Ora­ções e santos po­de­ro­sos

A for­ça das palavras po­de mu­dar sua vi­da. É só acre­di­tar!

Salmos & Anjos - - Contents -

São Moi­sés

Tam­bém co­nhe­ci­do co­mo pro­fe­ta, São Moi­sés é ti­do co­mo san­to pe­la Igre­ja, mes­mo sem ser ca­no­ni­za­do. Sua his­tó­ria é uma das mais co­nhe­ci­das da Bí­blia. Moi­sés li­ber­tou seu po­vo do Egi­to e Deus o es­co­lheu pa­ra re­ce­ber os dez man­da­men­tos, es­cri­tos em pe­dras. Ele é ce­le­bra­do em 4 de se­tem­bro.

“Se­ja fei­ta a vos­sa von­ta­de, ó meu Se­nhor. Que eu lou­ve ca­da uma das palavras es­cri­tas pe­lo pro­fe­ta Moi­sés que foi o au­tor das mais lin­das leis di­vi­nas, os dez man­da­men­tos. Que eu es­te­ja à al­tu­ra do vos­so amor e mi­se­ri­cór­dia. Dig­nai-vos dar o vos­so am­pa­ro pa­ra a pro­va­ção que te­rei que en­fren­tar. Amém.” Con­sul­to­ria: Ce­les­te dos An­jos

San­ta No­te­bur­ga

A san­ta é pa­dro­ei­ra das ser­ven­tes, ar­ru­ma­dei­ras, co­zi­nhei­ras, aju­dan­tes de co­zi­nha, co­pei­ras e gar­ço­ne­tes. Nas­ceu na Áus­tria e tra­ba­lhou co­mo co­zi­nhei­ra na casa de um con­de. Mui­to bon­do­sa, a san­ta jun­ta­va a co­mi­da que so­bra­va e da­va aos po­bres,

em vez de dar aos por­cos. A es­po­sa do con­de des­co­briu o fei­to de No­te­bur­ga e a de­mi­tiu, mas, após o fa­le­ci­men­to da pa­troa, a san­ta foi re­con­tra­ta­da e con­ti­nu­ou aju­dan­do os que mais pre­ci­sa­vam. É um exem­plo de ca­ri­da­de e sua ce­le­bra­ção acon­te­ce em 14 de se­tem­bro.

“San­ta No­te­bur­ga, aju­da-nos a per­ce­ber que ser­vir as ne­ces­si­da­des dos ou­tros é al­go que to­dos nós so­mos cha­ma­dos a fa­zer. Se­ja­mos ge­ne­ro­sos em dar aos ou­tros. Va­mos dar não ape­nas nos­so ex­ce­den­te, mas tam­bém nos­so tem­po e ener­gia. Que apren­da­mos com tua von­ta­de de do­ar aos po­bres mes­mo que lhe cus­tas­se ca­ra con­sequên­cia, que en­si­nou o po­der da ca­ri­da­de e que foi fi­el a Deus aci­ma de tu­do. Que as­sim se­ja­mos com sua aju­da. Amém.” Fon­te: www.smp.org

Nos­sa Se­nho­ra das Do­res

Nos­sa Se­nho­ra das Do­res re­pre­sen­ta os so­fri­men­tos pe­los quais Ma­ria pas­sou em vi­da. É sem­pre lem­bra­da nos mo­men­tos de pro­va­ção. Seu dia li­túr­gi­co é 15 de se­tem­bro.

“Glo­ri­fi­ca­da se­jais vós, Nos­sa Se­nho­ra das Do­res, pe­la de­vo­ção aos prin­cí­pi­os da dou­tri­na cris­tã e pe­la par­ti­ci­pa­ção in­con­di­ci­o­nal nos mo­men­tos de mai­or so­fri­men­to de Je­sus Cris­to em sua re­den­ção. Nos­sa Se­nho­ra, ro­gai por nós pe­ca­do­res. Amém!”

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.