Con­jun­ção

Superguia Enem - Português e Redação - - Sumário -

Pa­la­vra in­va­riá­vel que li­ga du­as ora­ções ou dois ter­mos com mes­ma fun­ção sin­tá­ti­ca den­tro da ora­ção.

Exem­plos: Joana e Ro­dri­go tra­ba­lham na mes­ma es­co­la. (os subs­tan­ti­vos pró­pri­os exer­cem fun­ção de nú­cle­os do su­jei­to, a con­jun­ção “e” es­tá li­gan­do os dois den­tro da ora­ção). Tam­bém po­dem exis­tir lo­cu­ções con­jun­ti­vas. Exem­plos: a fim de que, à me­di­da que, ain­da que, des­de que, já que, etc.

Clas­si­fi­ca­ção das con­jun­ções a) Con­jun­ções co­or­de­na­ti­vas: li­gam ter­mos que exer­cem a mes­ma fun­ção sin­tá­ti­ca ou ora­ções in­de­pen­den­tes, cha­ma­das ora­ções co­or­de­na­das. Po­dem se sub­di­vi­dir da se­guin­te for­ma:

Adi­ti­vas: que in­di­cam so­ma ou adi­ção. São elas: e, nem, mas tam­bém, ain­da.

Ad­ver­sa­ti­vas: in­di­cam opo­si­ção ou con­tras­te. São elas: mas, po­rém, con­tu­do, en­tre­tan­to, to­da­via.

Al­ter­na­ti­vas: in­di­cam al­ter­nân­cia ou es­co­lha. São elas: ou, ora, qu­er.

Con­clu­si­vas: in­di­cam con­clu­são. São elas: pois (de­pois do ver­bo), lo­go, en­tão, por­tan­to.

Ex­pli­ca­ti­vas: in­di­cam ex­pli­ca­ção. São elas: pois (an­tes do ver­bo), por­que, que.

b) Con­jun­ções su­bor­di­na­ti­vas: li­gam ora­ções de­pen­den­tes sin­ta­ti­ca­men­te, ora­ções su­bor­di­na­das. Po­dem ser sub­di­vi­das em:

Cau­sais: ex­pri­mem mo­ti­vo ou cau­sa. São elas: por­que, vis­to que, co­mo, uma vez que, já que.

Con­di­ci­o­nais: ex­pri­mem con­di­ção. São elas: se, ca­so, des­de que, con­tan­to que.

Con­se­cu­ti­vas: ex­pri­mem con­sequên­cia ou re­sul­ta­do. São elas: que (qu­an­do vem de­pois de “tão”, “tal” ou `tan­to”), de mo­do que, de ma­nei­ra que.

Com­pa­ra­ti­vas: ex­pri­mem com­pa­ra­ção. São elas: co­mo, que (qu­an­do vem de­pois de “mais” ou “me­nos”).

Con­ces­si­vas: ex­pri­mem con­ces­são. São elas: em­bo­ra, ain­da que, con­quan­to, mes­mo que.

Tem­po­rais: ex­pri­mem tem­po. São elas: qu­an­do, lo­go que, des­de que, as­sim que, en­quan­to.

Fi­nais: ex­pri­mem fi­na­li­da­de. São elas: a fim de que, que, pa­ra que.

Pro­por­ci­o­nais: ex­pri­mem pro­por­ção. São elas: quan­to mais, quan­to me­nos, à me­di­da que, à pro­por­ção que.

In­te­gran­tes: são aque­las que so­men­te li­gam ora­ções su­bor­di­na­das subs­tan­ti­vas. São elas: que, se (qu­an­do ini­ci­a­rem uma ora­ção su­bor­di­na­da subs­tan­ti­va).

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.