Ex-se­cre­tá­rio-exe­cu­ti­vo do MME é co­ta­do pa­ra ser ti­tu­lar da pas­ta

Valor Econômico - - POLÍTICA - An­drea Ju­bé, Mar­ce­lo Ri­bei­ro e Ro­dri­go Po­li­to Cris­ti­a­no Zaia) (Co­la­bo­rou

O pre­si­den­te elei­to Jair Bol­so­na­ro en­cer­rou on­tem o pé­ri­plo de três di­as em Bra­sí­lia com um ter­ço de seu fu­tu­ro mi­nis­té­rio con­fir­ma­do, e o en­ca­mi­nha­men­to das in­di­ca­ções pa­ra as pas­tas de Mi­nas e Ener­gia e Meio Am­bi­en­te. Ou­tra pri­o­ri­da­de é a de­fi­ni­ção do fu­tu­ro mi­nis­tro de Re­la­ções Ex­te­ri­o­res, a pe­di­do da no­va ti­tu­lar de Agri­cul­tu­ra, de­pu­ta­da Te­re­za Cris­ti­na (DEM-MS).

On­tem o ge­ne­ral Oswal­do de Je­sus Fer­rei­ra, co­ta­do pa­ra as­su­mir o Mi­nis­té­rio da In­fra­es­tru­tu­ra, che­gou pa­ra uma reu­nião do ga­bi­ne­te de tran­si­ção pa­ra dis­cu­tir pri­va­ti­za­ções acom­pa­nha­do do ex-se­cre­tá­rio-exe­cu­ti­vo de Mi­nas e Ener­gia Pau­lo Pe­dro­sa.

Com a ma­nu­ten­ção da pas­ta de Mi­nas e Ener­gia — que se­ria in­cor­po­ra­da à de In­fra­es­tru­tu­ra —, o no­me de Pe­dro­sa des­pon­tou co­mo co­ta­do pa­ra o pos­to. “Já es­tá mais acer­ta­do que a par­te de Mi­nas e Ener­gia vai fi­car em um mi­nis­té­rio se­pa­ra­do”, dis­se Fer­rei­ra ao che­gar à reu­nião com Pau­lo Gu­e­des, fu­tu­ro mi­nis­tro da Eco­no­mia.

O Va­lor apu­rou que o mi­nis­tro da Fa­zen­da, Edu­ar­do Gu­ar­dia, su­ge­riu a Pau­lo Gu­e­des o no­me de Pe­dro­sa pa­ra co­man­dar o se­tor no go­ver­no Bol­so­na­ro, mas o pre­si­den­te elei­to ain­da não ba­teu o mar­te­lo so­bre o te­ma.

Pe­dro­sa es­tá afi­na­do com a equi­pe de Bol­so­na­ro: ele e o ex­pre­si­den­te da Em­pre­sa de Pes­qui­sa Ener­gé­ti­ca (EPE), Luiz Au­gus­to Bar­ro­so, con­ver­sa­ram al­gu­mas ve­zes com Lu­ci­a­no de Cas­tro, prin­ci­pal no­me res­pon­sá­vel pe­lo pro­gra­ma de ener­gia do fu­tu­ro go­ver­no.

Além dis­so, Pe­dro­sa tem a sim­pa­tia do mer­ca­do, com quem man­tém boa in­ter­lo­cu­ção: na ges­tão de Fer­nan­do Co­e­lho Fi­lho, Pe­dro­sa en­ca­mi­nhou uma re­es­tru­tu­ra­ção do se­tor elé­tri­co, foi um dos ar­tí­fi­ces da pro­pos­ta de pri­va­ti­za­ção da Ele­tro­bras, foi di­re­tor da Agên­cia Na­ci­o­nal de Ener­gia Elé­tri­ca (Ane­el).

Ou­tro no­me que des­pon­tou on­tem, na es­tei­ra da in­di­ca­ção de Te­re­za Cris­ti­na pa­ra a Agri­cul­tu­ra, foi o de Evaristo de Mi­ra­da, pes­qui­sa­dor e che­fe da Em­bra­pa Ter­ri­tó­ri­os, de Cam­pi­nas (SP). Ele é o prin­ci­pal co­ta­do pa­ra o Mi­nis­té­rio do Meio Am­bi­en­te, com o qual Te­re­za Cris­ti­na quer tra­ba­lhar em sin­to­nia fi­na.

