Pre­si­den­te do Se­na­do não quer dis­cu­tir no­va lei

Se­na­do­ra pre­ten­de le­var a co­mis­são PEC pa­ra res­ta­be­le­cer pri­são após 2ª ins­tân­cia; Al­co­lum­bre, po­rém, não de­ve pau­tar ma­té­ria

O Estado de S. Paulo - - Política - Da­ni­el We­ter­man Ca­mi­la Tur­tel­li / BRA­SÍ­LIA

Em re­a­ção ao re­sul­ta­do do jul­ga­men­to do Su­pre­mo Tri­bu­nal Fe­de­ral (STF), que res­ta­be­le­ceu on­tem o en­ten­di­men­to de que um con­de­na­do só po­de ser pre­so após es­go­ta­dos to­dos os re­cur­sos, a se­na­do­ra Si­mo­ne Te­bet (MDBMS), pre­si­den­te da Co­mis­são de Cons­ti­tui­ção e Jus­ti­ça (CCJ) do Se­na­do, dis­se ao Estadão/Bro­ad­cast que pre­ten­de co­lo­car em dis­cus­são no co­le­gi­a­do uma pro­pos­ta de emen­da à Cons­ti­tui­ção (PEC) que au­to­ri­za a exe­cu­ção da pe­na após con­de­na­ção em se­gun­do grau. A pro­pos­ta, no en­tan­to, en­con­tra re­sis­tên­cia do pre­si­den­te do Se­na­do, Da­vi Al­co­lum­bre (DEMAP), res­pon­sá­vel pe­la de­fi­ni­ção da pau­ta de vo­ta­ções no ple­ná­rio da Ca­sa.

Em seu vo­to de­ci­si­vo no jul­ga­men­to de on­tem, que der­ru­bou a pos­si­bi­li­da­de de exe­cu­ção de pe­na após con­de­na­ção em se­gun­da ins­tân­cia, o pre­si­den­te do Su­pre­mo Tri­bu­nal Fe­de­ral (STF), Di­as Tof­fo­li, lem­brou que o Con­gres­so tem au­to­no­mia pa­ra mu­dar o en­ten­di­men­to que ga­ran­te a um acu­sa­do res­pon­der em li­ber­da­de até o fim da tra­mi­ta­ção de um pro­ces­so na Jus­ti­ça.

De acor­do com a se­na­do­ra, o tex­to da pro­pos­ta pa­ra re­to­mar a “se­gun­da ins­tân­cia” de­ve ser fe­cha­do na pró­xi­ma se­gun­da­fei­ra, e a ex­pec­ta­ti­va é a de que ela se­ja le­va­da a vo­ta­ção a par­tir do dia 20. “Mas al­te­ran­do efei­to dos re­cur­sos es­pe­ci­ais (no Su­pe­ri­or Tri­bu­nal de Jus­ti­ça) e ex­tra­or­di­ná­rio (STF). Al­guns se­na­do­res es­tão tra­ba­lhan­do no tex­to ide­al”, afir­mou.

Al­co­lum­bre, no en­tan­to, re­jei­ta pau­tar uma pro­pos­ta pa­ra au­to­ri­zar a pri­são de con­de­na­dos em se­gun­da ins­tân­cia – um dos pi­la­res da Ope­ra­ção La­va Ja­to. An­te­on­tem, um dia an­tes do tér­mi­no do jul­ga­men­to, o pre­si­den­te do Se­na­do deu o re­ca­do. “Is­so aí não tem nem pers­pec­ti­va”, afir­mou, ao tra­tar do as­sun­to. Al­co­lum­bre foi pro­cu­ra­do pe­lo Es­ta­do on­tem após o re­sul­ta­do do jul­ga­men­to do STF, mas não quis se ma­ni­fes­tar.

Câ­ma­ra. Na Câ­ma­ra, a vo­ta­ção de uma PEC com o mes­mo te­or foi anun­ci­a­da pa­ra se­ma­na que vem na Co­mis­são de Cons­ti­tui­ção e Jus­ti­ça (CCJ). “A de­ci­são do STF é frus­tran­te”, afir­mou o de­pu­ta­do Alex Ma­nen­te (Ci­da­da­nia-SP), des­ta­can­do que par­la­men­ta­res vão ace­le­rar a vo­ta­ção so­bre o te­ma.

Lí­de­res par­ti­dá­ri­os, en­tre eles do PSDB e do No­vo, dis­se­ram que pre­ten­dem tra­ba­lhar pa­ra vo­tar a pro­pos­ta na Câ­ma­ra. “Vou tor­cer pa­ra que o Par­la­men­to mu­de”, dis­se o lí­der do PSDB, Car­los Sam­paio (SP). “Va­mos fa­zer de tu­do pa­ra que mu­de. É nos­sa obri­ga­ção”, afir­mou o lí­der do No­vo, Mar­cel Van Hat­tem (RS).

