FE­LI­PE COHEN

O Estado de S. Paulo - - Capa -

➨ “A for­ma­ção em ar­te se dá mui­to com o tem­po, no ate­liê, em um ca­mi­nho mui­to in­di­vi­du­a­li­za­do; vo­cê de­sen­vol­ve sua poé­ti­ca no dia a dia mes­mo”, ava­lia Fe­li­pe Cohen, que, an­tes de se fir­mar co­mo ar­tis­ta, atu­ou co­mo ilus­tra­dor e pro­fes­sor. Atu­al­men­te, ele pro­duz obras co­mo es­cul­tu­ras e co­la­gens em um es­tú­dio na Vi­la Ro­ma­na.

Nes­sa ro­ti­na, re­la­ta que seu pro­ces­so cri­a­ti­vo tem co­mo pon­to de par­ti­da o de­se­nho – ele, en­tão, pro­cu­ra ma­te­ri­ais que de­em con­ta das idei­as sur­gi­das com tais tra­ços, em diá­lo­go com di­fe­ren­tes áre­as. Em sua úl­ti­ma ex­po­si­ção, ‘Tar­di­nha’, por exem­plo, seus re­le­vos e es­cul­tu­ras re­pre­sen­ta­vam pai­sa­gens que in­cor­po­ra­vam re­fe­rên­ci­as li­ga­das à Bos­sa No­va – des­de a mú­si­ca de João Gil­ber­to até a ge­o­me­tria da ar­qui­te­tu­ra do pe­río­do. A mos­tra ocu­pou a Ga­le­ria Mil­lan (R. Fra­di­que Cou­ti­nho, 1.360, Pi­nhei­ros, 3031-6007; 2ª a 6ª, 10h/19h; sáb., 11h/18h; grá­tis), à qual ele é li­ga­do des­de 2012. Atu­al­men­te, o lo­cal guar­da vá­ri­as obras de Cohen em seu acer­vo, que po­dem ser mos­tra­das aos vi­si­tan­tes in­te­res­sa­dos. Tam­bém va­le acom­pa­nhar a pro­gra­ma­ção da Pi­na­co­te­ca (Pça. da Luz, 2, Luz, 3324-1000; 4ª a 2ª, 10h/18h; R$ 10) e do MAM (Av. Pe­dro Ál­va­res Ca­bral, s/nº, por­tão 3, V. Ma­ri­a­na, 5085-1300; 3ª a dom., 10h/18h; R$ 7), que têm obras do ar­tis­ta em sua co­le­ção e as exi­bem es­po­ra­di­ca­men­te.

➨ FOR­MA: o de­se­nho é sem­pre pon­to de par­ti­da

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.