Mo­men­to de re­fle­xão

A li­ber­da­de do amor

Salmos & Anjos - - News -

“A sim­ples es­cu­ta e acei­ta­ção não pro­du­zem san­ti­da­de”

De­zem­bro é um mês re­ple­to de bên­çãos. O fi­nal de mais um ano e a co­me­mo­ra­ção do nas­ci­men­to do Sal­va­dor nos le­va a re­fle­tir so­bre o que te­mos fei­to e o que de­ve­mos fa­zer. O pa­dre An­to­nio Xa­vi­er Ba­tis­ta fa­la so­bre a per­fei­ta lei da li­ber­da­de e nos con­duz a pen­sar nos­sa li­ga­ção com o di­vi­no.

"A Lei Per­fei­ta da Li­ber­da­de é a lei in­te­ri­or, não exi­gi­da por um pre­cei­to, mas pe­lo pró­prio co­ra­ção do ho­mem. Es­ta é a lei do amor dei­xa­da por nos­so Se­nhor Je­sus Cris­to (...) A sim­ples es­cu­ta e acei­ta­ção não pro­du­zem san­ti­da­de. É co­mo al­guém que gos­ta de ou­vir mú­si­ca ins­tru­men­tal, ape­nas de­di­car-se a ou­vir não o tor­na ca­paz de re­ti­rar aque­les be­los sons do ins­tru­men­to ao tê-lo nas mãos. O amor, à me­di­da que é pra­ti­ca­do, vai dan­do à pes­soa a ver­da­dei­ra ca­pa­ci­da­de de amar e pro­du­zir fru­tos. O con­vi­te é a de­bru­çar-se so­bre a pa­la­vra pa­ra ne­la des­co­brir a Lei Per­fei­ta da Li­ber­da­de e, pra­ti­can­do-a, ser bem-aven­tu­ra­do em tu­do que faz. Um im­pe­ra­ti­vo que sur­ge em nos­so co­ra­ção e ins­pi­ra nos­sa for­ma de agir. Por ser aqui­lo de mais es­pon­tâ­neo no ser hu­ma­no, o amor não po­de ser en­ten­di­do co­mo uma re­gra à qual al­guém pos­sa ser sub­me­ti­do. É um dom de Deus que pro­vo­ca o ho­mem por­que re­si­de em seu co­ra­ção e em sua cons­ci­ên­cia, ex­pres­são da sua von­ta­de pre­sen­te no Evan­ge­lho (...)”

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.