Com a pos­si­bi­li­da­de de sol­tu­ra do ex-pre­si­den­te Luiz Iná­cio

Lu­la da Sil­va, in­te­gran­tes da opo­si­ção co­me­mo­ra­ram a de­ci­são do Su­pre­mo. “A de­ci­são é tam­bém o re­co­nhe­ci­men­to, de­pois de um ano e seis me­ses, de que o ex-pre­si­den­te Lu­la fi­cou pre­so du­ran­te to­do es­se pe­río­do de for­ma ilegal por uma de­ci­são po­lí­ti­ca”, afir­mou a pre­si­den­te na­ci­o­nal do PT, de­pu­ta­da Glei­si Hoff­mann (PR). O par­ti­do co­bra ago­ra do Su­pre­mo a anu­la­ção da con­de­na­ção que le­vou o ex-pre­si­den­te Luiz Iná­cio Lu­la da Sil­va à pri­são.

O mi­nis­tro da Jus­ti­ça e Se­gu­ran­ça Pú­bli­ca, Sér­gio Mo­ro, de­fen­sor da pri­são após con­de­na­ção em se­gun­do grau e juiz da sen­ten­ça de Lu­la no ca­so do tri­plex do Gu­a­ru­já, evi­tou co­men­tar os re­sul­ta­dos do jul­ga­men­to do STF. Con­for­me o Bro­ad­cast Po­lí­ti­co an­te­ci­pou, Mo­ro de­ve pe­dir a re­ti­ra­da do tre­cho que pre­vê a pos­si­bi­li­da­de de pri­são após con­de­na­ção em se­gun­da ins­tân­cia no pa­co­te an­ti­cri­me pro­pos­to por ele e em tra­mi­ta­ção no Se­na­do.

“An­tí­do­to”. O pre­si­den­te do Se­na­do con­cor­da em pau­tar um pro­je­to al­ter­na­ti­vo con­si­de­ra­do co­mo “an­tí­do­to” pa­ra o fim da pri­são após con­de­na­ção em se­gun­do grau. Tof­fo­li su­ge­riu al­te­rar o Có­di­go Pe­nal de for­ma a im­pe­dir a pres­cri­ção de ca­sos que che­gam ao Su­pe­ri­or Tri­bu­nal de Jus­ti­ça (STJ) e ao Su­pre­mo. A de­mo­ra pa­ra a con­clu­são fi­nal de pro­ces­sos e a ex­tin­ção de­les via pres­cri­ção são as prin­ci­pais crí­ti­cas dos de­fen­so­res da pri­são após con­de­na­ção em se­gun­da ins­tân­cia.

Al­co­lum­bre já li­be­rou pa­ra vo­ta­ção em ple­ná­rio um pro­je­to apre­sen­ta­do pe­lo se­na­dor Al­va­ro Di­as (Po­de-PR) com a re­vi­são na pres­cri­ção. Nas pró­xi­mas du­as se­ma­nas, a pro­pos­ta de­ve ser ade­qua­da nos ter­mos da “emen­da Tof­fo­li”.

Ape­sar da su­ges­tão de Tof­fo­li, a pres­são pe­la PEC da se­gun­da ins­tân­cia con­ti­nua. “Os mi­nis­tros do Su­pre­mo, cha­ma­dos de ‘ga­ran­tis­tas’, mais uma vez fle­xi­bi­li­zam pa­ra os cri­mi­no­sos e a po­pu­la­ção vai pa­gar a con­ta dis­so”, co­men­tou o lí­der do PSL no Se­na­do, Ma­jor Olim­pio (SP). A re­vi­são do pra­zo de pres­cri­ção é de­fen­di­da por se­na­do­res “la­va­ja­tis­tas”, mas o gru­po fa­la que is­so não é su­fi­ci­en­te.

“Ele (Tof­fo­li) es­tá bus­can­do um re­mé­dio que não cu­ra, só di­mi­nui a dor. É um pre­tex­to pa­ra se aca­bar com a pri­são em se­gun­da ins­tân­cia. O fim da pres­cri­ção é im­por­tan­te in­de­pen­den­te­men­te da pri­são após se­gun­da ins­tân­cia”, afir­mou Di­as.

O nú­cleo po­lí­ti­co do go­ver­no con­si­de­rou a de­ci­são do Su­pre­mo um du­ro gol­pe à Ope­ra­ção La­va Ja­to. Um dos in­ter­lo­cu­to­res do pre­si­den­te afir­mou que a mu­dan­ça de en­ten­di­men­to da Cor­te já era es­pe­ra­da des­de que se sou­be que o vo­to de mi­ner­va se­ria do pre­si­den­te da Cor­te, mi­nis­tro Di­as To­fol­li.

O en­ten­di­men­to atu­al fir­ma­do on­tem pe­lo Su­pre­mo cau­sa pre­o­cu­pa­ção adi­ci­o­nal ao Pa­lá­cio de Pla­nal­to, que acom­pa­nha­rá de per­to a evo­lu­ção de ma­ni­fes­ta­ções con­tra e a fa­vor de pos­sí­vel li­be­ra­ção de Lu­la.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.