­do vo­ta­do – o Es­ta­do apu­rou, no en­tan­to, que ou­tros 26 par­la­men­ta­res as­si­na­ram o tex­to em apoio ao pa­co­te. “Além dis­so, ela não traz ne­nhu­ma ava­li­a­ção de im­pac­to na ar­re­ca­da­ção do Mu­ni­cí­pio”, afir­mou o par­la­men­tar.

Ar­gu­men­to.

A ve­re­a­do­ra Ja­naí­na Li­ma afir­mou que se o pa­co­te fos­se ape­nas so­bre uso de ter­re­nos por es­co­las de sam­ba com pro­gra­mas so­ci­ais não ha­ve­ria re­sis­tên­cia. “O pro­ble­ma é que São Pau­lo não aguen­ta mais ad­mi­nis­trar tan­tas isen­ções e pri­vi­lé­gi­os que aca­bam so­bre­car­re­gan­do o con­tri­buin­te mé­dio.” Pa­ra So­ni­nha, “as isen­ções são tão gran­des que não há con­tra­par­ti­das pos­sí­veis”.

Se­gun­do Ja­te­ne, a emen­da bus­ca cor­ri­gir dis­tor­ções. Ele ar­gu­men­ta, por exem­plo, que o car­na­val pau­lis­ta­no, por meio das es­co­las de sam­ba, pre­ci­sa pa­gar ISS, en­quan­to a Fór­mu­la 1 é isen­ta. “Am­bos são even­tos in­ter­na­ci­o­nais, exi­gem uma si­tu­a­ção de igual­da­de”, dis­se. Um dos re­pre­sen­tan­tes das agre­mi­a­ções no Le­gis­la­ti­vo, Ja­te­ne, que co­me­çou a to­car em es­co­las aos 14 anos, ne­ga que a lei, ca­so se­ja san­ci­o­na­da, te­nha si­do fei­ta em cau­sa pró­pria.

“Não ne­go que te­nha pro­xi­mi­da­de com as es­co­las, to­do mun­do sa­be dis­so, mas es­sa emen­da é ho­nes­ta e trans­pa­ren­te. Ho­je não há re­gra de ocu­pa­ção dos es­pa­ços pú­bli­cos pe­las es­co­las e nos­sa fun­ção aqui é de­fi­nir es­sas re­gras.” Se­gun­do ele, se a Pre­fei­tu­ra even­tu­al­men­te pre­ci­sar de uma das dez áre­as ce­di­das no tex­to pa­ra as agre­mi­a­ções po­de­rá so­li­ci­tar de vol­ta – es­sa nor­ma, po­rém, não es­tá pre­vis­ta tex­tu­al­men­te.

Tam­bém não es­tá es­ta­be­le­ci­do que a isen­ção de ISS se­ja con­ver­ti­da em des­con­to nos in­gres­sos dos des­fi­les no Anhem­bi. Nes­te ano, o mais ba­ra­to cus­ta­va R$ 90. Ja­te­ne con­si­de­ra que a Pre­fei­tu­ra de­ve en­qua­drar as es­co­las na mes­ma ca­te­go­ria dos Clu­bes da Co­mu­ni­da­de. Nes­ses lo­cais, ad­mi­nis­tra­dos por as­so­ci­a­ções, a área é pú­bli­ca e não se co­bra nem IPTU nem ISS com in­gres­sos pa­ra jo­gos.

Pro­cu­ra­da, a Pre­fei­tu­ra in­for­mou não ter re­ce­bi­do a car­ta de lei. “As­sim que re­ce­ber, se­rá ava­li­a­da pe­las áre­as téc­ni­cas com­pe­ten­tes.” Já a Li­ga In­de­pen­den­te das Es­co­las de Sam­ba dis­se que não se ma­ni­fes­ta­ria.

DA­NI­EL TEI­XEI­RA / ESTADÃO

São Pau­lo. Li­ga In­de­pen­den­te das Es­co­las po­de fi­car isen­ta de pa­gar alu­guel pe­lo uso de gal­pões da Fá­bri­ca do Sam­ba, cons­truí­da com re­cur­sos pú­bli­cos

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.