NO­TA MÁ­XI­MA

Superguia Enem - Geografia e História - - HISTÓRIA PARA VESTIBULAR E ENEM -

Além dos te­mas que sem­pre ca­em no Enem, cer­ti­fi­que-se de ana­li­sar e com­pre­en­der os te­mas da atu­a­li­da­de que pro­va­vel­men­te fa­rão par­te do exa­me em 2017.

O se­gre­do para se dar bem no Exa­me Na­ci­o­nal do En­si­no Mé­dio é com­pre­en­der o con­teú­do programático, ter a ca­pa­ci­da­de de re­la­ci­o­nar as in­for­ma­ções e in­ter­pre­tar os da­dos ofe­re­ci­dos. Co­nhe­cer os te­mas mais fre­quen­tes re­la­ci­o­na­dos à dis­ci­pli­na de História lhe da­rá uma óti­ma ba­se para con­se­guir re­a­li­zar os exer­cí­ci­os e ti­rar as me­lho­res no­tas. Nes­ta edi­ção, ofe­re­ce­mos re­su­mos e exer­cí­ci­os (ques­tões de edi­ções an­te­ri­o­res do Enem e de ou­tros gran­des exa­mes) para quem quer ga­ba­ri­tar, mas tam­bém des­ta­ca­mos que, ao fi­car por den­tro do que sem­pre é pe­di­do no exa­me, vo­cê con­se­gue se pre­pa­rar 100% para atin­gir seus ob­je­ti­vos!

SEM­PRE CAI

Cri­se do Sis­te­ma Feu­dal (Gê­ne­se e Ca­rac­te­rís­ti­cas, Apo­geu, Cri­ses do Sé­cu­lo XIV, For­ma­ção dos Es­ta­dos Na­ci­o­nais Mo­der­nos), tran­si­ção Feu­da­lis­mo-Ca­pi­ta­lis­mo (Ex­pan­si­o­nis­mo Ma­rí­ti­mo Eu­ro­peu, Re­nas­ci­men­to, Mo­vi­men­tos Re­li­gi­o­sos, Mer­can­ti­lis­mo, Ab­so­lu­tis­mo) e Sis­te­ma Co­lo­ni­al nas Amé­ri­cas Es­pa­nho­la e In­glês são te­mas fre­quen­te­men­te co­bra­dos, além do fo­co no Bra­sil co­lo­ni­al.

Aten­te-se às ques­tões que en­vol­vem a con­so­li­da­ção do Ca­pi­ta­lis­mo e da Or­dem Bur­gue­sa na Eu­ro­pa (Ba­ses Ci­en­tí­fi­cas e Fi­lo­só­fi­cas do Pen­sa­men­to Li­be­ral, Re­vo­lu­ção Glo­ri­o­sa, Re­vo­lu­ção Fran­ce­sa, Pe­río­do Na­po­leô­ni­co, Re­vo­lu­ção In­dus­tri­al). Cri­se do Sis­te­ma Co­lo­ni­al nas Amé­ri­cas In­gle­sa e Es­pa­nho­la é um te­ma que me­re­ce re­vi­são, além da cri­se do Sis­te­ma Co­lo­ni­al no Bra­sil (Mo­vi­men­tos de Con­tes­ta­ção, Pe­río­do Jo­a­ni­no, In­de­pen­dên­cia).

Dê aten­ção de­vi­da às ques­tões da or­dem Eu­ro­peia do Sé­cu­lo XIX (Con­gres­so de Vi­e­na, Eu­ro­pa Pós-Vi­e­na, Po­lí­ti­ca das Na­ci­o­na­li­da­des, Mo­vi­men­to Ope­rá­rio, Ne­o­co­lo­ni­a­lis­mo), Amé­ri­ca do sé­cu­lo XIX (Os Es­ta­dos Uni­dos e a Amé­ri­ca La­ti­na no Sé­cu­lo XIX), Or­dem Im­pe­ri­al Bra­si­lei­ra (Pri­mei­ro Im­pé­rio, Re­gên­ci­as, Se­gun­do Im­pé­rio) e ques­tões do sé­cu­lo XX (Pós-Gu­er­ra, Gran­des Ques­tões da Atu­a­li­da­de, Re­pú­bli­ca Oli­gár­qui­ca).

Em História do Bra­sil, é co­bra­do que o es­tu­dan­te de­mons­tre co­nhe­ci­men­tos re­la­ci­o­na­dos ao pe­río­do de 1889 até 1930 (Cri­se da Mo­nar­quia e as Ori­gens da Re­pú­bli­ca, Ins­ta­bi­li­da­de Ini­ci­al da Re­pú­bli­ca, Eco­no­mia, Mo­vi­men­tos Ope­rá­ri­os, Po­lí­ti­ca, Re­vo­lu­ção de 1930), se­gui­do por Re­pú­bli­ca No­va, Re­pú­bli­ca Po­pu­lis­ta, Bra­sil de 1930 até 1964, Re­pú­bli­ca dos Mi­li­ta­res, Bra­sil de 1964 até 1985, No­va Re­pú­bli­ca, até os di­as atu­ais.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.