Me­nos tra­ba­lho, sa­lá­rio igual

Planeta - - VOLTA AO MUNDO -

En­tre mar­ço e abril, a em­pre­sa ne­o­ze­lan­de­sa Per­pe­tu­al Gu­ar­di­an, que li­da com fun­dos fi­du­ciá­ri­os, tes­ta­men­tos e pla­ne­ja­men­to de pa­trimô­nio, fez um tes­te com seus 240 em­pre­ga­dos: eles re­ce­be­ram por cin­co di­as de tra­ba­lho se­ma­nais tra­ba­lhan­do ape­nas qua­tro di­as (ex­pe­di­en­tes de oi­to ho­ras). Pes­qui­sa­do­res da Uni­ver­si­da­de de Tec­no­lo­gia de Auc­kland mo­ni­to­ra­ram o ex­pe­ri­men­to an­tes, du­ran­te e de­pois da sua im­plan­ta­ção. Di­vul­ga­dos em ju­lho, os re­sul­ta­dos são po­si­ti­vos: 78% dos em­pre­ga­dos con­se­gui­ram equi­li­brar bem as de­man­das pro­fis­si­o­nais e da vi­da pri­va­da no for­ma­to ado­ta­do, 24% a mais em re­la­ção a um le­van­ta­men­to de no­vem­bro de 2017. Os ci­en­tis­tas no­ta­ram que a satisfação dos fun­ci­o­ná­ri­os com a vi­da e o tra­ba­lho su­biu em to­dos os ní­veis. No pe­río­do da ex­pe­ri­ên­cia, os em­pre­ga­dos ti­ve­ram me­lhor de­sem­pe­nho no tra­ba­lho e dis­se­ram es­tar mais con­ten­tes com ele do que na eta­pa an­te­ri­or.

Ne­o­ze­lan­de­ses au­men­ta­ram a pro­du­ti­vi­da­de com mais ho­ras de la­zer

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.