21 km, mas só pa­ra elas

Sport Life - - AGENDA - Por GA­BRI­EL GAMEIRO

Nes­te ano, a W21K Asics te­rá co­mo no­vi­da­de a pos­si­bi­li­da­de de cor­rer 10 km

Dois anos atrás, a Asics, mo­ti­va­da pe­lo cres­ci­men­to do nú­me­ro de mu­lhe­res em pro­vas de 21 km (em ní­vel mun­di­al, di­ga-se de pas­sa­gem), lan­çou uma meia ma­ra­to­na só pa­ra elas. O su­ces­so foi ime­di­a­to. No pri­mei­ro ano, con­tou com 1 500 cor­re­do­ras. Em 2015, com 2 500. Nes­te ano, a ex­pec­ta­ti­va é reu­nir 8 mil atle­tas, que ago­ra po­de­rão tam­bém con­tar com a op­ção de cor­rer não os 21 km, mas os 10 km. A no­vi­da­de, en­tre­tan­to, di­vi­diu opi­niões. “En­ten­do que acres­cen­tar o per­cur­so de 10 km atrai­rá mais mu­lhe­res, mas pre­fe­ria que a pro­va ti­ves­se só os 21 km, por­que, afi­nal, ela nas­ceu co­mo uma meia”, afir­ma a jor­na­lis­ta e cor­re­do­ra Ya­ra Achôa. A apo­sen­ta­da Fi­lo­me­na Pra­da dis­cor­da: “Não me in- co­mo­da não. Por mim, a pro­va po­de­ria ter todas as dis­tân­ci­as. O que im­por­ta é a lar­ga­da ser bem or­ga­ni­za­da.” André Pereira, trei­na­dor da Run&Fun, re­co­men­da não es­que­cer de in­cluir um tra­ba­lho de for­ta­le­ci­men­to co­mo par­te da ro­ti­na pre­pa­ra­tó­ria pa­ra os 21 km. “A cor­re­do­ra de­ve se pro­gra­mar pa­ra re­a­li­zar de 3 a 4 trei­nos se­ma­nais e pe­lo me­nos 2 ou 3 de ses­sões de re­for­ço mus­cu­lar, que po­de­rão ser mus­cu­la­ção, pi­la­tes, fun­ci­o­nal ou io­ga”, ex­pli­ca. A lar­ga­da pa­ra am­bas as pro­vas se­rá às 7h, por pe­lo­tões de rit­mo, da av. Pro­fes­sor Mello Mo­rais, com che­ga­da no Ce­peusp ( Cen­tro de Prá­ti­cas Es­por­ti­vas da USP). “Em iní­cio de pro­va exis­te mui­ta adre­na­li­na e an­si­e­da­de, sen­do co­mum

W21K (São Pau­lo, SP)

Da­ta: 16/10 Per­cur­so: 10 km e 21 km Lar­ga­da: 7h Má­xi­mo de ins­cri­tos: 8 000 Pos­tos de hi­dra­ta­ção: 3 pa­ra os 10 km e 5 pa­ra os 21 km Pre­mi­a­ção: tro­féus e me­da­lhas Si­te: www.w21­ka­sics.com.br

as pes­so­as lar­ga­rem em um rit­mo mais for­te do que de­ve­ri­am. É mui­to im­por­tan­te se­gu­rar es­sa emo­ção e lar­gar de ma­nei­ra mais cau­te­lo­sa pa­ra con­se­guir au­men­tar o rit­mo ao lon­go da pro­va. Pa­ra qu­em vai es­tre­ar nos 10 km ou 21 km, su­gi­ro lar­gar com um rit­mo tran­qui­lo e ape­nas no úl­ti­mo quilô­me­tro, se ti­ver uma ener­gia ex­tra, dar um gás a mais”, re­co­men­da Pereira. Co­nhe­ci­da por ter uma es­tru­tu­ra no­ta 10 e ofe­re­cer às cor­re­do­ras mi­mos pa­ra que elas te­nham uma óti­ma ex­pe­ri­ên­cia, a W21K vai ofe­re­cer, nes­te ano, es­pon­jas pa­ra que as atle­tas pos­sam se re­fres­car du­ran­te o per­cur­so, além de gel de car­boi­dra­to, água, aque­ci­men­to co­le­ti­vo no pré-pro­va e ten­da de mas­sa­gem pa­ra o pós-pro­va.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.