Ele não es­ta­va só

As par­ce­ri­as de Mi­cha­el Jack­son

Tributo Edição Histórica Especial - Michael Jackson - - News -

Aso­li­dão de Mi­cha­el Jack­son em sua vi­da par­ti­cu­lar é um as­sun­to bas­tan­te abor­da­do por seus fãs e bió­gra­fos. Com to­da sua fa­ma, não po­dia an­dar li­vre­men­te em ra­zão do as­sé­dio mas em sua car­rei­ra era di­fe­ren­te e o mú­si­co fez inú­me­ras par­ce­ri­as, in­va­ri­a­vel­men­te, bem-su­ce­di­das.

Ro­ber­ta Flack

O pri­mei­ro du­e­to da car­rei­ra de Mi­cha­el foi com a can­to­ra, em 1972. Na épo­ca, ele ti­nha 15 anos e ela 37. Eles di­vi­di­ram os vo­cais na can­ção When We Grow Up, em uma apre­sen­ta­ção es­pe­ci­al pa­ra a te­vê. A mú­si­ca faz par­te da tri­lha so­no­ra do es­pe­ci­al Free To Be… You And Me e ori­gi­nal­men­te foi in­ter­pre­ta­da por Di­a­na ross. A apre­sen­ta­ção na te­vê foi re­a­li­za­da pa­ra pro­mo­ver o es­pe­ci­al. (As­sis­ta em bit. ly/1sQHM2j)

Quincy Jo­nes

Com cer­te­za uma das fi­gu­ras mais im­por­tan­tes em to­da a car­rei­ra de Mi­cha­el. O pro­du­tor di­vi­diu com ele uma in­fi­ni­da­de de prêmios por seu tra­ba­lho nos ál­buns Off the Wall, Th­ril­ler e Bad. Jo­nes tam­bém é o pro­du­tor de We Are The World. Os dois se co­nhe­ce­ram du­ran­te a pro­du­ção do fil­me The Wiz, no qual Mi­cha­el par­ti­ci­pou co­mo ator e Jo­nes co­mo pro­du­tor da tri­lha so­no­ra. Quincy, aliás, é re­cor­dis­ta em in­di­ca­ções ao Grammy: 79, das quais saiu ven­ce­dor em 23 oca­siões. re­cen­te­men­te, foi in­di­ca­do ao Rock’n’roll Hall of Fa­me.

Paul McCart­ney

Cer­ta­men­te, a mais fa­mo­sa de su­as par­ce­ri­as. A du­pla gra­vou as mú­si­cas The Girl Is Mi­ne, Say Say Say e The Man. Além dis­so, em Off The Wall, Mi­cha­el in­cluiu a can­ção Girl­fri­end, uma com­po­si­ção de Paul. No en­tan­to, o cli­ma en­tre os dois não fi­cou mui­to bom após Mi­cha­el ad­qui­rir, em se­gre­do, os di­rei­tos so­bre o ca­tá­lo­go dos Be­a­tles.

Ed­die Murphy

Em 1993, Mi­cha­el gra­vou uma can­ção cha­ma­da What­zupwi­tu, uma brin­ca­dei­ra com a fra­se What’s up with you. A mú­si­ca foi in­cluí­da no ter­cei­ro (e úl­ti­mo) ál­bum mu­si­cal de Murphy, Lo­ve’s Al­right, lan­ça­do pe­la Mo­town. Ed­die Murphy tam­bém apa­re­ce no vi­de­o­cli­pe de Re­mem­ber The Ti­me.

Ste­vie Won­der

Am­bos fo­ram cri­an­ças-pro­dí­gio da Mo­town e se co­nhe­ce­ram nos anos 60, tor­nan­do-se gran­des ami­gos. Mi­cha­el fez bac­king vo­cals em du­as can­ções de Ste­vie: You Ha­ven’t Do­ne Nothin’ (1974, com o Jack­son 5) e All I Do (1980). Em 1974, Jack­son gra­vou But­ter­cup, ou­tra com­po­si­ção do ami­go, que só foi lan­ça­da em 2009. O du­e­to mais fa­mo­so da du­pla foi em Just Go­od Fri­ends, que apa­re­ce em Bad. Em re­tri­bui­ção, Mi­cha­el, can­tou em Get It, do ál­bum Cha­rac­ters de Ste­vie Won­der. Além dis­so, Won­der compôs I Can’t Help It, in­cluí­da no ál­bum Off The Wall, es­pe­ci­al­men­te pa­ra Mi­cha­el.

Si­e­dah Gar­rett

A ta­len­to­sa can­to­ra e com­po­si­to­ra par­ti­ci­pa de dois gran­des su­ces­sos de Mi­cha­el. A can­ção Man In The Mir­ror é uma com­po­si­ção de­la em par­ce­ria com Glen Bal­lard. Mas sua gran­de co­la­bo­ra­ção com o rei do Pop foi no du­e­to de I Just Can’t Stop Lo­ving You,o pri­mei­ro sin­gle e uma das can­ções mais co­nhe­ci­das do ál­bum Bad. Des­de en­tão, pas­sou a ser con­vi­da­da pa­ra inú­me­ros tra­ba­lhos e ga­nhou no­to­ri­e­da­de.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.