Re­fe­ren­da­da pe­la fren­te par­la­men­tar do agro­ne­gó­cio, Te­re­za Cris­ti­na re­co­men­dou a Bol­so­na­ro que man­ti­ves­se a pas­ta do Meio Am­bi­en­te, su­ge­rin­do ape­nas o en­xu­ga­men­to de sua es­tru­tu­ra e a oti­mi­za­ção dos tra­ba­lhos. Ori­gi­nal­men­te, a pas­ta se­ria in­cor­po­ra­da à de Agri­cul­tu­ra.

Mui­to li­ga­do ao agro­ne­gó­cio e no­me de pre­fe­rên­cia do se­tor — e por is­so, tra­ba­lha­ria ali­nha­do com Te­re­za —, Evaristo já foi in­clu­si­ve son­da­do pe­la equi­pe de tran­si­ção de Bol­so­na­ro, mas fi­cou de con­sul­tar a fa­mí­lia e dar a res­pos­ta ao in­ter­lo­cu­tor até o iní­cio da pró­xi­ma se­ma­na.

Ele tam­bém é re­co­nhe­ci­do pe­los es­tu­dos nas áre­as de eco­lo­gia e ge­or­re­fe­ren­ci­a­men­to de da­dos. Nos úl­ti­mos anos, o no­me de Evaristo vem sen­do cons­tan­te­men­te lem­bra­do por par­la­men­ta­res do seg­men­to agro­pe­cuá­rio pa­ra car­gos em ór­gãos am­bi­en­tais de go­ver­no.

Tam­bém on­tem, na pri­mei­ra con­ver­sa com Bol­so­na­ro, após a con­fir­ma­ção de seu no­me pa­ra o co­man­do da Agri­cul­tu­ra, Te­re­za ar­gu­men­tou que te­rá de atu­ar ali­nha­da com o Mi­nis­té­rio das Re­la­ções Ex­te­ri­o­res, de­vi­do, en­tre ou­tros as­sun­tos, ao ele­va­do vo­lu­me de ex­por­ta­ção do agro­ne­gó­cio bra­si­lei­ro, e ao es­for­ço pa­ra abrir — ou re­a­brir — mer­ca­dos no ex­te­ri­or.

Se­gun­do re­la­tos de um in­ter­lo­cu­tor da mi­nis­tra, ela ou­viu de Bol­so­na­ro que o pró­xi­mo no­me a ser anun­ci­a­do de sua equi­pe se­rá o do fu­tu­ro chan­ce­ler.

O Va­lor re­ve­lou que no­me do em­bai­xa­dor apo­sen­ta­do Jo­sé Alfredo Gra­ça Li­ma, ex-che­fe da mis­são bra­si­lei­ra jun­to à União Eu­ro­peia, é for­te­men­te co­ta­do pa­ra a va­ga de chan­ce­ler. Tam­bém cor­rem por fo­ra os no­mes de Ma­ria Na­za­reth Fa­ra­ni (che­fe de mis­são bra­si­lei­ra em Ge­ne­bra), Ro­ber­to Ab­de­nur (ex-em­bai­xa­dor em Washing­ton e já apo­sen­ta­do), Pe­dro Brê­tas (em­bai­xa­dor no Ca­na­dá) e Er­nes­to Araújo (di­re­tor do de­par­ta­men­to de EUA). Além do cri­vo de Bol­so­na­ro e dos três fi­lhos, Edu­ar­do (deputado fe­de­ral), Flá­vio (se­na­dor) e Car­los (ve­re­a­dor), os no­mes da fu­tu­ra equi­pe tam­bém pas­sam pe­lo fil­tro do ge­ne­ral Au­gus­to He­le­no, que as­su­mi­rá o Ga­bi­ne­te de Se­gu­ran­ça Ins­ti­tu­ci­o­nal (GSI).

SIL­VIA ZAMBONI/VA­LOR

Pau­lo Pe­dro­sa: no­me lem­bra­do por Edu­ar­do Gu­ar­dia tem a sim­pa­tia do mer­ca­do e es­tá afi­na­do com a equi­pe do elei­to

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.