JBS dá vi­da à ‘ci­da­de dos cem hel­los’

Valor Econômico - - Primeira Página - Luiz Hen­ri­que Men­des

A afri­ca­na Azeb So­lo­mon Emily, fun­ci­o­ná­ria da JBS, é, des­de o dia 6, ci­da­dã ca­na­den­se, as­sim co­mo ou­tros 200 imi­gran­tes. Cra­va­da na pro­vín­cia de Al­ber­ta, a ci­da­de de Bro­oks os­ten­ta o tí­tu­lo de “ci­da­de dos cem hel­los”, tal a di­ver­si­da­de de ori­gem de seus ha­bi­tan­tes.

A mão de obra es­tran­gei­ra é o pi­lar das ope­ra­ções da JBS em Bro­oks. “Es­sa ci­da­de se­ria ou­tra sem o fri­go­rí­fi­co”, diz o ge­ren­te-ge­ral da uni­da­de, o bra­si­lei­ro Cé­lio Frit­che. Res­pon­sá­vel por 35% da produção de carne do Ca­na­dá, o aba­te­dou­ro da JBS em­pre­ga 2,6 mil pes­so­as no mu­ni­cí­pio, que tem me­nos de 15 mil ha­bi­tan­tes.

O tra­ba­lho, sobretudo no “chão de fá­bri­ca”, não é atra­ti­vo pa­ra os ca­na­den­se. Pa­ra con­tra­tar em­pre­ga­dos, a JBS man­tém pro­gra­mas pa­ra atrair tra­ba­lha­do­res de ou­tros paí­ses. Ao con­trá­rio dos EUA, on­de o se­tor fri­go­rí­fi­co tem di­fi­cul­da­des pa­ra em­pre­gar imi­gran­tes, no Ca­na­dá o go­ver­no é mais aber­to. Por ano, 10% da mão de obra con­tra­ta­da pode ser es­tran­gei­ra.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.