Ex­por­ta­ção de ca­fé foi re­cor­de em ou­tu­bro

Em­bar­ques al­can­ça­ram 3,746 mi­lhões de sa­cas, com al­ta de qua­se 30%; re­cei­ta, po­rém, fi­cou es­tá­vel

Valor Econômico - - AGRONEGÓCIOS - Al­da do Ama­ral Ro­cha

As ex­por­ta­ções bra­si­lei­ras de ca­fé ba­te­ram re­cor­de men­sal em ou­tu­bro des­te ano. De acor­do com da­dos di­vul­ga­dos on­tem pe­lo Con­se­lho dos Ex­por­ta­do­res de Ca­fé do Bra­sil (Ce­ca­fé), os em­bar­ques so­ma­ram 3,746 mi­lhões de sa­cas no mês pas­sa­do, al­ta de 29,1% so­bre as 2,9 mi­lhões de sa­cas de igual mês de 2017.

Os vo­lu­mes in­clu­em ca­fé ver­de, tor­ra­do e moí­do e ca­fé so­lú­vel. Se­gun­do o Ce­ca­fé, fo­ram ex­por­ta­das 3,091 mi­lhões de sa­cas de ca­fé ará­bi­ca (al­ta de 20,2% so­bre ou­tu­bro de 2017. Os em­bar­ques de ca­fé co­ni­lon to­ta­li­za­ram 364,715 mil sa­cas, com al­ta de­al­ta de 1.796,8% na com­pa­ra­ção com o mes­mo mês do ano pas­sa­do. Os em­bar­ques de ca­fé in­dus­tri­a­li­za­do caí­ram 6,8%, pa­ra 290,942 mil sa­cas. O for­te in­cre­men­to das ven­das ex­ter­nas de co­ni­lon no mês pas­sa­do re­fle­te a recuperação da sa­fra no Es­pí­ri­to San­to, mai­or pro­du­tor da es­pé­cie no Bra­sil, após du­as tem­po­ra­das afe­ta­das pe­la se­ca.

Ape­sar da al­ta nos vo­lu­mes, a re­cei­ta com as ven­das ex­ter­nas de ca­fé em ou­tu­bro fi­cou pra­ti­ca­men­te es­tá­vel em re­la­ção a igual mês de 2017 (al­ta de 0,7%) e so­mou US$ 490,289 mi­lhões. A ra­zão é que o pre­ço mé­dio na ex­por­ta­ção con­ti­nua em que­da, em de­cor­rên­cia da pres­são nas co­ta­ções in­ter­na­ci­o­nais. Em ou­tu­bro, o va­lor mé­dio da sa­ca foi US$ 130,86 por sa­ca, 22% abai­xo de igual mês de 2017.

No acu­mu­la­do de ja­nei­ro a ou­tu­bro, as ex­por­ta­ções bra­si­lei­ras de ca­fé al­can­ça­ram 27,501 mi­lhões de sa­cas (ca­fé ver­de e in­dus­tri­a­li­za­do), al­ta de 10,3% so­bre igual in­ter­va­lo de 2017. Mas com os pre­ços in­ter­na­ci­o­nais de­pri­mi­dos, a re­cei­ta com ex­por­ta­ções de ca­fé no pe­río­do caiu 4,9%, pa­ra US$ 4,042 bi­lhões.

De acor­do com o Ce­ca­fé, as ven­das ex­ter­nas de ará­bi­ca no pe­río­do to­ta­li­za­ram 22,408 mi­lhões de sa­cas, al­ta de 2,6% so­bre ja­nei­ro a ou­tu­bro de 2017. Os em­bar­ques de co­ni­lon, por sua vez, cres­ce­ram ex­pres­si­vos 874,5% no pe­río­do, pa­ra 2,072 mi­lhões de sa­cas. O avan­ço tam­bém re­fle­te a re­to­ma­da pro­du­ção ca­pi­xa­ba.

“Os vo­lu­mes de ex­por­ta­ção de ca­fé fo­ram mui­to po­si­ti­vos no mês de ou­tu­bro, re­gis­tran­do um no­vo re­cor­de de vo­lu­me men­sal atin­gi­do. Con­ti­nu­a­mos com os pro­ble­mas de ro­la­gem dos em­bar­ques nos na­vi­os, ca­so con­trá­rio, po­de­ría­mos ter atin­gi­do o pa­ta­mar de 4 mi­lhões de sa­cas. Os da­dos in­di­cam uma per­for­man­ce po­si­ti­va pa­ra os pró­xi­mos me­ses, en­cer­ran­do o ano ci­vil com bons re­sul­ta­dos e con­so­li­dan­do ca­da vez mais a li­de­ran­ça do Bra­sil em vo­lu­mes ex­por­ta­dos e o com­pro­mis­so com a qua­li­da­de e a sus­ten­ta­bi­li­da­de”, dis­se Nel­son Car­va­lha­es, pre­si­den­te do Ce­ca­fé, em no­ta.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.