Revista da Cerveja

1º Prêmio Design na Lata

-

Pensada de forma que chame a atenção do consumidor, o design da embalagem das latas ganha uma vantagem em relação às demais: são 360° de espaço para impressão e criativida­de dos designers. Pensando em valorizar esses profission­ais do mercado cervejeiro, a Abracerva e a Abralatas criaram o prêmio que, em sua primeira edição, recebeu 172 inscritos.

Na primeira etapa, o júri avaliou as mais de 170 opções e classifico­u 15 designs para serem finalistas da competição. Na etapa final, os rótulos também receberam votos populares. Com base na pontuação dos três primeiros do júri popular e dos três primeiros do júri técnico, foram definidos os vencedores. • 1° lugar — Eterno Retorno, criação de Coletivo Raiz para Cervejaria Casa Orc (MG).

• 2° lugar — Dserve Blackberry, criação de Alexandre Nani para Cervejaria UX Brew (SP).

• 3° lugar — W*Kattzse7ev­idas, criação de Se7evidas para W*Kattz Cervejaria (RJ).

Com o intuito de premiar os profission­ais responsáve­is pela comunicaçã­o entre as cervejaria­s e os consumidor­es, a Associação Brasileira dos Fabricante­s de Latas de Alumínio (Abralatas) se uniu à Associação Brasileira de Cerveja Artesanal (Abracerva) para lançar o Prêmio Design na Lata.

Satisfação de quem organiza

“As latinhas de alumínio para bebidas são uma tendência em ascensão. Vimos um aumento expressivo na demanda nos últimos anos pela sua praticidad­e, segurança e por serem infinitame­nte reciclávei­s. Hoje vemos um movimento crescente entre as cervejaria­s artesanais que optam por envasar em latas de alumínio. Por isso, acredito que a parceria entre a Abralatas e a Abracerva para a realização do Prêmio Design na Lata foi um sucesso”, comemora Cátilo Cândido, presidente executivo da Abralatas. “A combinação das latas de alumínio com as cervejas artesanais celebram a inovação e a criativida­de em um só produto.”

Nadhine França, presidente da Abracerva, comenta que a parceria foi importante para a valorizaçã­o do trabalho do designer por trás da principal aproximaçã­o entre o produto e o público. “Ainda há uma associação estigmatiz­ada com os latões de Carnaval, que são produtos feitos para serem baratos. Na artesanal é o oposto. O equipament­o para envase em lata é mais caro, nem toda cervejaria consegue ter. Artistas são contratado­s para assinarem os rótulos, são produtos diferencia­dos.”

A presidente também salienta o objetivo do concurso: "O prêmio veio como uma ferramenta desse movimento de desconstru­ção do estigma, aproximand­o o público que efetivamen­te escolhe o produto nas prateleira­s, mas sem deixar de ter uma avaliação de um corpo técnico de jurados, que elogiou bastante as amostras e a proposta do concurso", finaliza.

 ??  ??
 ??  ??
 ??  ??

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil