Fran­ça e Skaf ata­cam Do­ria e re­jei­tam PT

Valor Econômico - - POLÍTICA - An­dré Gui­lher­me Vi­ei­ra

O go­ver­na­dor de São Pau­lo e can­di­da­to à re­e­lei­ção, Már­cio Fran­ça (PSB), e o can­di­da­to der­ro­ta­do ao go­ver­no Pau­lo Skaf (MDB) — que pre­si­de a Fe­de­ra­ção das In­dús­tri­as de São Pau­lo (Fi­esp) — dis­pa­ra­ram crí­ti­cas ao ad­ver­sá­rio do pes­se­bis­ta no se­gun­do tur­no da elei­ção, o ex-pre­fei­to pau­lis­ta­no João Do­ria, du­ran­te agen­da de cam­pa­nha con­jun­ta re­a­li­za­da on­tem no Ser­vi­ço So­ci­al da In­dús­tria (Se­si) de Su­za­no (SP). Na oca­sião, Skaf de­cla­rou apoio à Fran­ça e ao pre­si­den­ciá­vel Jair Bol­so­na­ro (PSL).

Fran­ça, que tem pro­ta­go­ni­za­do fre­quen­tes em­ba­tes com o tu­ca­no, ci­tou epi­só­dio ocor­ri­do an­te­on­tem, du­ran­te reu­nião do PSDB, em Bra­sí­lia, pa­ra acen­tu­ar a “des­le­al­da­de” do ex-pre­fei­to. Do­ria e o pre­si­den­ciá­vel der­ro­ta­do Geraldo Alck­min (PSDB) dis­cu­ti­ram du­ran­te o en­con­tro.

“Por que é que al­guém cria vín­cu­los e os des­faz tão de­pres­sa? A fa­la do Alck­min é a fa­la de al­guém que se sen­tiu traí­do [por Do­ria], de al­guém que se sen­tiu hu­mi­lha­do, des­ne­ces­sa­ri­a­men­te”, afir­mou.

“Quan­do ele [Do­ria] foi vo­tar [jun­ta­men­te com Alck­min] e dis­se ‘vou fa­zer so­li­da­ri­a­men­te o vo­to’, ele que­ria di­zer ‘ele já per­deu e eu tô vo­tan­do ne­le”’, dis­pa­rou Fran­ça.

“Se al­guém tem al­gu­ma dú­vi­da em re­la­ção ao ca­rá­ter de João Do­ria, é só per­gun­tar ao Alck­min”, iro­ni­zou Skaf.

O pre­si­den­te da Fi­esp tam­bém acu­sou o ex-pre­fei­to tu­ca­no de ga­nhar “mui­to di­nhei­ro com o PT”.

“O Do­ria fa­la mui­to que tem uma po­si­ção an­ti PT. Só que eu não lem­bro, quan­do eu en­fren­tei no go­ver­no Lu­la o fim do im­pos­to do che­que, que foi uma cam­pa­nha na­ci­o­nal, não sei on­de ele es­ta­va. O Do­ria ga­nhou di­nhei­ro com o PT, né? Ele fa­zia os even­tos [do Li­de, em­pre­sa do ex-pre­fei­to], tra­zia mi­nis­tros do PT”, dis­se.

Em ví­deo gra­va­do pa­ra a cam­pa­nha elei­to­ral de Fran­ça, Skaf de­fen­de o go­ver­na­dor das acu­sa­ções fei­tas por Do­ria, que o as­so­cia ao PT, a Lu­la e ao em­pe­nho con­tra o im­pe­a­ch­ment de Dil­ma Rous­seff.

Ao agre­gar Skaf co­mo apoio à sua cam­pa­nha, Már­cio Fran­ça tam­bém mi­ra o elei­tor de Jair Bol­so­na­ro (PSL) em São Pau­lo e pas­sa a con­tar com mu­ni­ção adi­ci­o­nal pa­ra des­mon­tar a cam­pa­nha de Do­ria, prin­ci­pal­men­te no in­te­ri­or do Es­ta­do, on­de pro­pa­ga o vo­to ‘Bol­so Do­ria’ des­de o pri­mei­ro tur­no da elei­ção. On­tem, Skaf fez gra­va­ção com o se­na­dor elei­to Ma­jor Olím­pio (PSL-SP), o cum­pri­men­tou pe­la elei­ção com mais de 9 mi­lhões de vo­tos e rei­te­rou apoio a Bol­so­na­ro. O ví­deo foi di­vul­ga­do nas re­des so­ci­ais.

Már­cio Fran­ça foi li­be­ra­do pe­lo PSB na­ci­o­nal de se­guir a ori­en­ta­ção de apoio ao pre­si­den­ciá­vel Fer­nan­do Had­dad (PT). São Pau­lo é uma das re­giões com mai­or re­jei­ção ao PT no país. Em seus pro­nun­ci­a­men­tos e en­tre­vis­tas, Do­ria tem as­so­ci­a­do Fran­ça ao PT e a Had­dad, com o pro­pó­si­to de afas­tar Fran­ça do elei­tor pau­lis­ta que vo­ta em Bol­so­na­ro. O tu­ca­no cos­tu­ma cha­má-lo de “Már­cio Cu­ba”, nu­ma alu­são à ideia de que o pes­se­bis­ta se­ria um po­lí­ti­co de ide­o­lo­gia co­mu­nis­ta.

Skaf e a can­di­da­ta a vi­ce na cha­pa de Fran­ça, a co­ro­nel da Po­lí­cia Mi­li­tar Eli­a­ne Ni­ko­luk, de­cla­ra­ram apoio a Bol­so­na­ro ain­da no pri­mei­ro tur­no da elei­ção. No ca­so de Skaf, o anún­cio de apoio foi fei­to a ape­nas três di­as da vo­ta­ção.

“Des­de o iní­cio, ela [Eli­a­ne] me fa­lou que a afi­ni­da­de de­la era com o Bol­so­na­ro. E me pe­diu que eu ga­ran­tis­se a ela que eu não iria com o PT no se­gun­do tur­no. Eu fa­lei, ‘co­ro­nel, não va­mos com o PT, va­mos com o Alck­min, pe­la le­al­da­de com o go­ver­na­dor Alck­min’”, dis­se Fran­ça, nu­ma men­ção in­di­re­ta ao fa­to de que no PSDB na­ci­o­nal a ava­li­a­ção é que Do­ria traiu Alck­min, pa­dri­nho po­lí­ti­co e fi­a­dor de sua can­di­da­tu­ra ao go­ver­no es­ta­du­al.

So­bre a par­ti­ci­pa­ção de Skaf em seu even­tu­al go­ver­no, em um car­go de se­cre­tá­rio, o go­ver­na­dor se es­qui­vou de res­pon­der.

“Is­so não se dis­cu­te ago­ra. Eu pre­ci­so ga­nhar a elei­ção, né?”.

No iní­cio da se­ma­na, Skaf reu­niu-se com Fran­ça e ob­te­ve do go­ver­na­dor o com­pro­mis­so de ado­tar em seu pro­gra­ma de go­ver­no a pro­pos­ta de le­var o pa­drão de en­si­no do Se­si pa­ra a re­de pú­bli­ca es­ta­du­al de en­si­no, en­cam­pa­da pe­lo pre­si­den­te da Fi­esp.

On­tem, o MDB de São Pau­lo di­vul­gou no­ta em que tam­bém de­cla­rou apoio a Már­cio Fran­ça.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.