9.1.2. Coerência in­ter­na

Superguia Enem - Português e Redação - - Sumário -

A coerência in­ter­na diz res­pei­to à in­ter­re­la­ção exis­ten­te en­tre as par­tes do tex­to. A re­da­ção de­ve ser con­fec­ci­o­na­da por pe­río­dos e pa­rá­gra­fos, os quais de­vem se ar­ti­cu­lar de for­ma a cons­truir um to­do. Is­so sig­ni­fi­ca que, por mais que o tex­to dis­ser­ta­ti­vo-ar­gu­men­ta­ti­vo do Enem se­ja di­vi­di­do em pa­rá­gra­fos (qua­tro ou cin­co) e mo­men­tos es­tru­tu­rais (in­tro­du­ção, de­sen­vol­vi­men­to e con­clu­são), ele pre­ci­sa apre­sen­tar ca­rá­ter uno, is­to é man­ter a coerência. Os pro­ble­mas mais co­mum que afe­tam a coerência in­ter­na são:

a) Par­tes am­bí­guas: tem pro­ble­mas de coerência in­ter­na o tex­to que apresenta fra­ses, ora­ções, pe­río­dos ou pa­rá­gra­fos com du­plo sen­ti­do ou du­pla in­ter­pre­ta­ção. Es­se pro­ble­ma afe­ta o lei­tor, que não con­se­gue com­pre­en­der o ob­je­ti­vo in­for­ma­ti­vo do tex­to.

b) Fal­ta de te­má­ti­ca: apresenta pro­ble­mas de coerência in­ter­na o tex­to que não con­se­gue de­sen­vol­ver o te­ma de for­ma ló­gi­ca, cain­do em re­pe­ti­ções des­ne­ces­sá­ri­as. Es­se pro­ble­ma é tí­pi­co de alu­nos que não fa­zem o pla­ne­ja­men­to tex­tu­al an­tes de ini­ci­ar a es­cri­ta.

c) Par­tes con­tra­di­tó­ri­as: apresenta pro­ble­mas de coerência in­ter­na o tex­to que apresenta tre­chos con­tra­di­tó­ri­os, ou se­ja, in­for­ma­ções que se con­tra­di­zem. Es­se pro­ble­ma afe­ta o lei­tor, pois ele não con­se­gue com­pre­en­der o ob­je­ti­vo do tex­to, em vis­ta das in­for­ma­ções con­tra­di­tó­ri­as

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.