Bras­kem de­ve ser ven­di­da em até 3 anos

Valor Econômico - - Primeira Página - Gra­zi­el­la Va­len­ti

O gru­po Ode­bre­cht te­rá três anos pa­ra ven­der a Bras­kem, atu­al­men­te seu mai­or ne­gó­cio. Até que a ven­da ocor­ra, re­ce­be­rá R$ 1 bi­lhão co­mo di­vi­den­dos da pe­troquí­mi­ca, pa­gos em qua­tro par­ce­las anu­ais de R$ 250 mi­lhões ca­da uma. Es­sas de­fi­ni­ções cons­ta­rão do acor­do que o gru­po es­tá fi­na­li­zan­do com os ban­cos cre­do­res.

Es­tá pre­vis­ta pa­ra ama­nhã uma as­sem­bleia ge­ral de cre­do­res. A ex­pec­ta­ti­va dos di­ri­gen­tes da Ode­bre­cht é en­tre­gar no en­con­tro um no­vo pla­no do pro­ces­so de re­cu­pe­ra­ção, mais de­ta­lha­do do que o apre­sen­ta­do à Jus­ti­ça em agos­to. Ide­al­men­te, a com­pa­nhia gos­ta­ria de apro­var a pro­pos­ta ain­da nes­te ano, mas a ex­pec­ta­ti­va é que não ha­ja uma ra­ti­fi­ca­ção na reu­nião de ama­nhã. Já es­tá pre­vis­ta a re­a­li­za­ção de uma se­gun­da as­sem­bleia, no pró­xi­mo dia 10.

Pá­gi­na C1

Al­ça­do pe­lo pai, Jo­seph, ao co­man­do de to­do o ban­co Sa­fra no Brasil, David Sa­fra (en­tre Ro­ber­to Sal­lou­ti, do BTG, e Oc­ta­vio de La­za­ri Jr., do Bra­des­co) in­te­grou on­tem a me­sa prin­ci­pal do tra­di­ci­o­nal al­mo­ço de fim de ano da Fe­bra­ban, a fe­de­ra­ção dos ban­cos bra­si­lei­ros. Em­bo­ra Al­ber­to Cor­set­ti, com 51 anos no gru­po e da in­tei­ra con­fi­an­ça de Jo­seph, te­nha si­do no­me­a­do CEO, a ins­ti­tui­ção pas­sou a ser to­ca­da no Brasil por David. A área in­ter­na­ci­o­nal se­gue sob os cui­da­dos de Ja­cob, o pri­mo­gê­ni­to de Jo­seph.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.