‘A Pe­tro­brás não quer pri­vi­lé­gio ou pre­fe­rên­cia’

Pa­ra exe­cu­ti­vo, fal­ta de in­te­res­se de in­ves­ti­dor po­de ter si­do cau­sa­da pe­lo sis­te­ma re­gu­la­tó­rio com­pli­ca­do do País

O Estado de S. Paulo - - E&n Economia & Negócios - Ma­ri­a­na Du­rão / RIO

O sis­te­ma re­gu­la­tó­rio do Bra­sil é com­pli­ca­do e is­so aca­ba pe­san­do na ava­li­a­ção de qual­quer com­pa­nhia, dis­se ao Estadão/Bro­ad­cast o pre­si­den­te da Pe­tro­brás, Ro­ber­to Cas­tel­lo Bran­co, ao ser ques­ti­o­na­do so­bre o mo­ti­vo da au­sên­cia das gran­des pe­tro­lei­ras in­ter­na­ci­o­nais no lei­lão do ex­ce­den­te da ces­são one­ro­sa e na 6.ª Ro­da­da de Par­ti­lha de Pro­du­ção.

O exe­cu­ti­vo afir­ma que a Pe­tro­brás não quer ter ne­nhum pri­vi­lé­gio ou pre­fe­rên­cia e que “abo­mi­na mo­no­pó­li­os”. A in­cer­te­za so­bre a com­pen­sa­ção fi­nan­cei­ra a ser pa­ga à Pe­tro­brás foi apon­ta­da co­mo um dos mo­ti­vos do es­cas­so in­te­res­se no lei­lão da ces­são one­ro­sa. “Te­mos de ter um am­bi­en­te mais pró-mer­ca­do”, de­fen­deu, afir­man­do que con­cor­da com o mi­nis­tro da Eco­no­mia, Pau­lo Gu­e­des, pa­ra quem o mo­de­lo de par­ti­lha ado­ta­do no pré-sal bra­si­lei­ro é uma he­ran­ça ins­ti­tu­ci­o­nal ruim.

• Co­mo o sr. ava­lia o re­sul­ta­do do lei­lão de ho­je (on­tem)?

Por lei, a Pe­tro­brás é obri­ga­da a ma­ni­fes­tar com an­te­ce­dên­cia se tem in­te­res­se no blo­co X, Y ou Z. Is­so não sig­ni­fi­ca que a Pe­tro­brás vai fa­zer uma pro­pos­ta, por­que de­pen­de de uma ava­li­a­ção cri­te­ri­o­sa. Acha­mos que o ativo mais atra­ti­vo em ter­mos de ris­co e re­tor­no era o cam­po de Aram.

• E os ou­tros blo­cos em que a Pe­tro­brás ma­ni­fes­tou in­te­res­se? Nos ou­tros, mes­mo que mais al­guém ma­ni­fes­tas­se in­te­res­se não iría­mos exer­cer o di­rei­to de pre­fe­rên­cia (em Nor­te de Bra­va e Su­do­es­te de Sa­gi­tá­rio ). Aliás, a Pe­tro­brás não quer ne­nhum pri­vi­lé­gio, ne­nhu­ma pre­fe­rên­cia. Ela abo­mi­na mo­no­pó­li­os e o exem­plo dis­so é que es­ta­mos ven­den­do 50% do nos­so par­que de re­fi­no e nos com­pro­me­te­mos com o go­ver­no em sair to­tal­men­te da dis­tri­bui­ção e trans­por­te de gás, re­du­zin­do nos­sa par­ti­ci­pa­ção co­mo com­pra­do­res de gás de ou­tras fon­tes.

• Co­mo o sr. in­ter­pre­ta a au­sên­cia das gran­des pe­tro­lei­ras in­ter­na­ci­o­nais nos lei­lões do pré-sal? Is­so é um re­ca­do so­bre o mo­de­lo ou o pro­ble­ma são os ati­vos? Em ge­ral são ati­vos bons. Tal­vez

te­nha si­do to­da a com­pli­ca­ção que é o sis­te­ma re­gu­la­tó­rio no Bra­sil. Is­so de­ve­rá fa­zer com que o go­ver­no re­fli­ta so­bre a es­tru­tu­ra re­gu­la­tó­ria e re­sol­va mu­dá-la. O Bra­sil é mui­to com­pli­ca­do e es­sas com­pli­ca­ções não exis­tem em ou­tros lu­ga­res. Vo­cê vai pa­ra a Gui­a­na, que tem bons ati­vos no fun­do do mar, não tem ne­nhu­ma com­pli­ca­ção (re­gu­la­tó­ria). Vai pa­ra os Es­ta­dos Uni­dos, no sha­le gas, não tem con­teú­do lo­cal, re­gi­me de par­ti­lha, PPSA, ces­são one­ro­sa, pre­fe­rên­cia pa­ra uma em­pre­sa. Is­so aca­ba pe­san­do na ava­li­a­ção de qual­quer com­pa­nhia.

• O que pre­ci­sa mu­dar?

So­mos a fa­vor da sim­pli­fi­ca­ção. Ago­ra, a de­ci­são é do go­ver­no. Pe­tro­brás não é go­ver­no.

• O sr. con­cor­da com a de­cla­ra­ção do mi­nis­tro Pau­lo Gu­e­des (Eco­no­mia) de que o mo­de­lo de par­ti­lha é uma “he­ran­ça ins­ti­tu­ci­o­nal ruim”?

Sim, con­cor­do. Co­mo fa­lei, as coi­sas que fun­ci­o­nam bem são as coi­sas sim­ples. O mer­ca­do não gos­ta de coi­sas com­pli­ca­das. O Bra­sil tem ri­que­zas mi­ne­rais mui­to va­li­o­sas, o que é uma con­di­ção ne­ces­sá­ria pa­ra atrair in­ves­ti­men­tos, mas não su­fi­ci­en­tes. Te­mos de ter uma am­bi­en­te mais pró-mer­ca­do.

• O di­re­tor de Ex­plo­ra­ção e Pro­du­ção da Pe­tro­brás men­ci­o­nou que a es­ta­tal po­de usar li­nhas de fi­nan­ci­a­men­to pa­ra ar­car com o cus­to dos lei­lões. Po­de dar de­ta­lhes?

Is­so é ques­tão in­ter­na. Pos­so di­zer que va­mos che­gar ao fim do ano com o mes­mo en­di­vi­da­men­to de se­tem­bro. Não va­mos au­men­tar em nem mais um dó­lar a dí­vi­da.

DA­NI­EL TEI­XEI­RA/ES­TA­DAO - 27/6/2019

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.