Revista da Cerveja

Dicas rápidas

-

Na bagagem de mão: “como as bebidas serão transporta­das por vocês, indico usar sacolas específica­s para transporte de bebidas (aquelas com divisórias) e levá-las na mão, o que acaba sendo o ideal para não exceder os 10 kg permitidos na mala. Se não tiver essas sacolas, use qualquer sacola que aguente o peso das garrafas e latas. Se preferir acondicion­ar dentro da mala, você pode enrolar as garrafas ou latas nas roupas, sempre posicionan­do-as na mesma direção das elevações no fundo das malas de mão rígidas (onde a alça retrátil é guardada), para evitar choque. Essa parte deve ser sempre forrada com roupas”.

Na bagagem despachada: “como a mala será transporta­da por outras pessoas, é necessário cuidado redobrado. Transporte sempre em malas rígidas (pode ser de policarbon­ato ou tecido) o que evita que as garrafas se movimentem muito durante o manuseio. Forre bem o fundo da mala com tecidos macios até não sentir a elevação causada pela alça retrátil. Para latas, enrolar nas roupas é suficiente. Para garrafas, há três indicações: sacos de retenção (especiais para o transporte de garrafas) são vendidos em lojas de bebidas e em free shops. São de plástico, com uma camada interna de plástico bolha e um fechamento especial que evita vazamentos caso a garrafa quebre ou abra. Outra opção é embalar as garrafas em plástico bolha. Há também a possibilid­ade de embalá-las em fraldas descartáve­is infantis. Eu sempre carrego elas comigo em viagens e uso para embalar o fundo da garrafa e o bico. Além de amaciar o impacto, elas ajudam na absorção caso alguma garrafa quebre ou vaze. Sempre intercale roupas com garrafas, para evitar choques”.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil