Cres­ce fi­la de gru­pos que olham a Bras­kem

Valor Econômico - - | EMPRESAS INDÚSTRIA - Pe­troquí­mi­ca Stel­la Fon­tes

Pre­vis­ta pa­ra ocor­rer no pró­xi­mo ano, a ven­da de uma fa­tia da pe­troquí­mi­ca Bras­kem, con­tro­la­da por Ode­bre­cht e Pe­tro­bras, pro­me­te ser dis­pu­ta­da. A fi­la de po­ten­ci­ais in­te­res­sa­dos aca­ba de cres­cer, após a Itaú­sa, hol­ding que con­tro­la o Itaú Uni­ban­co e empresas in­dus­tri­ais co­mo Du­ra­tex e Ele­kei­roz, si­na­li­zar pu­bli­ca­men­te que olha o ati­vo. Em en­con­tro com ana­lis­tas, na ter­ça-fei­ra, o pre­si­den­te Al­fre­do Se­tú­bal afir­mou que po­de ava­li­ar a par­ti­ci­pa­ção em um con­sór­cio pa­ra com­prar uma par­ce­la da em­pre­sa, re­la­tou a Reu­ters.

A hol­ding se junta a ou­tros gran­des no­mes que se­ri­am in­te­res­sa­dos na Bras­kem, co­mo Ex­xon, Shell, Lyon­dellBa­sell e Dow Che­mi­cal, além de Sau­di Aram­co, pe­tro­lei­ras chi­ne­sas e fun­dos de in­ves­ti­men­to.

No ca­so da Itaú­sa, ava­lia uma fon­te, a even­tu­al com­pra de par­ti­ci­pa­ção da­ria mus­cu­la­tu­ra a sua pre­sen­ça na in­dús­tria pe­troquí­mi­ca. É do­na da Ele­kei­roz, que faz di­ver­sos ti­pos de plas­ti­fi­can­tes e in­su­mos pa­ra sol­ven­tes, Com­pra ma­té­ria-pri­ma da Bras­kem. Mas a ope­ra­ção é mui­to pe­que­na.

“A Ele­kei­roz não pa­re­ce ar­gu­men­to pa­ra a com­pra da Bras­kem”, diz a fon­te. Pa­ra es­se in­ter­lo­cu­tor, a Itaú­sa po­de ter ma­ni­fes­ta­do o in­te­res­se já em con­ta­to com ou­tros in­te­res­sa­dos e, as­sim co­mo fez com a com­pra de par­ti­ci­pa­ções na Al­par­ga­tas e na No­va Trans­por­ta­do­ra Su­des­te (NTS), es­tar ava­li­an­do no­vos seg­men­tos on­de pos­sa alo­car re­cur­sos di­an­te da que­da dos ju­ros.

De fa­to, a Ele­kei­roz ain­da é inex­pres­si­va se con­si­de­ra­dos os ati­vos to­tais da Itaú­sa — R$ 1,36 tri­lhão na área fi­nan­cei­ra em ju­nho, R$ 9,09 bi­lhões da Du­ra­tex, R$ 424 milhões da com­pa­nhia e R$ 102 milhões da Itau­tec. A em­pre­sa com­pra ma­té­ria-pri­ma, pro­pe­no, em Ca­ma­ça­ri.

Ou­tra fon­te diz que nas úl­ti­mas se­ma­nas o Itaú BBA in­ten­si­fi­cou a con­sul­ta a exe­cu­ti­vos so­bre Bras­kem e as pers­pec­ti­vas da pe­troquí­mi­ca.

A Pe­tro­bras bus­ca ini­ci­ar o pro­ces­so de ven­da de su­as ações de Bras­kem ain­da em 2017, apu­rou o Va­lor. Se­gun­do fon­tes a par das ne­go­ci­a­ções, a Ode­bre­cht e a es­ta­tal, avan­çam as con­ver­sas acer­ca de um no­vo acor­do de aci­o­nis­tas, que é fun­da­men­tal pa­ra a tran­sa­ção.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.